Recrutamento e seleção por competência: a chave para contratar os melhores profissionais

Descubra como o recrutamento e seleção por competência pode ajudar a sua empresa a encontrar os profissionais mais qualificados. Veja mais neste artigo!
Sumário
Recrutamento e seleção por competência

O processo de recrutamento e seleção por competência é uma das atividades mais importantes dentro de uma empresa, pois é a partir dele que se seleciona os profissionais que farão parte da equipe. No entanto, essa tarefa pode ser desafiadora, já que existem diversas variáveis a serem consideradas na hora de escolher o candidato ideal.

Para superar esse desafio, muitas empresas têm adotado o recrutamento e seleção por competência, uma metodologia que avalia as habilidades, conhecimentos e atitudes dos candidatos de forma mais precisa e eficiente.

O recrutamento e seleção por competência consiste em uma análise mais aprofundada das competências necessárias para determinada vaga, levando em conta não apenas as habilidades técnicas, mas também as habilidades comportamentais.

Essa metodologia permite identificar as competências essenciais para o cargo e, a partir disso, avaliar se o candidato possui as características necessárias para a função. Dessa forma, é possível reduzir o tempo e os custos do processo seletivo, além de aumentar a chance de contratar profissionais mais adequados para a empresa.

Neste artigo do Genyo, vamos explorar mais a fundo como funciona o recrutamento e seleção por competência, suas vantagens e desafios, além de mostrar como as empresas podem implementar essa metodologia de forma eficiente. Acompanhe conosco e descubra como essa estratégia pode ser um diferencial competitivo para a sua empresa.

O que são competências?

As competências são habilidades, conhecimentos e atitudes que uma pessoa possui e que são relevantes para a realização de um trabalho específico ou para o desempenho em uma função em uma organização. Elas são consideradas um conjunto de características que definem as capacidades individuais, e que são essenciais para o sucesso na realização de tarefas e na execução de um trabalho com qualidade.

As competências podem ser classificadas em diferentes tipos, como comportamentais, técnicas ou de liderança, por exemplo. Essas categorias são usadas para avaliar as habilidades e qualidades que os candidatos devem ter para desempenhar com eficiência as tarefas de um cargo específico.

Em geral, as competências representam a combinação de habilidades, conhecimentos e a capacidade de aplicá-los a situações do mundo real. Elas têm um impacto direto na sua capacidade de concluir tarefas de forma eficaz e trabalhar em colaboração dentro de equipes.

Por que usar competências para recrutamento e seleção?

Segundo os dados indicam, 84% das empresas possuem dificuldades para contratar profissionais. Sendo assim, é cada vez mais necessário diversificar a forma de recrutamento e seleção.

A experiência com diferentes organizações mostra que, quando combinadas com a avaliação de conhecimentos e experiência, as competências melhoram a precisão na avaliação da adequação ou potencial de pessoas para diferentes empregos.

Elas ajudam a evitar que os entrevistadores e selecionadores tomem decisões precipitadas ou avaliem os candidatos com base em características que não são relevantes para o cargo. As competências podem ser usadas para ajudar a estruturar o processo seletivo, incluindo entrevistas e testes.

Avaliar um candidato com base em competências específicas esclarece suas habilidades e fraquezas, tornando mais fácil identificar quaisquer desenvolvimentos que possam ser necessários caso sejam contratados.

Usar competências para o recrutamento e seleção é uma abordagem eficaz que ajuda as organizações a encontrar os candidatos mais adequados para suas vagas. Isso porque as competências estão diretamente relacionadas às tarefas e funções do cargo, garantindo assim que o colaborador tenha as habilidades necessárias para desempenhar suas funções de maneira eficiente.

Ao identificar as competências necessárias para cada cargo, é possível avaliar os candidatos de forma mais precisa e objetiva, pois a avaliação é baseada em habilidades concretas e objetivas, e não em impressões subjetivas ou em características que não são relevantes para o cargo.

As competências também ajudam a prevenir a contratação de candidatos inadequados ou que não se encaixam na cultura da empresa, já que a avaliação é feita com base em critérios objetivos e relevantes para o cargo.

Por fim, elas permitem que a empresa identifique as lacunas de habilidades em sua equipe e possa orientar o desenvolvimento profissional dos colaboradores.

O que diferencia habilidades e competências?

Embora as palavras “habilidade” e “competência” sejam frequentemente usadas como sinônimos, elas têm significados distintos no mercado de trabalho. Enquanto a habilidade se refere ao saber fazer algo, a competência, conforme já definimos, diz respeito à coordenação desse saber com o conhecimento, a atitude e o julgamento, de modo a alcançar benefícios expressivos.

Em outras palavras, a habilidade é uma característica que pode ser desenvolvida pelo profissional, enquanto a competência é uma qualidade que ele já adquiriu ao longo de sua carreira.

Para exemplificar, podemos considerar as habilidades necessárias para as aulas de matemática, que podem ser úteis para a construção de competências contábeis ou para a elaboração de projetos de engenharia civil.

No entanto, para adquirir habilidades em determinado assunto, é importante investir em uma graduação ou curso técnico. Dessa forma, é possível reunir conhecimento, habilidade, atitude e julgamento de maneira mais organizada e se tornar um profissional mais competente.

As competências, por sua vez, são um conjunto de habilidades e conhecimentos que se relacionam entre si e são específicos de uma função ou profissão, como ser psicólogo, médico, analista de RH, entre outros. Elas podem ser desenvolvidas por meio de treinamentos ou experiências práticas.

É importante destacar que as habilidades devem ser desenvolvidas na busca pelas competências. Trata-se de qualidades que o profissional adquire para realizar determinada atividade, seja física ou mental, indicando a capacidade adquirida. Saber identificar variáveis, compreender fenômenos, relacionar informações obtidas, analisar situações, julgar e manipular são exemplos de habilidades que podem ser desenvolvidas e aprimoradas.

Otimize a gestão de RH da sua empresa com o Genyo! Adquira agora mesmo o nosso software de controle de ponto digital e tenha mais eficiência e segurança no gerenciamento de horas trabalhadas.

O que é recrutamento e seleção por competência?

Recrutamento e seleção por competência é um modelo de contratação que consiste em um processo de gestão de pessoas que busca identificar os profissionais mais qualificados para ocupar determinado cargo ou posição, com base em suas competências. As competências são as habilidades, conhecimentos e atitudes necessárias para desempenhar as atividades de um determinado cargo de forma eficiente e eficaz.

Nesse processo, as empresas avaliam os candidatos com base em critérios específicos, como competências técnicas e comportamentais, e não apenas em sua formação acadêmica ou experiência profissional. Isso permite que a seleção seja mais precisa e direcionada para encontrar os profissionais que realmente possuem as habilidades e competências necessárias para o cargo em questão.

Quais as vantagens desse modelo?

Agora que já definimos esse modelo, vamos entender qual a sua importância. Há diversas vantagens no uso de recrutamento e seleção por competência. Algumas das principais são as seguintes:

Identificação de talentos mais adequados

Ao identificar competências necessárias para a função, é possível buscar candidatos que tenham as habilidades e atitudes necessárias para desempenhar bem a função.

Redução do turnover

Ao contratar pessoas com as competências adequadas, a empresa tem maior chance de manter os funcionários por mais tempo, já que esses estarão mais adequados ao trabalho e terão maiores chances de sucesso.

Aumento da qualidade dos colaboradores

O recrutamento e seleção por competência permite a contratação de pessoas com as habilidades e atitudes adequadas, o que pode levar a um aumento da qualidade dos funcionários.

Melhoria do clima organizacional

Quando os funcionários são contratados com base em suas competências, é mais provável que se encaixem na cultura e valores da empresa, o que pode levar a um clima organizacional mais positivo.

Redução de custos

Ao contratar pessoas com as competências adequadas, há menos chance de erro na contratação, o que pode levar a menos turnover e, consequentemente, redução de custos com novos processos de recrutamento e seleção.

Devo recrutar com base em qual tipo de competência?

Recrutar por competências técnicas, comportamentais ou competências socioemocionais depende do tipo de cargo que se pretende preencher e da cultura da empresa.

Para posições que exigem habilidades técnicas específicas, como engenheiros ou programadores, é importante recrutar por competências técnicas, já que essas habilidades são essenciais para o sucesso no trabalho.

Por outro lado, para posições que exigem habilidades interpessoais, como gerentes de projeto ou atendimento ao cliente, é importante recrutar por competências comportamentais, já que a capacidade de se comunicar efetivamente, trabalhar em equipe e resolver conflitos é fundamental para o sucesso nesses papéis.

No entanto, em muitos casos, a combinação de competências técnicas e comportamentais é ideal. Em geral, é importante ter uma equipe diversa de habilidades, que possa trabalhar bem em equipe e ter bom desempenho em suas funções individuais. Portanto, a escolha de recrutar por competências técnicas ou comportamentais deve ser uma decisão estratégica baseada nas necessidades da empresa e dos cargos a serem preenchidos.

Como implementar o recrutamento e seleção por competência?

Recrutamento e seleção por competência

Conforme falamos anteriormente, a incorporação de competências em seu processo de recrutamento e seleção pode impulsionar melhorias, porém, quando falamos sobre resultados, tudo se resume à execução.

Desde a criação de uma abordagem personalizada às suas necessidades até a implementação dessa abordagem por meio de seus recrutadores e gerentes responsáveis pela contratação, aqui estão alguns passos a serem seguidos para alcançar o sucesso. Vamos a eles:

Definir requisitos de competência

Utilizar competências para aquisição de talentos não faz sentido, a menos que essas competências tenham sido selecionadas com base em sua necessidade empresarial. ]

Talvez a parte mais importante do processo de design seja a análise de seus objetivos empresariais, identificação de competências relevantes e criação de um quadro a ser aplicado em suas futuras vagas.

Certifique-se de que suas bases sejam sólidas envolvendo todos os stakeholders necessários, incluindo líderes empresariais, líderes de RH e chefes de departamentos.

Criando descrições de trabalho baseadas em competências

Assim que você criou seu quadro de competências, é hora de comunicá-lo aos tomadores de decisão em seu processo de recrutamento.

Eduque seus gerentes de contratação e recrutadores sobre como usar as competências selecionadas para criar descrições de trabalho compatíveis. Em seguida, use essas descrições de trabalho para criar anúncios de emprego.

Realização de entrevistas de competência

A principal ferramenta de avaliação para seu novo processo de recrutamento deve ser entrevistas de competência.

As entrevistas de competência consistem em perguntas que visam permitir que os candidatos forneçam exemplos relevantes que demonstrem se eles possuem as competências desejadas.

A chave para projetar uma entrevista eficaz com foco em competências é visar perguntas abertas que encorajem o candidato a responder baseado na situação, tarefa, ação e resultado.

Avaliando os candidatos

A última peça do quebra-cabeça é avaliar os candidatos com base em suas competências. Se você executou corretamente as etapas anteriores, essa parte do processo deve ser relativamente simples.

A chave para o sucesso aqui é usar um método de pontuação estruturado, que pode ser alcançado ponderando as competências com base em sua importância e tendo diretrizes claras sobre como os tomadores de decisão devem avaliar as respostas dos candidatos.

Simplifique o controle de ponto da sua empresa com Genyo! Experimente agora mesmo e tenha acesso a um software completo e fácil de usar.

Conclusão

O recrutamento e seleção por competência é uma estratégia que pode trazer inúmeros benefícios para as empresas que desejam atrair e reter os melhores talentos no mercado. Ao utilizar uma abordagem focada em competências, as organizações podem avaliar os candidatos de forma mais precisa e justa, com base em suas habilidades, conhecimentos e comportamentos necessários para desempenhar um determinado cargo ou função.

Além disso, o recrutamento e seleção por competência também pode levar a uma maior diversidade e inclusão na força de trabalho, já que os candidatos são avaliados com base em suas habilidades e potencial, em vez de critérios subjetivos, como aparência ou conexões pessoais.

No entanto, para obter os melhores resultados, é fundamental que as empresas sigam as etapas recomendadas para implementar uma estratégia de recrutamento e seleção por competência de forma eficaz. Isso inclui definir as competências necessárias para cada função, criar descrições de trabalho baseadas em competências, conduzir entrevistas estruturadas e avaliar os candidatos com base em critérios objetivos e consistentes.

Com o tempo e o compromisso, o recrutamento e seleção por competência pode levar a uma força de trabalho mais qualificada e engajada, capaz de impulsionar o sucesso do negócio a longo prazo. Portanto, é uma estratégia que as empresas devem considerar seriamente ao buscar melhorar seu processo de contratação e fortalecer sua equipe.

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

Compartilhe este artigo

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog