Onde cai o PIS? Saque de junho disponível; consulte

Descubra onde cai o PIS e como realizar o saque! Confira agora mesmo o calendário e saiba como consultar o PIS deste ano. Veja mais neste artigo!
Sumário
onde cai o pis (Crédito: Infomoney)

O Programa de Integração Social (PIS) é um benefício essencial para os trabalhadores brasileiros, representando um considerável alívio financeiro em várias épocas do ano.

A Caixa Econômica Federal é responsável pelo pagamento do abono salarial do PIS, enquanto o Banco do Brasil se responsabiliza pelo pagamento do Pasep.

De antemão, podemos dizer que o pagamento de junho do PIS Pasep já está disponível! Nesse sentido, surge a dúvida: onde cai o PIS? E, ainda mais importante: como consultar e sacar o abono salarial?

Confira nosso guia abaixo para descobrir onde cai o PIS e sacar o pagamento ainda hoje! Passo a passo completo e atualizado para 2024.

O que é PIS? Como funciona?

O PIS, Programa de Integração Social, é um benefício concedido aos trabalhadores de empresas privadas no Brasil.

Criado em 1970, seu objetivo principal é integrar o trabalhador ao desenvolvimento da empresa, por meio de um fundo que financia diversos benefícios sociais.

Para os trabalhadores, o PIS funciona principalmente através do abono salarial e do seguro-desemprego.

O abono salarial é um pagamento anual que pode chegar ao valor de um salário mínimo, destinado aos trabalhadores que atendem a certos critérios, como tempo de serviço e remuneração média.

O PIS, nesse sentido, também é chamado de 14º salário. Afinal, os trabalhadores formais podem sacá-lo uma vez por ano.

Outro benefício importante financiado pelo PIS é o seguro-desemprego, que oferece suporte financeiro temporário ao trabalhador que perde o emprego sem justa causa.

Este benefício é pago por um período determinado, ajudando o trabalhador a se manter enquanto busca uma nova colocação no mercado de trabalho.

Os trabalhadores podem verificar se têm direito ao PIS e consultar o valor do benefício por meio do número do PIS, que é um identificador único, ou pelo CPF.

Essa consulta pode ser feita nos canais de atendimento da Caixa Econômica Federal, em agências bancárias, pelo telefone, ou através do aplicativo Caixa Trabalhador.

Quem tem direito ao PIS?

Para ter direito ao PIS 2024, o trabalhador deve atender a uma série de critérios estabelecidos pelo governo brasileiro. Esses critérios garantem que o benefício seja concedido de forma justa e adequada.

Veja abaixo quem tem direito ao PIS de acordo com os requisitos da administração federal:

  • Registro em Carteira: O PIS é um benefício da CLT, e por isso, somente os trabalhadores com registro em Carteira de Trabalho podem receber;
  • Cadastro no Programa PIS/Pasep ou no CNIS: O trabalhador deve estar cadastrado no PIS/Pasep ou no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) há pelo menos cinco anos. O cadastro é geralmente feito na primeira contratação com carteira assinada.
  • Trabalhar para empregadores que contribuem para o PIS/Pasep: O benefício é destinado aos trabalhadores de empresas que contribuem para o Programa de Integração Social (PIS) ou para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).
  • Remuneração: O trabalhador deve ter recebido uma remuneração média mensal de até dois salários-mínimos no ano-base considerado. Esse valor é calculado com base no salário mínimo em vigor no ano-base.
  • Período de trabalho: É necessário ter exercido atividade remunerada durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração.
  • Informações corretas na RAIS ou eSocial: Os dados do trabalhador devem estar corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou no eSocial do ano-base considerado para apuração.

Se todos esses critérios forem atendidos, o trabalhador tem direito ao abono salarial do PIS, que pode chegar ao valor de um salário mínimo, proporcionando um importante auxílio financeiro.

Quantas pessoas recebem o PIS?

O calendário de pagamento do PIS 2024 foi divulgado, e aproximadamente 24,5 milhões de trabalhadores terão direito ao abono salarial, totalizando um depósito de R$ 23,9 bilhões.

A Caixa Econômica Federal é o agente pagador do abono salarial para trabalhadores de empresas privadas, enquanto o Banco do Brasil é responsável pelos pagamentos aos trabalhadores da Administração Pública.

Vale lembrar que, enquanto o PIS é depositado para os trabalhadores da iniciativa privada, o Pasep é um benefício para os funcionários públicos.

Valor do PIS 2024: Tabela atualizada

O valor do PIS PASEP 2024 varia de acordo com a quantidade de meses trabalhados no ano-base. Para o abono salarial atual, o ano-base é 2022.

Portanto, para receber o pagamento do PIS, os trabalhadores devem ter cumprido os critérios listados acima em 2022. Normalmente, o ano-base do abono salarial é imediatamente anterior ao ano de pagamento, mas atualmente, o programa se encontra com 12 meses de defasagem.

Quanto ao valor do PIS, para o ano de 2024, o salário mínimo vigente é de R$ 1.412,00. Portanto, cada mês trabalhado equivale a um benefício de R$ 117,67, e o valor máximo de pagamento é o do piso salarial atual.

Os valores do PIS 2024, desse modo, variam entre R$ 117,67 e R$ 1.412,00, dependendo da quantidade de meses trabalhados.

Aqueles que trabalharam apenas 1 mês receberão o valor mínimo, enquanto aqueles que completaram 12 meses receberão o valor máximo.

Abaixo, temos a tabela completa e atualizada com os valores do PIS Pasep 2024; confira:

  • 1 mês trabalhado: R$ 117,67;
  • 2 meses trabalhados: R$ 235;
  • 3 meses trabalhados: R$ 352,50;
  • 4 meses trabalhados: R$ 470;
  • 5 meses trabalhados: R$ 587,50;
  • 6 meses trabalhados: R$ 705;
  • 7 meses trabalhados: R$ 822,50;
  • 8 meses trabalhados: R$ 940;
  • 9 meses trabalhados: R$ 1.057,50;
  • 10 meses trabalhados: R$ 1.175;
  • 11 meses trabalhados: R$ 1.292,67
  • 12 meses trabalhados: R$ 1.412.

Onde cai o PIS?

Agora, chegamos a uma das principais perguntas dos trabalhadores brasileiros que têm direito ao abono salarial 2024: onde cai o PIS?

O PIS cai nas contas da Caixa. Afinal, o banco estatal é o responsável pela operação propriamente dita do benefício trabalhista.

Atualmente, os trabalhadores que já possuem conta na Caixa podem receber o dinheiro do PIS diretamente em suas contas, seja poupança ou conta-corrente.

Já aqueles que não possuem conta ativa no banco podem receber o Pix do PIS pela Poupança Social Digital, que foi disponibilizada gratuitamente pela Caixa Econômica Federal para facilitar o recebimento do benefício.

Para movimentar essa poupança e sacar o dinheiro do PIS, os trabalhadores devem baixar e fazer o cadastro no aplicativo Caixa Tem, disponível para Android e iOS.

Onde cai o Pasep?

O Pasep, Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, funciona como o PIS. A diferença é que ele é depositado somente para funcionários públicos.

Sendo assim, onde cai o Pasep? O Pix do Pasep cai nas contas do Banco do Brasil, que é a instituição financeira responsável pelos pagamentos do benefício.

Como consultar o PIS?

A consulta do PIS pode ser feita de diferentes formas, facilitando o acesso às informações necessárias para trabalhadores de todo o Brasil.

Confira abaixo as opções disponíveis para fazer PIS consulta em 2024:

  • Aplicativo Caixa Tem: Utilizando o aplicativo Caixa Tem, disponibilizado pela Caixa Econômica Federal, é possível consultar o PIS utilizando o CPF. Além disso, o aplicativo também permite verificar o saldo e realizar transferências.
  • Aplicativo Caixa Trabalhador: Outra opção é utilizar o aplicativo Caixa Trabalhador, também disponibilizado pela Caixa Econômica Federal, para consultar o PIS. Basta inserir o CPF e acessar as informações relacionadas ao benefício.
  • Central de Atendimento da Caixa: Para quem preferir o contato telefônico, é possível entrar em contato com a Central de Atendimento da Caixa pelo telefone 0800 726 0207. Informe o CPF e outros dados solicitados para obter as informações sobre o PIS.

A consulta do PIS também pode ser realizada por meio de outros canais, como:

  • Aplicativo CTPS Digital;
  • App FGTS;
  • Telefone 0800 726 0207;
  • Central de Atendimento da Previdência Social pelo telefone 135;
  • Site CNIS, na opção “Cidadão” e “Inscrição”, informando o NIS e dados pessoais para obter o número do PIS.

É importante ressaltar que o atendimento digital pelo número 0800 726 0207 está disponível 24 horas por dia, sete dias por semana.

No entanto, o atendimento humano está disponível de segunda a sextafeira, das 8h às 21h, e aos sábados, das 10h às 16h.

Como sacar o PIS?

Também existem diferentes formas de sacar o PIS. Para os trabalhadores que já possuem conta na CAIXA, é possível utilizar o cartão da conta para realizar o saque e também movimentar o dinheiro por meio do internet banking ou aplicativo do banco.

Essa é uma opção prática e segura para fazer o saque PIS e garantir acesso ao dinheiro no mesmo dia do depósito.

Para aqueles que não possuem conta na CAIXA, mas possuem o Cartão Social, também conhecido como Cartão Cidadão, o saque pode ser realizado em lotéricas, Correspondentes Caixa Aqui ou nas agências do banco.

Nesse caso, basta apresentar o cartão e um documento de identificação oficial com foto.

Se você não é cliente da Caixa Econômica Federal e não possui o Cartão Social, não se preocupe, você ainda pode sacar o PIS diretamente nas agências do banco.

Mas, nessa situação, é necessário apresentar um documento de identificação original com foto, e solicitar o saque em contato direto com o atendente.

Calendário PIS Pasep 2024: Saque de junho disponível!

No início do ano, o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) divulgou o calendário de pagamento do abono salarial do PIS/Pasep 2024.

O pagamento do PIS Pasep começou no dia 15 de fevereiro, e será encerrado em 15 de agosto. Seja qual for a data de depósito, os trabalhadores podem fazer o saque até o dia 28 de dezembro.

Quem não solicitar o saque PIS Pasep até 28 de dezembro terá que aguardar os pagamentos de 2025 para garantir acesso aos valores.

O PIS e o Pasep costumam ter calendários diferentes. Enquanto as datas de pagamento do PIS são divididas de acordo com o mês de nascimento dos beneficiários, as do Pasep levam em conta o Número de Inscrição dos Segurados.

Porém, em 2024, o Governo Federal decidiu unificar os calendários para garantir mais praticidade aos pagamentos. Neste ano, todo mundo recebe de acordo com o mês de aniversário.

Sem mais delongas, confira abaixo o calendário PIS PASEP 2024 atualizado com todas as datas de pagamento:

Calendário PIS Pasep 2024 atualizado

  • Nascidos em Janeiro: 15 de fevereiro de 2024;
  • Nascidos em Fevereiro: 15 de março de 2024;
  • Nascidos em Março e Abril: 15 de abril de 2024;
  • Nascidos em Maio e Junho: 15 de maio de 2024;
  • Nascidos em Julho e Agosto: 15 de junho de 2024;
  • Nascidos em Setembro e Outubro: 15 de julho de 2024;
  • Nascidos em Novembro e Dezembro: 15 de agosto de 2024.

Originalmente, o saque de junho do PIS Pasep seria disponibilizado somente no dia 17. No entanto, o Conselho do Fundo de Garantia decidiu antecipar o depósito para o dia 15.

É possível antecipar o PIS Pasep?

Não, não é possível antecipar o PIS Pasep 2024. Na verdade, não existe a possibilidade de antecipar o pagamento do PIS em qualquer ano.

A legislação brasileira é clara quanto a isso, estipulando que o pagamento do abono salarial segue um calendário específico, divulgado pela Caixa Econômica Federal, que é a instituição responsável pela administração desse benefício.

Da mesma forma, não é possível conseguir empréstimo consignado utilizando o PIS como garantia. A legislação veda essa possibilidade, e não há nenhuma exceção que permita o uso do PIS para essa finalidade.

Empréstimos consignados são viáveis apenas com o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e com benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Devido à impossibilidade legal de antecipação do PIS e de seu uso como garantia para empréstimos, é fundamental que os trabalhadores tomem cuidado com sites falsos que prometem tais serviços.

Esses sites são, na verdade, armadilhas criadas para aplicar golpes virtuais, muitas vezes solicitando dados pessoais e financeiros dos trabalhadores com a promessa de liberar um empréstimo ou antecipar o benefício.

Como tirar dúvidas sobre o PIS?

Para obter mais informações sobre o pagamento do PIS, é possível entrar em contato com a Caixa Econômica Federal pelo telefone 0800 726 0207.

O serviço de Atendimento Caixa Cidadão está disponível para esclarecer dúvidas e fornecer informações sobre o PIS.

Além disso, os trabalhadores podem acessar os recursos disponíveis para solucionar problemas no recebimento do abono salarial em plataformas online do Governo Federal.

Caso haja alguma discrepância nos registros ou na inserção do número do PIS/PASEP, é essencial realizar a devida correção.

Para isso, é recomendado verificar a correta inserção do número do PIS/PASEP, atualizar os dados na RAIS e verificar eventuais discrepâncias nos registros.

FAQ

Onde cai o PIS?

O dinheiro do PIS pode cair na conta CAIXA, para os trabalhadores que já possuem conta no banco, seja poupança ou conta-corrente. Também pode cair na Conta Poupança Social Digital, que foi disponibilizada gratuitamente pela Caixa Econômica Federal para facilitar o recebimento do benefício.

Qual é o calendário de pagamento do PIS em 2024?

O pagamento é realizado de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. O saque de junho, disponibilizado no dia 17, é para os beneficiário nascidos em julho e agosto.

Como sacar o PIS?

Existem diferentes formas de sacar o PIS. Para os trabalhadores que já possuem conta na CAIXA, é possível utilizar o cartão da conta para realizar o saque e também movimentar o dinheiro por meio do internet banking ou aplicativo do banco.

Como consultar o PIS?

A consulta do PIS pode ser feita de diferentes formas. É possível utilizar o aplicativo Caixa Tem ou o aplicativo Caixa Trabalhador, disponibilizados pela Caixa Econômica Federal, para consultar o PIS utilizando o CPF.

Qual é o valor do Abono Salarial do PIS em 2024?

O valor do Abono Salarial do PIS corresponde ao salário mínimo vigente dividido por 12 e multiplicado pelo número de meses trabalhados no ano-base.

Quem tem direito ao PIS?

O trabalhador deve estar cadastrado no programa PIS/PASEP ou no CNIS há pelo menos cinco anos, ter trabalhado para empregadores que contribuem para o PIS/PASEP, ter recebido até dois salários mínimos de remuneração mensal no período trabalhado e ter exercido atividade remunerada por pelo menos 30 dias no ano-base. Além disso, as informações do trabalhador devem estar corretamente cadastradas na RAIS ou no eSocial.

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

Compartilhe este artigo

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog