Importância da gestão de equipes para a produtividade na empresa; saiba como fazer um gerenciamento eficiente

A gestão de equipes é importante para o bom andamento das atividades em uma empresa. Veja como gerir adequadamente seu grupo de trabalho. Veja mais neste artigo!
Sumário
importancia-de-fazer-a-gestao-de-equipes

Existem empresas de porte pequeno, médio e grande, que naturalmente têm diferenças; entretanto, ambas enfrentam um desafio em comum, que é a promoção de uma gestão de equipes eficiente. Por isso, preparamos este artigo para você entender como gerenciar adequadamente seu time e garantir bons resultados.

Afinal, o que é a gestão de equipes? Basicamente é uma série de práticas voltadas para o melhor rendimento dos colaboradores, com o objetivo de aumentar a produtividade sem perda na qualidade do serviço prestado, sempre motivando e engajando a equipe.

A forma como os profissionais interagem, o treinamento que recebem, suas metas pessoais, seu nível de motivação e o engajamento com a empresa são apenas alguns dos diversos fatores que determinam a qualidade final do trabalho na rotina da empresa. Por isso, é necessário investir no gerenciamento do grupo.

O que é gestão de equipes?

Gestão de equipes é a administração de um grupo de pessoas em um ambiente organizacional, que tem o objetivo de melhorar o bem-estar dos indivíduos, a produtividade e eficiência do trabalho, a comunicação interna e a sinergia entre os integrantes.

Um bom líder de equipe sabe como reconhecer as habilidades de cada colaborador e guiá-los para que atinjam alto desempenho. Para isso, ele precisa delegar tarefas, definir metas, dar feedback, resolver conflitos e reconhecer o esforço de cada um.

A gestão de equipes traz diversos benefícios para a empresa, como maior coordenação, melhores resultados, mais engajamento, aumento de produtividade e satisfação dos funcionários.

Para realizar uma gestão de equipes eficiente, é preciso adotar ferramentas e metodologias que facilitem o acompanhamento do desempenho, o desenvolvimento e a motivação dos colaboradores. Além disso, é preciso promover um ambiente de trabalho positivo, que estimule a colaboração e a inovação.

Influência da gestão de equipes na produtividade dos colaboradores

A gestão de equipes, que se relaciona com a gestão de pessoas dentro de uma organização, tem influência direta na produtividade dos colaboradores. Essa relação já é bem conhecida e um bom gestor precisa saber como utilizar isso em seu favor para facilitar não apenas o seu trabalho, mas as métricas da organização.

Caso não exista uma dedicação constante a essa área, por mais que a empresa tenha profissionais de excelência e renomados, não será capaz de aproveitar o melhor deles. Um exemplo típico disso pode ser observado no futebol, em times que contratam grandes astros, mas não conseguem atingir o retorno esperado.

Na realidade, é importante destacar que uma grande equipe sem um bom gerenciamento pode até criar prejuízos, tanto pelos atritos que irão surgir devido à falta de uma liderança bem aceita, quanto pelo gasto em contratações e salários que não trazem o um bom rendimento.

Por isso, toda organização que busca a excelência precisa manter um esforço constante não apenas para atrair profissionais bem capacitados, mas também para mantê-los engajados, motivados e alinhados com os objetivos da instituição.

Vantagens de um bom gerenciamento de equipes

Com um bom gerenciamento das equipes os conflitos internos podem ser amenizados para que não se tornem questões pessoais; as pressões externas podem chegar ao grupo de forma motivadora e estimulante e os recursos humanos e financeiros são aproveitados sem desperdício. Listamos outras vantagens a seguir.

Maior engajamento

Quando os profissionais estão focados em atingir uma meta coletiva, tendem a se engajar bem mais do que trabalhando às cegas, sem se sentir parte de algo maior. Desse modo, o engajamento produz resultados melhores, além de contribuir para o bem-estar e a integração da equipe.

Um outro ponto importante do engajamento é a criação de um ambiente favorável à inovação, uma vez que a equipe sempre estará pensando em alternativas para cumprir suas funções da melhor forma possível.

Diminuição de custos

Com uma gestão bem executada, os trabalhadores são posicionados onde produzem melhor, o que é importante para evitar erros que levam ao desperdício de recursos. Ademais, a rotatividade na empresa também tende a ser reduzida, permitindo que o RH economize em demissões e processos seletivos.

Maior desenvolvimento

A gestão de equipes não atua somente no intuito de alcançar resultados imediatos. Quando bem feita, ela proporciona um ambiente de desenvolvimento contínuo, desafiador e capaz de promover crescimento, conquistando metas cada vez maiores conforme os colaboradores adquirem mais experiências.

Adoção de uma cultura colaborativa na empresa

A cultura colaborativa é constituída por técnicas e ações realizadas com o objetivo de promover projetos em grupo e alinhá-los conforme os objetivos, anseios e metas da empresa. Assim, equipes bem geridas são fundamentais para a execução dessas técnicas.

Satisfação dos clientes e dos próprios colaboradores

Uma boa gestão é capaz de proporcionar a sensação de satisfação, tanto para quem contrata os serviços da empresa, quanto para quem executa as atividades, que são os colaboradores, pois eles se sentem mais valorizados e seguros.

Maiores desafios para desenvolver uma boa gestão de equipes

O maior desafio para gerir adequadamente uma equipe com certeza é lidar com diferentes perfis de profissionais, afinal, cada pessoa enxerga o mundo de uma forma, a partir de suas experiências e formações. Sendo assim, o profissional responsável pela equipe precisa ser uma pessoa muito bem preparada.

Ainda nesse sentido, outro desafio importante é como manter a equipe motivada e alinhada com os objetivos da organização, pois isso é fundamental para o bom andamento do trabalho e, consequentemente, para resultados satisfatórios.

A falta de confiança também pode ser um problema, pois uma equipe que não se sente segura para contribuir acaba não se desenvolvendo.  Por isso, é importante que o responsável pela gestão de equipes tenha em mente como empoderar seus colaboradores para que as melhorias aconteçam.

Outro aspecto que pode atrapalhar uma boa gestão de equipes é a falta de proatividade e autonomia. Fazer com que os membros da equipe deixem de ser tão dependentes dos direcionamentos do gestor e tenham mais autonomia é bastante desafiador, mas vale muito a pena a longo prazo.

Por último, um aspecto desafiador, mas fundamental é em relação ao controle dos colaboradores, mas o Genyo fornece uma ferramenta de controle de ponto digital, além de outras funções importantes que com certeza vão te ajudar nisso. Clique aqui e conheça o site agora mesmo.

Requisitos necessários para gerir uma equipe

Gestão de equipesA gestão de equipes depende de um líder, cujo papel é unir todos os integrantes do time em um propósito em comum. Além disso, é essencial que a gestão seja humana, que compreenda o trabalhador para além do profissional. Sendo assim, veja abaixo as principais competências para liderar a equipe.

Promova o diálogo e a criatividade entre a equipe

Não há como fazer uma boa gestão de equipes sem promover o diálogo entre todos os membros do grupo, incluindo o líder. É necessário mostrar aos colaboradores que o ambiente de trabalho é sim um local para eles se expressarem, se sentirem acolhidos e compartilharem ideias.

Observe as habilidades de cada colaborador

Para permitir que a empresa flua orgânica e naturalmente, você deve identificar as habilidades específicas de cada colaborador. Desse modo, você poderá alocar os recursos humanos em funções que tenham a ver com suas respectivas aptidões.

Garanta que a comunicação está sendo efetiva

Uma das principais responsabilidades de um gestor é garantir que a comunicação funcione sem problemas todos os dias. Portanto, certifique-se de que sua estrutura de comando está claramente definida.

E a comunicação não se refere apenas ao que é dito verbalmente, a comunicação interpessoal engloba desde as expressões faciais até a vestimenta e a postura. Um bom líder precisa ficar atento e ser exemplo em todos estes quesitos.

Mantenha a motivação

Este é definitivamente um dos pontos mais críticos, pois é o resumo do que o gestor representa: vontade de estar no trabalho com paixão pelo que faz. Ou seja, razões que vão muito além do salário no fim do mês.

Um bom gestor é otimista e sensato, mesmo diante das adversidades. É muito importante lembrar que você é um símbolo do compromisso com a empresa e precisa transmitir isso para os colaboradores, que devem se espelhar em você.

Chefe e líder – Saiba diferenciar

Muito falamos sobre a importância do líder para gerir a equipe de forma adequada, mas se você acha que ser um líder é o mesmo que ser o chefe, há um equívoco aí. É muito importante diferenciar estes termos, não apenas por uma questão de definição, mas porque faz realmente diferença na prática.

Tanto o chefe quanto o líder estão em posições de poder dentro de uma organização, a chave da questão é como eles utilizam isso. Geralmente o chefe é caracterizado como alguém que busca a centralização do seu poder e da tomada de decisão, é aquele que dá ordens e normalmente não aceita outras opiniões.

O líder, por sua vez, é alguém que apesar de estar em uma posição hierárquica superior, costuma ter uma relação mais próxima com seus subordinados a fim de alcançar melhores resultados. É aquela pessoa que “joga junto” com o time em vez de apenas dar os comandos.

Um bom líder é capaz de despertar respeito por parte dos profissionais da sua equipe, inspirando e estando presente diariamente nos processos do trabalho. Além disso, sabe ouvir os funcionários e admite seus erros quando os comete, o que mantém a motivação dos colaboradores e inspira respeito.

O que é necessário para ter uma gestão de equipes mais eficiente?

A liderança precisa investir em modificações que impulsionem o diálogo, a cooperação e, consequentemente, o desenvolvimento do grupo. Isso pode ser feito através da inovação, com novas mentalidades e até mesmo de ferramentas para automatizar os processos, que são fundamentais no mundo globalizado.

O Genyo é um aplicativo que oferece um serviço bem completo para o controle de ponto, escalas de trabalho, gera métricas de assiduidade dos colaboradores, possui um sistema de advertências eletrônicas, tem um chat para comunicação com os funcionários, entre outras funcionalidades. Não deixe de conferir os planos!

A importância de fornecer feedbacks periodicamente

Os gestores devem conversar com seus colaboradores de tempos em tempos sobre as atividades desenvolvidas. Nesse sentido, é importante parabenizá-los pelos acertos e pontuar os erros de forma honesta, apontando caminhos e sugestões de melhorias.

Ao mesmo tempo, é o momento de criar um ambiente para que eles se sintam à vontade e seguros para fazer o mesmo com seus superiores hierárquicos. Com isso, se constrói uma relação de parceria na qual a empresa é a maior beneficiada.

Ofereça oportunidades de capacitações e treinamentos

Se você quer melhorar a produtividade da sua equipe e mantê-la motivada, é importante prestigiar seus profissionais. Assim, uma boa maneira de fazer isso é disponibilizar capacitações e treinamentos para eles.

É claro que cada equipe atua em prol de um objetivo específico, e essas oportunidades de aprimoramento profissional precisam ser condizentes. Afinal, não há nada mais chato e maçante do que um treinamento que não agrega conteúdo de fato ao trabalhador.

Invista no endomarketing

O endomarketing (marketing interno) serve para fortalecer o relacionamento com o público interno da organização, o que é crucial para o sucesso da instituição. Portanto, seus colaboradores precisam saber exatamente quais são os serviços ou produtos oferecidos, bem como a história da empresa, os valores e a missão.

Crie um programa de incentivo para os colaboradores

Um programa de incentivos, resumidamente, é uma política de estímulos destinada ao reconhecimento dos esforços de um ou mais profissionais a partir de uma meta pré-definida. Essas recompensas melhoram a relação entre empregados e empregadores.

Defina bem quais serão as metas e os prazos a serem cumpridos, feito isso, estabeleça também quais serão as recompensas, que podem ser folgas, bonificações no salário ou até mesmo confraternizações. Tudo depende da sua disponibilidade de recursos e do que é mais adequado para sua equipe.

7 dicas para fazer gestão de time com eficiência

Em tese, conforme visto acima, gestão de time é a tarefa de coordenar e motivar um grupo de pessoas que trabalham em conjunto para alcançar um objetivo comum. A seguir, você confere algumas dicas para ser um gestor de time eficiente.

  1. Comunique-se de forma clara e eficiente: a comunicação é essencial para uma boa gestão de time. Certifique-se de que todos os membros da equipe entendam as expectativas, metas e objetivos da empresa. Utilize ferramentas de comunicação eficientes, como reuniões regulares, e-mails e plataformas de colaboração online.
  2. Estabeleça metas claras: defina metas claras e alcançáveis para a equipe. Certifique-se de que todos os membros saibam o que é esperado deles e como sua contribuição irá ajudar a alcançar os objetivos da empresa. Monitore o progresso regularmente e forneça feedback construtivo para ajudar o time a manter o foco e a motivação.
  3. Desenvolva habilidades de liderança: como líder de equipe, é importante ter habilidades de liderança sólidas para motivar, inspirar e guiar seus liderados. Invista em treinamento e desenvolvimento de liderança para ajudá-lo a desenvolver as habilidades necessárias para liderar efetivamente.
  4. Reconheça e recompense o bom trabalho: reconhecer e recompensar o bom trabalho é uma forma importante de manter a motivação e o engajamento do time. Certifique-se de que os membros da equipe sejam reconhecidos por suas realizações e que as recompensas sejam justas e apropriadas.
  5. Cultive um ambiente de trabalho positivo: um ambiente de trabalho positivo pode ter um grande impacto na produtividade e satisfação do time. Certifique-se de que a cultura da empresa seja inclusiva e respeitosa, e que os membros do time se sintam valorizados e apoiados.
  6. Delegue tarefas de forma eficiente: delegar tarefas da forma correta é uma habilidade importante para um líder de equipe. Certifique-se de que as tarefas sejam atribuídas de acordo com as habilidades e experiências de cada membro do time e que haja equilíbrio na carga de trabalho. Monitore o progresso e esteja disponível para oferecer suporte e orientação quando necessário.
  7. Feedback: desenvolva o hábito de dar feedbacks constante e construtivo aos membros do time, reconhecendo os acertos, apontando as falhas e sugerindo melhorias. Além disso, procure oferecer suporte e orientação aos membros do time, identificando as necessidades de capacitação, desenvolvimento e apoio emocional.

Além das dicas acima, você pode trazer a cultura colaborativa para o seu jeito de fazer gestão de time. Nesse sentido, a liderança deve promover a colaboração e a cooperação entre os membros do time, estimulando a troca de ideias, a criatividade e a inovação. Por fim, estabeleça regras e normas de conduta, respeitando a diversidade e a individualidade de cada um.

A gestão de time é um desafio que exige habilidades técnicas, comportamentais e emocionais. Um bom gestor de time é capaz de inspirar, engajar e desenvolver seu time, buscando sempre a excelência e a satisfação dos clientes internos e externos.

Exemplos de gestão de equipes em diferentes contextos

Agora que você já domina a base teórica a respeito de gestão de equipe, chegou a hora de conferir como funciona na prática. Abaixo, confira alguns exemplos de como fazer gestão de times em diferentes contextos organizacionais.

Em uma equipe de vendas, o líder pode definir metas claras e delegar tarefas específicas para cada membro da equipe, com base em suas habilidades e experiências. O líder também pode fornecer feedback regular e treinamento para ajudar a equipe a melhorar seu desempenho. Além disso, o líder pode promover uma cultura de colaboração, incentivando a equipe a compartilhar ideias e estratégias para alcançar os objetivos de vendas.

Já num time de desenvolvimento de software, o líder pode definir um processo claro de desenvolvimento e gerenciamento de projetos, com prazos e marcos bem definidos. O líder também pode incentivar a equipe a trabalhar em conjunto para resolver problemas técnicos e promover uma cultura de inovação, encorajando a experimentação e o aprendizado contínuo.

Por fim, numa equipe de atendimento ao cliente, o líder pode definir padrões claros de atendimento ao cliente e fornecer treinamento e suporte para garantir que a equipe possa lidar com diferentes tipos de solicitações e reclamações de forma eficaz. O líder também pode monitorar o desempenho da equipe e fornecer feedback regular para ajudá-los a melhorar seu atendimento ao cliente e aumentar a satisfação do cliente.

Esses são apenas alguns exemplos de como a gestão de equipes pode ser aplicada em diferentes contextos organizacionais. Cada equipe é única e pode exigir abordagens e estratégias específicas para alcançar seus objetivos e maximizar seu desempenho.

Pandemia e a gestão de equipes de maneira remota

Desde a pandemia da Covid-19, muitas empresas migraram seus trabalhos para o ambiente virtual, após o controle da crise sanitária alguns empreendimentos resolveram manter a dinâmica de home office, por isso, também é importante saber como gerir equipes de forma remota.

Marque presença como líder da sua equipe. Busque responder os colaboradores e forneça o devido suporte sempre que necessário, seja através de reuniões online ou por meio de aplicativos de troca de mensagens, como o chat do Genyo.

Procure descentralizar algumas tomadas de decisões, a fim de colocar toda a equipe para participar das resoluções estratégicas da instituição. Isso é especialmente relevante para empoderar a equipe e estimular o comprometimento dos trabalhadores.

Utilize o Brainstorming, que é basicamente uma técnica na qual há promoção de dinâmicas de grupo para que os participantes possam compartilhar suas ideias a fim de solucionar determinadas questões. Você pode organizar reuniões online para fazer isso.

Além de incentivar a criatividade, a comunicação e o empoderamento dos trabalhadores, essas estratégias funcionam como uma forma de manter a equipe integrada e engajada mesmo à distância. Portanto, invista nelas!

Conclusão

Finalmente, você viu como a gestão de equipes é importante, quais são os principais requisitos para gerir adequadamente os colaboradores e garantir a produtividade, bem como sugestões para ter sucesso na gestão.

A gestão de equipes proporciona a implementação de uma cultura colaborativa sólida e a obtenção de diversos benefícios em relação ao desenvolvimento de talentos e a capacidade produtiva da empresa. Deste modo, ela é de extrema importância para gerar satisfação tanto para os colaboradores quanto para os clientes do negócio.

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog