14º salário está confirmado para 2024? Saiba tudo

Descubra se o 14º salário foi aprovado para 2024, entenda como funciona esse benefício adicional e quem terá direito ao pagamento extra. Veja mais neste artigo!
Sumário
14º salário

A expectativa em torno do 14º salário tem sido tema de intensa especulação e interesse por parte dos trabalhadores brasileiros. Com o cenário econômico e político em constante mudança, surgem dúvidas sobre a viabilidade e confirmação desse benefício extraordinário para o ano de 2024.

Diante desse contexto, surge a necessidade de esclarecermos todas as informações disponíveis e analisarmos os possíveis desdobramentos dessa questão.

Neste artigo, iremos abordar em detalhes se o tão aguardado 14º salário está confirmado para o ano em curso, além de explorar os aspectos legais, econômicos e políticos que permeiam essa discussão, fornecendo uma compreensão abrangente sobre o assunto.

O que é o 14º salário?

O 14º salário é uma gratificação salarial adicional, que pode ser concedida aos trabalhadores além dos 12 salários regulares pagos ao longo do ano + o décimo terceiro da CLT.

Em outras palavras, é um pagamento extra feito pelo empregador aos seus funcionários, geralmente realizado no final do ano, como uma espécie de bônus natalino.

Essa gratificação pode variar em sua natureza e forma de concessão, dependendo das políticas internas da empresa ou de acordos coletivos estabelecidos entre sindicatos e empregadores.

Em alguns casos, o 14º salário pode ser oferecido como uma recompensa pelo desempenho excepcional do funcionário ou como parte de uma política de incentivo à produtividade.

Embora não seja uma obrigação legal para os empregadores brasileiros, o pagamento do 14º salário pode ser uma prática comum em determinados setores ou empresas que optam por valorizar seus colaboradores de maneira extra, especialmente durante o período de festas de fim de ano.

14º salário confirmado em 2024?

O 14º salário, também conhecido como benefício adicional ou pagamento extra, é um dos direitos trabalhistas mais aguardados pelos trabalhadores brasileiros, além dos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Essa remuneração anual representa um salário extra que pode auxiliar no pagamento de despesas e garantir um alívio financeiro.

No entanto, atualmente, não há previsão para o pagamento do 14º salário em 2024. O projeto de lei que propõe a implementação desse benefício ainda aguarda análise da Comissão de Constituição e Justiça para seguir adiante no processo legislativo.

Portanto, é importante acompanhar as atualizações sobre o projeto para ficar informado sobre qualquer avanço na aprovação do 14º salário.

14º salário será pago em 2024?

Embora a expectativa dos aposentados e pensionistas seja alta, não há garantia de que o décimo quarto salário será aprovado e implementado.

Até o momento, o projeto de lei que visa esse benefício para aposentados e pensionistas do INSS ainda está em tramitação na Câmara dos Deputados.

Sendo assim, como citamos anteriormente, é essencial aguardar novidades e continuar acompanhando as notícias legislativas.

Vale ressaltar que o abono de Natal, também conhecido como 13º salário, já é um direito assegurado aos trabalhadores e beneficiários do INSS.

O décimo terceiro salário é pago anualmente e corresponde a 1/12 da remuneração devida no mês de dezembro, com acréscimo de um terço.

Por fim, é fundamental estar atento às atualizações sobre o décimo quarto salário através de fontes confiáveis de notícias legislativas.

Acompanhar o andamento do projeto de lei é essencial para se manter informado sobre qualquer avanço na aprovação desse benefício adicional tão aguardado pelos aposentados e pensionistas.

Situação atual do 14º salário

A expectativa em torno do décimo quarto salário permanece diante da falta de definição e aprovação legislativa.

Até o momento, o projeto de lei que propõe o benefício adicional não obteve avanços significativos desde 2022. Como resultado, a perspectiva de pagamento do 14º salário em 2024 é incerta.

Embora o tema tenha despertado interesse e preocupação entre os beneficiários, o projeto não está em andamento com relação à aprovação legislativa.

Isso significa que não há previsão para que o 14º salário seja implementado e pago aos aposentados e pensionistas do INSS no próximo ano.

Conheça o Projeto de Lei do 14º salário

O Projeto de Lei 4367/2020 foi proposto para implementar o décimo quarto salário para aposentados e pensionistas do INSS.

Esse projeto passou por diversas etapas na legislação, mas ainda não obteve a aprovação necessária para entrar em vigor. Atualmente, aguarda análise na Comissão de Constituição e Justiça para seguir adiante no processo legislativo.

Proposto no contexto da pandemia de Covid-19, o projeto prevê um 14º salário somente para os aposentados e pensionistas do INSS, não para os trabalhadores CLT.

No entanto, existe a possibilidade de outras propostas de lei serem criadas para estender o benefício à força produtiva nacional. Afinal, o 14º salário, se implementado, será uma medida extremamente popular entre o público nacional.

Expectativa dos aposentados e pensionistas

A expectativa dos aposentados e pensionistas é grande em relação à aprovação do décimo quarto salário como um benefício financeiro adicional. 

Com o impacto econômico da pandemia da COVID-19, muitos aposentados e pensionistas enfrentam dificuldades financeiras. A aprovação desse pagamento extra seria uma medida importante para ajudar a garantir uma renda mais estável e melhorar a qualidade de vida.

Para os aposentados e pensionistas, o décimo quarto salário representaria um benefício significativo, proporcionando uma ajuda financeira adicional em momentos de necessidade.

Essa expectativa é compreensível, considerando que o benefício já foi aprovado pela Comissão de Finanças e Tributação nos anos de 2022 e 2023 para aqueles que recebem até dois salários mínimos.

No entanto, é importante ressaltar que ainda não há uma definição sobre a aprovação do décimo quarto salário em 2024.

O projeto de lei que propõe a implementação desse benefício ainda está em trâmite e aguarda análise nas próximas etapas legislativas.

A expectativa é que, em breve, seja tomada uma decisão sobre a implementação desse benefício tão aguardado pelos beneficiários do INSS.

A atualização mais recente da tramitação do Projeto de Lei aconteceu em 16/08/2022, quando o deputado Ricardo Silva (PSD/SP) solicitou a criação de uma Comissão Especial para discutir o tema.

Quem tem direito ao 14º salário?

Se o benefício for aprovado, os critérios de pagamento do décimo quarto salário seguirão as mesmas diretrizes do décimo terceiro salário.

A principal diferença é o fato do 14º salário ser direcionado somente aos aposentados e pensionistas do INSS, enquanto o 13º salário pode ser recebido por trabalhadores formais em geral.

Os beneficiários que recebem um salário mínimo terão direito ao 14º salário no mesmo valor. Já aqueles que recebem acima do salário mínimo terão o benefício limitado ao teto de dois salários mínimos.

Dessa forma, o valor exato do benefício ainda não foi definido e pode variar de acordo com a remuneração de cada beneficiário.

Tramitação do Projeto de Lei

Como citamos anteriormente, o Projeto de Lei 4367/2020, que propõe o pagamento do 14º salário, está em tramitação na Câmara dos Deputados.

Atualmente, o projeto aguarda análise na Comissão Especial Temporária, onde será discutido e poderá passar por alterações antes de seguir para as próximas etapas legislativas. Caso seja aprovado nessa comissão, o projeto será encaminhado ao Senado Federal para análise e votação.

É importante ressaltar que a tramitação de um Projeto de Lei envolve diversos passos e pode levar tempo até que seja concluída.

Durante esse processo, o projeto será analisado por diferentes comissões e poderá sofrer modificações de acordo com as discussões e debates realizados.

A partir daí, se o projeto for aprovado pela Câmara e pelo Senado, a proposta seguirá para sanção do presidente – o que não tem data para acontecer.

E se o 14º salário for aprovado? Qual será o impacto?

Caso o décimo quarto salário seja aprovado para aposentados e pensionistas do INSS, o impacto pode ser significativo em suas finanças e qualidade de vida.

Esta gratificação adicional poderia representar uma importante fonte de renda extra para esses beneficiários, ajudando a cobrir despesas extras típicas do final do ano, como presentes, viagens e celebrações de Natal e Ano Novo.

Para muitos aposentados e pensionistas, que muitas vezes têm orçamentos mais restritos, o décimo quarto salário poderia proporcionar um alívio financeiro bem-vindo, contribuindo para melhorar sua condição econômica e bem-estar geral.

Isso poderia ser especialmente relevante em um contexto de aumento dos preços e desafios econômicos enfrentados por muitas famílias brasileiras.

Além disso, o décimo quarto salário poderia ter impactos positivos na economia como um todo, estimulando o consumo e aquecendo o comércio durante o período de festas de fim de ano, o que poderia resultar em um impulso para diversos setores, gerando empregos temporários e fortalecendo a atividade econômica local e nacional.

No entanto, é importante considerar também os aspectos fiscais e orçamentários envolvidos na aprovação e implementação dessa medida, garantindo que seja viável e sustentável a longo prazo sem comprometer a saúde financeira da Previdência Social e a capacidade do governo de fornecer outros serviços e benefícios essenciais à população.

Como funciona o 13º salário? Quem tem direito?

Como você já pôde perceber, o 14º salário não será pago em 2024, nem para os trabalhadores formais e nem para os aposentados e pensionistas do INSS.

Nesse sentido, surge a dúvida: e o 13º salário? Como funciona o pagamento, e quem tem direito?

O 13º salário, também conhecido como gratificação natalina, é um direito assegurado aos trabalhadores brasileiros pela Constituição Federal e regulamentado pela Lei nº 4.090/62 e pelo Decreto nº 57.155/65.

O pagamento do 13º salário geralmente é realizado em duas parcelas. A primeira parcela deve ser paga até o dia 30 de novembro e corresponde a 50% do valor total do salário recebido pelo trabalhador no mês anterior.

Já a segunda parcela deve ser paga até o dia 20 de dezembro e corresponde aos outros 50% do valor total do salário, descontando-se o adiantamento da primeira parcela.

Têm direito ao 13º salário todos os trabalhadores urbanos, rurais, domésticos e avulsos, bem como os aposentados, pensionistas e beneficiários de auxílio-doença da Previdência Social.

O valor do 13º salário pode variar de acordo com a remuneração do trabalhador e o tempo de serviço prestado ao longo do ano, sendo proporcional aos meses trabalhados.

Aqueles que foram admitidos durante o ano têm direito a receber o 13º salário de forma proporcional ao tempo de serviço.

Vale lembrar que, entre os beneficiários do INSS, o pagamento do 13º salário não é estendido a quem recebe o Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica de Assistência Social (BPC/LOAS). Afinal, este benefício tem natureza assistencial, não previdenciária.

FAQ

O 14º salário está confirmado para 2024?

Até o momento, o décimo quarto salário para aposentados e pensionistas do INSS ainda não foi aprovado e não há previsão para o seu pagamento em 2024.

Qual é a situação atual do 14º salário?

O projeto de lei que propõe o benefício está em tramitação na Câmara dos Deputados aguardando análise e possíveis aprovações nas próximas etapas legislativas.

O que é o Projeto de Lei do 14º salário?

O Projeto de Lei 4367/2020 propõe o pagamento do décimo quarto salário para aposentados e pensionistas do INSS, sendo necessário passar por todas as etapas de análise e aprovação legislativas.

Qual é a expectativa dos aposentados e pensionistas em relação ao 14º salário?

Os beneficiários esperam que o décimo quarto salário seja aprovado e implementado como um benefício financeiro adicional, que pode ajudar a enfrentar as dificuldades econômicas.

Quais são os critérios de pagamento do 14º salário?

Caso seja aprovado, os critérios de pagamento do décimo quarto salário serão aplicados da mesma forma que o décimo terceiro salário. Beneficiários que recebem um salário mínimo irão receber o 14º salário no mesmo valor. Já aqueles que recebem acima do salário mínimo terão o benefício limitado a um teto de dois salários mínimos. O valor exato do benefício ainda não foi definido.

Como está a tramitação do Projeto de Lei do 14º salário?

O Projeto de Lei 4367/2020 está tramitando na Câmara dos Deputados. Atualmente, aguarda análise na Comissão Especial Temporária para discutir o projeto.

Quais são as expectativas de aprovação do 14º salário?

As expectativas de aprovação do Projeto de Lei do 14º salário para aposentados e pensionistas do INSS são altas, especialmente por parte dos beneficiários que esperam por um aumento de renda.

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.