O que são as políticas de RH e como elas podem aumentar a produtividade da sua empresa?

Entenda o que são as políticas de RH e como elas podem aumentar a produtividade no dia a dia da sua empresa. Veja mais neste artigo!
Sumário
Políticas de RH

O setor de Recursos Humanos é fundamental para o sucesso das empresas, pois ele é responsável por diversas atividades que impactam diretamente a produtividade e os resultados de um negócio. Afinal, através de estratégias, regras e políticas de RH bem estruturadas, é possível criar um ambiente de trabalho saudável e motivador, o que pode levar a melhores resultados para a empresa.

Além disso, o RH é responsável por identificar e desenvolver novos talentos, o que pode ajudar a manter a competitividade da empresa. Para isso, conta com algumas regras e diretrizes muito importantes, mas que muitos profissionais desconhecem a fundo.

Chamadas de políticas de RH, essas normas trazem uma série de benefícios, mas antes é preciso compreendê-las profundamente, visto que elas variam bastante de acordo com a cultura e indivíduos que compõem uma organização.

O que são políticas de RH?

No dia a dia, todo mundo se depara com diversas situações que envolvem as políticas de recursos humanos de uma empresa, mas nem sempre é fácil de entender o seu conceito. Felizmente, ele é mais simples do que parece. Isso porque esse é o termo utilizado para definir as diretrizes que orientam a gestão de pessoas em uma organização e abrange diversas áreas, como segurança no trabalho, comunicação interna, remuneração e retenção de talentos.

Ainda assim, ao contrário do que muitos pensam, elas são muito mais que simples práticas organizacionais, visto que também funcionam como um guia para os funcionários, gerentes e diretores, onde eles se baseiam para elaborar objetivos claros para a gestão de pessoas. No final, esses indivíduos acabam sendo fundamentais para garantir a eficácia e o alinhamento das práticas de RH de um negócio, assegurando que todos os colaboradores estejam cientes de suas responsabilidades, direitos e deveres.

Ademais, quando usadas da maneira correta, estabelecem padrões no desempenho dos colaboradores, como controles de qualidade e critérios de avaliação.  No entanto, vale ressaltar que é importante ter mais atenção nesse ponto, visto que na maioria dos casos, essas regras ou acordos também são importantes para garantir o cumprimento de leis diversas leis que fazem parte da CLT. Dessa forma, é possível trazer várias melhorias à qualidade de vida dos funcionários.

Inclusive, muitas organizações utilizam dessas políticas para garantir que seja estabelecida uma relaçaõ mais justa entre seus colaboradores, contando com normas que possam previnir a discriminação, preconceito, etc. Nesses momentos, para construir esse ambiente mais seguro, desenvolvem medidas inclusivas, sejam elas sobre igualdade de tratamento, prevenção contra assédio e abusos no geral.

Quais os tipos de políticas de RH?

Normalmente, as políticas variam bastante de empresa para empresa. Ainda assim, quando enxergamos esse sistema de forma generalista, existem alguns tipos mais comuns, sendo esses:

  • Recrutamento e Seleção: Estabelece os critérios de seleção de candidatos e os processos que serão feitos para essa seleção;
  • Treinamento e Integração: Define as políticas e programas de treinamento e desenvolvimento para garantir que os funcionários tenham as habilidades e competências necessárias para desempenhar suas funções, além de dinâmicas para sua integração;
  • Avaliação de Desempenho: Cria os procedimentos para avaliação do desempenho dos colaboradores e quais critérios serão utilizados durante esse processo;
  • Relações Trabalhistas: Estabelece diretrizes para a gestão de relações trabalhistas como negociações salariais, contratos de trabalho, leis trabalhistas, etc.

O que elas significam para as empresas?

As políticas de RH significam bastante para as empresas, pois elas são responsáveis por definir os padrões e diretrizes para as relações entre os funcionários e a organização. Logo, acabam funcionando como um guia para questões importantes de um negócio, como a cultura, comunicação, etc.

Por esse motivo, acabam assumindo um papel importante ao estabelecer um ambiente de trabalho que incentiva o desenvolvimento de competências, valoriza o trabalho e o desempenho de todos os colaboradores, o que acaba promovendo muita satisfação entre esses indivíduos.

Quais os principais benefícios dessas políticas?

Essas diretrizes são fundamentais para o sucesso de qualquer organização. Como foi apontado logo acima, elas influenciam diretamente a cultura organizacional, produtividade, motivação, satisfação dos funcionários e até mesmo na retenção de talentos. Com isso em mente, essas são as principais vantagens de adotá-las em sua organização:

Melhora na satisfação dos funcionários: as políticas de recursos humanos podem incentivar os funcionários a se sentirem uma parte importante da empresa, o que contribui para a satisfação deles.

Estimular o crescimento organizacional: em geral, essas diretrizes são excelentes para começar ou estimular cultura de desenvolvimento, o que contribui para o crescimento da empresa.

Estabelecer objetivos claros e realistas: o profissional de rh, ao lado de bons gestores, pode ajudar a definir metas e objetivos claros para os funcionários, o que pode contribuir para uma maior produtividade.

Melhorar a eficiência: as políticas de recursos humanos podem ajudar a melhorar a eficiência da empresa, permitindo que os processos sejam realizados de forma mais ágil e eficaz.

Diminuir a rotatividade: quando são estabelecidas regras que trazem mais motivação e apresentam bons processos seletivos, eles permitem que as empresas criem um ambiente de trabalho saudável, o que contribui para a retenção de funcionários.

Como elas podem melhorar a produtividade?

No geral, as políticas RH podem melhorar a produtividade de uma organização de várias maneiras, sendo que algumas foram citadas no tópico acima. Além disso, elas ajudam a motivar os funcionários, fornecendo incentivos financeiros e não financeiros, como a oportunidade de participar de treinamentos ou alguns programas de desenvolvimento profissional.

Elas também podem incentivar uma comunicação mais eficaz entre a equipe e os gestores, o que inevitavelmente traz grandes melhorias para a produtividade de um time, independente do seu tamanho. Já outras questões, dependendo da cultura da organização, podem incluir a flexibilidade no local de trabalho, permitindo que os funcionários trabalhem remotamente ou em horários melhores, o que acaba impactando enquanto produzem no dia a dia.

Isso é ainda mais comum no mundo pós-pandemia, onde as pessoas se acostumaram com a ideia do home office e passaram a assumir esse modelo como essencial em suas rotinas. Ademais, essas diretrizes podem ser usadas para também reduzir a rotatividade de funcionários, o que pode levar a uma maior estabilidade e produtividade.

Como implementar as políticas de RH?

Para usar essas diretrizes da melhor maneira possível, é preciso começar definindo os objetivos desejados. Ou seja, deve-se identificar o que se espera alcançar com essas regras. Por exemplo, se o objetivo for melhorar o engajamento dos funcionários, é necessário determinar quais práticas ajudarão a atingir esse objetivo.

Depois, é importante se preocupar em como criar e aplicar as políticas de RH adequadas. No geral, os mais comuns treinamentos para funcionários, programas de incentivo e reconhecimento, políticas de comunicação interna eficazes, entre outras medidas, mas é sempre necessário entender o que o seu negócio quer como prioridade.

Uma vez que isso for definido, elas devem ser monitoradas de perto para garantir que estejam sendo seguidas corretamente Para isso, é dever do gestor avaliá-las   periodicamente para verificar sua eficácia no dia a dia dos funcionários e clientes. Caso pareça necessário, as políticas devem ser ajustadas e atualizadas para acompanhar as mudanças nas necessidades da organização.

Além disso, é importante que as diretrizes sejam comunicadas de forma clara e adequada para todos os colaboradores. Isso significa informar as políticas e suas alterações, bem como as consequências de não cumpri-las. Logo, é fundamental que todos os funcionários entendam as políticas e tenham oportunidades para questionar ou discutir qualquer aspecto delas.

Por fim, mas não menos importante, é necessário manter as políticas de RH atualizadas regularmente para garantir sua eficácia. Isso será essencial para que elas não se tornem obsoletas e desatualizadas. Afinal, muitas empresas, apesar de adotarem algumas diretrizes, acabam completamente desatualizadas em relação às suas concorrentes, o que não é nada bom.

Além disso, a organização deve garantir que os funcionários estejam cumprindo as políticas de RH e sendo tratados de forma justa. Nesses casos, elas  podem ser usadas para refletir os valores e a cultura da empresa e ajudar a atingir seus objetivos de maneira eficaz.

Quais os seus principais desafios?

Políticas de RH

Os principais desafios das políticas de RH estão relacionados à busca da gestão de pessoas eficaz, focada na atração, desenvolvimento e retenção de talentos, alinhados às necessidades estratégicas da empresa.

Outro grande desafio é a implantação de um programa de gestão de talentos que permita ao RH identificar e desenvolver profissionais com potencial de liderança. Além disso, a modernização dos processos de RH é essencial para acompanhar a evolução das necessidades e expectativas dos colaboradores.

Para isso, é necessário investir em tecnologias e ferramentas que permitam a automatização de processos e aplicação de práticas de gestão de talentos. Por fim, a análise de dados tem se tornado cada vez mais importante para o RH, uma vez que permite a identificação de padrões e tendências para que sejam tomadas decisões eficazes e que contribuam para o desenvolvimento da organização.

Nesse sentido, muitos negócios acabam encontrando dificuldades em acompanhar as mudanças tecnológicas, acompanhar as mudanças no mercado de trabalho, prover treinamento contínuo e desenvolvimento profissional para os funcionários, entender os riscos legais e trabalhistas e gerenciar relações com os funcionários.

Quais são as melhores ferramentas para políticas de RH?

A tecnologia pode ajudar a simplificar e automatizar diversos processos de RH, incluindo treinamento, seleção de candidatos, gerenciamento de benefícios, análise de desempenho, gestão de tempo e controle de custos. Ela também pode permitir que os departamentos de RH acessem informações de forma mais rápida e eficiente.

Por exemplo, os gerentes de RH podem usar a tecnologia para acompanhar facilmente os dados de seus funcionários, como histórico de emprego, informações de benefícios para o trabalhador e horários de trabalho. Isso permite que eles tomem decisões de RH mais informadas e eficazes. Para isso, um sistema de controle de ponto, como o Genyo, é uma excelente opção. Inclusive, ele é perfeito para empresas grandes ou pequenas.

As empresas podem usar sistemas de informação de RH para acompanhar e rastrear informações, como dados de folha de pagamento, informações de treinamento e desenvolvimento, informações de recrutamento e seleção, etc. Isso ajuda a automatizar os processos e reduzir a burocracia.

Além disso, a tecnologia pode ajudar a automatizar processos como pagamentos e verificações de referência, para que os gerentes de RH possam gastar menos tempo com tarefas manuais e mais tempo se concentrando em questões estratégicas.

As principais tendências em políticas de RH

As tendências em Políticas de Recursos Humanos são práticas e estratégias de RH que se desenvolvem com o passar do tempo. Estas tendências são baseadas na experiência adquirida pelos profissionais de RH, na análise das tendências de mercado e na evolução da legislação. Estas tendências visam melhorar o desempenho das empresas, contribuindo para o desenvolvimento de colaboradores motivados, satisfeitos e comprometidos. Algumas das principais tendências em políticas de RH são:

Gestão de talentos: A gestão de talentos consiste em identificar, desenvolver e reter talentos e competências dentro da empresa. Ela é fundamental para o sucesso de qualquer empresa.

Diversidade e inclusão: As empresas estão se concentrando em criar um ambiente de trabalho diversificado e inclusivo para atrair, reter e engajar funcionários de diferentes origens.

Cultura de trabalho: Basicamente, a cultura de trabalho é o conjunto de crenças, valores e comportamentos partilhados pelos colaboradores. Esta tendência visa criar um ambiente de trabalho saudável, motivador e produtivo.

Flexibilidade: Essa tendência é ligada a possibilidade de trabalhar de forma remota, horários de trabalho flexíveis e diferentes formas de compensação. Esta tendência visa aumentar a satisfação dos colaboradores e a produtividade da empresa. flexibilidade no trabalho está se tornando cada vez mais comum, e as empresas estão adotando políticas de trabalho remoto para apoiar os funcionários.

Benefícios: Os benefícios são fundamentais para atrair e reter talentos. Esta tendência visa oferecer benefícios competitivos para atrair e reter talentos.

Treinamento e desenvolvimento: O treinamento e desenvolvimento de colaboradores é imprescindível para o crescimento da empresa. Esta tendência visa garantir que os colaboradores estejam atualizados e preparados para as demandas atuais do mercado.

Conclusão

As políticas de RH, independente do tamanho de um negócio, já se provaram cruciais para o seu sucesso. Afinal, elas estão diretamente ligadas a decisões estratégicas que afetam o desempenho dos funcionários e, consequentemente, os resultados das operações ou comunicação. Por esse motivo, são amplamente estudadas e utilizadas para gerenciar da melhor maneira possível as pessoas que compõem uma empresa, trazendo mais desenvolvimento e ainda mantendo esse espaço saudável.

Dessa forma, acabam trazendo bons resultados financeiros para a organização, especialmente quando isso é feito com a ajuda das tecnologias corretas. Isso porque com o avanço dos meios de comunicação, algumas ferramentas são excelentes para facilitar os processos de contratação, avaliação de desempenho, troca de informações entre colaboradores, etc.

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

Compartilhe este artigo

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog