FGTS bloqueado: Entenda os motivos e veja como sacar

Estou com FGTS bloqueado, e agora? Descubra os principais motivos e aprenda a liberar seu saldo e sacar na hora. Veja mais neste artigo!
Sumário
fgts bloqueado (crédito: agência brasil)

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é uma reserva financeira para os trabalhadores formais, acumulada através de depósitos mensais feitos pelos empregadores.

Nesse sentido, ter o FGTS bloqueado pode ser um motivo de dor de cabeça para milhares de brasileiros! Afinal de contas, ninguém quer perder acesso ao Fundo de Garantia, não é mesmo?

No entanto, em algumas situações, o saldo do FGTS pode ficar bloqueado, impedindo o saque. Neste artigo, vamos explicar os motivos de bloqueio do FGTS e como você pode desbloquear o saldo e realizar o saque.

O que é o FGTS e como funciona?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um benefício previsto em lei que tem como objetivo ser uma reserva financeira para os trabalhadores formais.

O FGTS funciona como um fundo de poupança, no qual o saldo é acumulado mensalmente a partir dos depósitos feitos pelos empregadores em nome de seus funcionários.

Vale lembrar que o depósito do FGTS corresponde a 8% do salário dos trabalhadores, e que deve ser feito exclusivamente pelas empresas empregadoras.

Quanto ao saque, o FGTS pode ser utilizado em situações específicas, como demissão sem justa causa, aposentadoria, saque-aniversário e outras circunstâncias previstas em lei.

Em termos mais práticos, é uma forma de garantir ao trabalhador uma reserva financeira para momentos importantes da vida.

O que significa estar com o FGTS bloqueado?

Estar com o FGTS bloqueado significa que o trabalhador não consegue acessar ou sacar os valores disponíveis em sua conta do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Esse bloqueio pode ser um grande transtorno, especialmente em momentos de necessidade financeira, já que o FGTS é um recurso importante para muitos brasileiros, servindo como uma reserva financeira em casos de demissão sem justa causa, aposentadoria, compra da casa própria, entre outras situações previstas em lei.

O bloqueio do FGTS impede que o titular utilize o saldo disponível para essas finalidades, mesmo que tenha direito ao saque.

Isso pode ocorrer por diversas razões, como pendências judiciais, problemas cadastrais, ou questões relacionadas ao cumprimento de requisitos específicos para o saque.

Em tais situações, é fundamental que o trabalhador busque entender a causa do bloqueio e tome as medidas necessárias para regularizar sua situação.

FGTS bloqueado sem motivo? Trabalhadores reclamam

Na última semana, milhares de trabalhadores brasileiros usaram as redes sociais para reclamar do bloqueio do saldo do FGTS.

Segundo estes trabalhadores, o FGTS foi bloqueado sem motivo, mesmo com todas as obrigações trabalhistas devidamente cumpridas.

Estes beneficiários do FGTS se depararam com o bloqueio do Fundo de Garantia ao acessarem o aplicativo do benefício.

Com o app FGTS aberto, apareceu a mensagem “Saldo bloqueado” sem qualquer tipo de justificativa, como no registro abaixo:

fgts bloqueado

Procurada pelo Jornal Folha de São Paulo, a Caixa Econômica Federal informou que a atualização da data de vencimento do recolhimento FGTS trouxe um update que levou a problemas no processamento do saldo em algumas contas.

“A normalização das contas já foi iniciada”, completou o banco estatal em uma nota oficial.

No comunicado, a Caixa também garante que “a ação não gera impacto financeiro aos trabalhadores nem tampouco necessidade de comparecimento em agências do banco“.

Portanto, se você ficou com o FGTS bloqueado sem motivo, não se preocupe: a situação deve ser regularizada em breve.

Motivos de bloqueio do saldo do FGTS

Além da situação que mostramos acima, existem diversos motivos que podem levar ao bloqueio do saldo do FGTS.

Desse modo, se você busca por FGTS bloqueado motivos, confira as principais razões abaixo:

  • Empréstimos que utilizam o FGTS como garantia;
  • A opção pelo saque-aniversário;
  • Bloqueios judiciais devido a disputas legais;
  • Possíveis irregularidades nos dados cadastrais do trabalhador.

É importante identificar a causa específica do bloqueio no saldo FGTS para tomar as medidas adequadas, desbloquear os valores e realizar o saque.

FGTS bloqueado o que fazer: Veja como sacar

Se você teve o FGTS bloqueado, e deseja saber o que fazer em seguida, vale a pena conferir as orientações que vamos mostrar abaixo.

  • Empréstimos: No caso de empréstimos consignados que usam o FGTS como garantia, o desbloqueio ocorre após a quitação do empréstimo.
  • Saque-aniversário: Essa opção impede o saque na modalidade de rescisão sem justa causa, sendo necessário aguardar dois anos para retornar a essa modalidade.
  • Boqueios judiciais: É necessário resolver as disputas legais e aguardar a liberação determinada pela Justiça.
  • Irregularidades nos dados cadastrais: Exigem a atualização das informações do trabalhador junto ao FGTS para desbloquear o saldo.

Para auxiliar os trabalhadores com saldos bloqueados, a Caixa disponibiliza telefones de suporte: 4004 0104 para capitais e regiões metropolitanas, e 0800 104 0104 para demais regiões.

Além disso, o aplicativo FGTS, disponível para Android e iOS, permite a verificação do saldo bloqueado, detalhando o montante bloqueado e o motivo.

No decorrer do artigo, vamos detalhar melhor os principais motivos de bloqueio no FGTS para que você possa entender FGTS bloqueado como sacar.

FGTS bloqueado após saque-aniversário: O que fazer?

Uma das causas comuns de bloqueio do saldo do FGTS é a opção pelo saque-aniversário. Nessa modalidade, o trabalhador tem direito a sacar uma porcentagem do saldo do FGTS anualmente, no mês do seu aniversário.

No entanto, ao optar pelo saque-aniversário, o saldo fica bloqueado para a rescisão sem justa causa, sendo possível apenas acessar a multa rescisória.

Ou seja, caso o trabalhador seja demitido sem uma justificativa válida, só poderá sacar a porção referente à multa rescisória. É assim que funciona o FGTS bloqueado após saque-aniversário.

O restante do saldo só ficará disponível a partir do segundo ano após a data de solicitação de retorno à modalidade de saque-rescisão.

  • Por exemplo: Se você desistir do saque-aniversário FGTS e retornar ao modelo rescisão em junho de 2024, só poderá voltar a realizar os saques em junho de 2026.

Portanto, ao considerar o saque-aniversário como opção, é fundamental analisar cuidadosamente as condições e consequências dessa escolha.

É recomendado buscar informações adicionais sobre o saque-aniversário, suas vantagens e desvantagens, a fim de tomar uma decisão consciente e evitar bloqueios indesejados no saldo do FGTS.

Saldo FGTS bloqueado por empréstimo e antecipação

Outro motivo comum de bloqueio do saldo do FGTS é a antecipação do saque-aniversário por meio de um empréstimo.

Nessa situação, o saldo do FGTS fica bloqueado até que o empréstimo seja quitado, mesmo quando o trabalhador é demitido em justa causa.

A antecipação do saque-aniversário do FGTS funciona como um empréstimo consignado, onde o saldo do FGTS é utilizado como garantia para o empréstimo.

Dessa forma, é possível obter um valor maior do que o empréstimo contratado, garantindo taxas de juros mais acessíveis.

Para desbloquear o saldo do FGTS nessa situação, a única alternativa é quitar o contrato do empréstimo. Isso pode ser feito antecipando o pagamento das parcelas restantes ou pagando o valor total do empréstimo de uma só vez.

É por isso que a antecipação do saque-aniversário do FGTS por meio de um empréstimo deve ser avaliada com cautela, levando em consideração as taxas de juros e possibilidade de pagamento.

Antes de contratar esse tipo de financiamento, é recomendado fazer uma análise financeira e verificar qual a melhor opção para liberação do saldo bloqueado.

Bloqueio do FGTS na Justiça: O que fazer?

O saldo do FGTS também por ser bloqueado por questões jurídicas e processos judiciais. Isso acontece, por exemplo, quando há pendências de pensão alimentícia em nome do beneficiário.

Nessa situação, a Justiça determina o bloqueio do saldo do FGTS para que o valor devido seja utilizado para o pagamento da pensão.

Para que o saldo do FGTS seja desbloqueado nesse contexto, é necessário efetuar a quitação total da dívida referente ao processo judicial em questão.

Após a quitação, é emitido um ofício do Poder Judiciário determinando a liberação do bloqueio, permitindo assim o acesso aos recursos disponíveis no FGTS.

Em caso de dúvidas ou para obter mais informações sobre o bloqueio do saldo do FGTS por razões jurídicas, é recomendado procurar um advogado especializado na área ou entrar em contato com a Caixa Econômica Federal para esclarecer dúvidas específicas relacionadas ao processo de desbloqueio.

FGTS bloqueado por inconsistências cadastrais: O que fazer?

Como citamos anteriormente, um dos motivos que podem levar ao bloqueio do saldo do FGTS é a ocorrência de erros nos dados cadastrais do trabalhador.

  • Por exemplo, informações desatualizadas ou incorretas, como nome ou número de documentos, podem resultar no bloqueio do saldo.

Para evitar problemas desse tipo, é fundamental manter os dados pessoais sempre atualizados junto aos sistemas do governo.

Caso você perceba que sua conta do FGTS está bloqueada devido a erros nos dados cadastrais, é possível realizar a atualização das informações para desbloquear o saldo.

Você pode utilizar o aplicativo FGTS para fazer a correção dos dados de forma rápida e prática. Basta acessar a plataforma e selecionar a opção de atualização cadastral. Siga as instruções fornecidas e preencha corretamente os campos solicitados.

Outra opção é comparecer presencialmente a uma agência da Caixa Econômica Federal com os documentos necessários e solicitar a atualização dos dados cadastrais.

É importante levar um documento de identificação com foto, como RG ou CNH, além de comprovante de residência atualizado.

Ao corrigir os erros nos dados cadastrais, a Caixa Econômica Federal realizará a análise e, caso esteja tudo correto, o bloqueio do saldo do FGTS será removido. Assim, você poderá ter acesso ao seu saldo normalmente.

Como consultar se o saldo do FGTS está bloqueado?

A maneira mais prática de saber se o seu saldo do FGTS está bloqueado, é utilizar o app do FGTS.

Ao acessar o aplicativo e verificar o saldo na tela principal, preste atenção se há um símbolo de cadeado ao lado do valor do seu saldo. Esse símbolo indica que o saldo está bloqueado.

Você também pode conferir o extrato da sua conta no aplicativo e verificar o valor que está bloqueado.

Como desbloquear o FGTS: Passo a passo

O desbloqueio do saldo do FGTS depende da causa específica do bloqueio. Existem diferentes formas de desbloquear o saque FGTS, de acordo com a situação em que você se encontra.

Abaixo, temos o passo a passo de todas as modalidades:

Desbloquear FGTS após saque-aniversário

  • Se o seu saldo do FGTS está bloqueado devido à opção pelo saque-aniversário, será necessário voltar para a modalidade de saque-rescisão após dois anos.
  • Para realizar essa alteração, você pode acessar o aplicativo FGTS, selecionar a opção de voltar para o saque-rescisão e seguir as instruções fornecidas.
  • Após o período de dois anos, o saldo estará disponível para saque na modalidade de saque-rescisão.

Desbloquear FGTS após empréstimo

  • Se você realizar um empréstimo utilizando o FGTS, seu saldo está bloqueado.
  • Você precisará quitar o valor devido para desbloqueá-lo.
  • É importante entrar em contato com a instituição financeira e verificar quais são as opções disponíveis.
  • A partir daí, você poderá pagar o empréstimo de maneira parcelada ou à vista.

Desbloquear FGTS por pendências jurídicas

  • Se o seu saldo do FGTS foi bloqueado devido a algum processo judicial em andamento ou pendências legais, será necessário resolver essas questões para desbloqueá-lo.
  • Nesse caso, é importante entrar em contato com o seu advogado ou com a instituição responsável pelo processo para buscar uma solução e realizar o desbloqueio.

Desbloquear FGTS após atualização cadastral

  • Erros nos dados cadastrais também podem levar ao bloqueio do saldo do FGTS.
  • Para desbloqueá-lo, é necessário atualizar as informações junto à Caixa Econômica Federal.
  • Isso pode ser feito por meio do aplicativo FGTS.
  • Você também pode desbloquear o FGTS de maneira presencial, nas agências da Caixa.

Sendo assim, cada situação de bloqueio do FGTS requer procedimentos específicos para o seu desbloqueio.

Contato com a Caixa para desbloquear o saldo do FGTS

Caso você esteja enfrentando dificuldades para desbloquear o saldo do FGTS, a Caixa disponibiliza diferentes opções de contato para ajudar a resolver essa questão:

Telefone

  • Você pode ligar para os telefones de suporte da Caixa para obter informações e orientações sobre o desbloqueio do FGTS.
  • Se você mora em capitais e regiões metropolitanas, entre em contato através do número 4004 0104.
  • Já para demais regiões, utilize o telefone 0800 104 0104.
  • Os atendentes estarão prontos para ajudar a esclarecer suas dúvidas e fornecer orientações específicas sobre o desbloqueio do saldo.

Atendimento presencial

  • Outra opção é buscar atendimento presencial em uma agência da Caixa.
  • Lembre-se de levar um documento de identificação com foto para comprovação da sua identidade.
  • Chegando na agência, procure o setor responsável pelo FGTS e explique a situação do bloqueio do saldo.
  • Os funcionários estarão aptos a oferecer as informações necessárias e auxiliar no desbloqueio do seu saldo.

Aplicativo FGTS

  • Uma terceira opção é utilizar o aplicativo FGTS para solicitar o desbloqueio do saldo bloqueado.
  • Através do aplicativo, você poderá acessar o extrato da conta do FGTS, conferir se há um símbolo de cadeado ao lado do saldo bloqueado e obter informações sobre o montante bloqueado.
  • Caso o bloqueio seja por motivo de saque-aniversário, existem orientações específicas para o desbloqueio.
  • Verifique as opções disponíveis no aplicativo e siga as instruções para solicitar o desbloqueio.

Tenha em mente que resolver questões relacionadas ao saldo bloqueado do FGTS pode levar algum tempo, pois envolve análise e verificação das informações.

Portanto, mantenha-se paciente e persistente no contato com a Caixa, para alcançar a resolução do bloqueio do seu saldo do FGTS.

E, para calcular o saldo do FGTS na sua conta, use a nova Calculadora de Saldo FGTS e Multa de 40% da Genyo! É só inserir o valor do salário bruto e a quantidade de meses trabalhados que o saldo aparece na tela logo em seguida.

banner_calculadora_saldo_FGTS

A Calculadora de Saldo FGTS da Genyo é totalmente gratuita e online! Experimente a ferramenta e faça seu cálculo ainda hoje.

FAQ

O que é o FGTS e como funciona?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é uma reserva financeira para os trabalhadores formais, acumulada através de depósitos mensais feitos pelos empregadores. O saldo do FGTS pode ser utilizado em situações específicas, como demissão sem justa causa, aposentadoria e saque-aniversário.

Quais são os motivos de bloqueio do saldo do FGTS?

Existem diversos motivos que podem levar ao bloqueio do saldo do FGTS, como empréstimos que utilizam o FGTS como garantia, opção pelo saque-aniversário, bloqueios judiciais e possíveis irregularidades nos dados cadastrais do trabalhador.

O que é o saque-aniversário e como ele causa o bloqueio do saldo do FGTS?

O saque-aniversário é uma modalidade na qual o trabalhador pode sacar uma porcentagem do saldo do FGTS anualmente, no mês do seu aniversário. Ao optar pelo saque-aniversário, o saldo fica bloqueado para rescisão sem justa causa.

Como desbloquear o saldo do FGTS bloqueado pelo saque-aniversário?

Para desbloquear o saldo bloqueado pelo saque-aniversário, é necessário voltar para a modalidade de saque-rescisão após dois anos da data de solicitação de retorno.

Por que o saldo do FGTS pode ser bloqueado por empréstimo?

O saldo do FGTS pode ficar bloqueado por empréstimos nos quais o FGTS é utilizado como garantia. O desbloqueio ocorre após a quitação do empréstimo.

Quais são as razões jurídicas que podem levar ao bloqueio do saldo do FGTS?

Razões jurídicas como pendências de pensão alimentícia podem levar ao bloqueio do saldo do FGTS. O desbloqueio ocorre após a quitação total da dívida e a emissão de um ofício do Poder Judiciário determinando a liberação do saldo.

Como erros nos dados cadastrais podem bloquear o saldo do FGTS?

Erros nos dados cadastrais do trabalhador, como nome desatualizado ou erro de digitação nos números de documentos, podem levar ao bloqueio do saldo do FGTS. É importante manter os dados pessoais sempre atualizados junto aos sistemas do governo.

Como posso verificar se o saldo do FGTS está bloqueado?

Você pode verificar se o saldo do FGTS está bloqueado através do aplicativo FGTS. Caso haja um símbolo de cadeado ao lado do saldo na tela principal ou o valor bloqueado seja exibido no extrato da conta, significa que o saldo está bloqueado.

Como posso desbloquear o saldo do FGTS?

A forma de desbloquear o saldo do FGTS depende da causa específica do bloqueio. Para desbloquear o saldo bloqueado pelo saque-aniversário, é necessário voltar para a modalidade de saque-rescisão após dois anos. Já para desbloquear o saldo bloqueado por empréstimo, é necessário quitar o empréstimo.

Como posso entrar em contato com a Caixa para desbloquear o saldo do FGTS?

Caso haja dificuldades para desbloquear o saldo do FGTS, é possível entrar em contato com a Caixa através dos números 4004 0104 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 104 0104 (demais regiões).

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

Compartilhe este artigo

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog