Como funciona os horários flexíveis em uma jornada de trabalho?

O que você sabe sobre a jornada de trabalho com horários flexíveis? Nesse artigo você irá entender como funciona e os benefícios! Veja mais neste artigo!
Sumário
Horários flexíveis

A tecnologia está em constante evolução, sempre se adaptando as novas necessidades do mercado. Na esfera do trabalho essa adaptação é muito perceptível, principalmente durante o período da pandemia do COVID 19. Assim, os horários flexíveis foram um dos resultados dessas mudanças tecnológicas.

Com a pandemia, muitas empresas precisaram inovar a forma de trabalho e um desses resultados foi o crescente número de funcionários trabalhando em home office. Desse modo, a carga horaria flexível foi uma das estratégias adaptativas para que as corporações continuassem com bons resultados.

Desse modo, a ideia não é que o funcionário, necessariamente, tenha o seu período de serviço reduzido, mas sim, que ele tenha mais autonomia para decidir o horário que deseja cumprir as tarefas ao longo do dia.

Em outras palavras, a jornada de trabalho flexível é uma forma de gestão de tempo que permite que os colaboradores definam qual horário irão entrar e sair de suas jornadas de trabalho.

Com isso, eles podem administrar melhor o tempo para fazer outras atividades que não conseguiriam com uma carga horaria fixa, como ir ao banco, buscar os filhos na escola, ir ao supermercado ou até mesmo ir à academia.

Porém, assim como  todos os modelos de trabalho, a adoção desse tipo, apesar de ser muito benéfico, também pode trazer algumas desvantagens tanto para o empregado quanto para o empregador. Além de ter muitos outros detalhes que nem sempre os funcionários conhecem.

Portanto, nós da equipe Genyo elaboramos esse artigo com todas as informações que você precisa saber sobre a jornada de trabalho flexível.  Aqui você irá entender o que é, como funciona, quais as vantagens e desvantagens desse modelo e muito mais!

Portanto, continue lendo atentamente para não deixar nenhuma informação importante passar. Ao final do artigo, você terá informações de qualidade sobre esse assunto e poderá compartilhar com todos os membros de sua empresa.

O que é o horário flexível em uma jornada de trabalho?

Conforme a lei, os funcionários contratados pelo regime da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) devem cumprir jornadas diárias de 8 horas ou 44 horas por semana. Porem, não há em nenhuma parte da lei que prevê quando a jornada deve começar ou terminar e nem o local onde o serviço deve ser realizado.

Assim, conforme o artigo 59 da CLT:

“A duração normal do trabalho, para os empregados em qualquer atividade privada, não excederá de 8(oito) horas diárias, desde que não seja fixado expressamente outro limite”.

Somado a isso, a legislação trabalhista define que as jornadas de trabalho podem ter um acréscimo de até no máximo duas horas extras por dia, dendo que essas valem pelo menos 50% a mais do que as horas normais trabalhadas.

Desse modo, essa falta de estabelecimento de regras em relação ao início e termino do horário de trabalho, abre espaço para os colaboradores com os seus superiores negociarem horários flexíveis que seja benéfico para ambos os lados.

Porem, existe o chamado horário comercial com duração das 8h às 17h ou das 9h às 18h. Mas, as variações podem ocorrer a depender do modelo de trabalho que a empresa adote, como uma escala de segunda a sábado ou caso funcione no período da noite, por exemplo.

Dessa forma, o mais comum é que já haja um horário fixo para todos os funcionários iniciarem e concluírem a sua carga horaria no trabalho que já é preestabelecido por meio do contrato e que precisa ser seguido a risca por todos os funcionários da corporação.

Todavia, com as inovações tecnológicas e, consequente, com as novas demandas do mercado de trabalho, as jornadas de trabalho com horários flexíveis tem se tornado cada vez mais comum dentro das empresas, principalmente naquelas que tem funcionários trabalhando em home office.

Visto isso, o horário flexível é um modelo de trabalho que permite que o trabalhador tenha mais autonomia para decidir quando cumprir as tarefas durante o dia, porém, sem necessariamente ter o período da sua jornada de trabalho reduzido.

Em suma, a carga horaria maleável é uma forma de gestão que permite que os colaboradores possam administrar melhor o seu tempo de modo que consigam conciliar o trabalho com outras atividades no dia a dia. Como ir ao supermercado, buscar os filhos na escola ou até praticar alguma atividade física.

Ou seja, possibilita que os funcionários possam fazer outras atividades importantes em seu dia além de seu trabalho, logo, é uma forma das empresas oferecerem uma melhor qualidade de vida para os seus membros.

Porém, é valido ressaltar que o trabalho não pode ser deixado de lado, afinal, existe um contrato que precisa ser respeitado para que nenhum dos lados tenha prejuízos futuros.

Quais as vantagens de adotar um horário flexível?

Horários flexíveis

Em um mundo globalizado e com inovações tecnológicas constantes, é normal que o maior objetivo das empresas seja lucrar ao máximo. Mas, para que isso ocorra primeiro é preciso ter em mente que os funcionários são a parte mais impontante desse processo.

Sem eles é praticamente impossível que todas as metas, objetivos e resultados sejam alcançados da forma rápida e constante. Portanto, é preciso, sim, ter como foco a produtividade dos trabalhadores, mas, sem deixar de lado outros pilares da vida deles.

Visto isso, confira a seguir as principais vantagens percebidas em uma corporação ao dar mais maleabilidade na rotina de seus funcionários com a adoção do horário flexível.

Aumento da produtividade

Quando uma empresa começa a voltar a sua atenção para outros pilares da vida do funcionário, é certo que a sua produtividade irá aumentar gradativamente.

Isso se dá pelo fato de que quando os funcionários percebem que a organização se preocupa no bem-estar pessoal de cado um, eles se sentem mais valorizados e enxergados. Sentem que não são vistos apenas como ferramentas.

Afinal, poder trabalhar de casa e ainda com horários que favoreçam fazer outras atividades de suas rotinas é algo que melhora a qualidade de vida de qualquer um. Essa prática faz com que os funcionários assumam mais responsabilidades pelos próprios resultados, além de estreitar os laços entre os líderes e liderados.

A partir disso, os colaboradores se sentem mais motivados em se dedicar mais nas suas tarefas e buscar meios de aprimorar as suas funções. Consequentemente, esse engajamento influencia positivamente nos resultados de produtividade da empresa.

Melhora o clima na empresa

Outro benefício super perceptível em uma corporação que se preocupa em oferecer uma carga horaria flexível para os seus colaboradores, é um ambiente de convívio organizacional mais agradável.

Com mais tempo para cuidar da saúde física e mental no dia a dia, os trabalhadores se sentem mais confiantes, valorizados e seguros dentro de seu cargo. Assim, isso contribui para amenizar o clima de tensão e competição na organização.

Afinal, o funcionário poderá incluir em sua rotina outras atividades que não seriam possíveis de realizar no modelo de trabalho tradicional e assim, podem exercer as suas funções laborais mais tranquilos. Com o home office, a vantagem é ainda melhor, já que o trabalhador não gasta tempo com o deslocamento e o contato direto com outras pessoas é reduzido.

Redução do absenteísmo

Outra vantagem importantíssima é a redução do absenteísmo na empresa. O absenteísmo significa a ausência do funcionário no serviço por motivos variados, como atrasos ou saídas antecipadas. Ou seja, faltas que não estão necessariamente podem ser justificadas.

Assim, com a adoção desse modelo de trabalho as faltas e atrasos praticamente deixam de existir, pelo fato de que os próprios trabalhadores têm a liberdade de escolher um horário em que se sentem mais confortáveis e seguros para iniciar o seu serviço.

Desse modo, como as faltas normalmente acontecem porque o colaborador precisa ir ao médico ou resolver problemas pessoais, com os horários flexíveis, as ausências diminuem já que o funcionário terá tempo livre para resolver essas pendencias pessoais sem deixar de cumprir as suas obrigações no serviço.

Boa gestão de talentos

Quando o índice de rotatividade, isto é, entrada e saída de novos funcionários, está muito alto, isso não é um ponto positivo para a empresa. Isso porque, a organização acaba arcando com o prejuízo de novas contratações e treinamentos de recrutamento.

Dessa forma, quando a organização investe em alternativas para assegurarem os funcionários na empresa, consequentemente, acaba diminuindo o índice de turnover. Isso porque, gradativamente, os profissionais da equipe vão ficando cada vez mais qualificados, sendo um diferencial competitivo.

Visto que, ao trabalharem em um local no qual têm uma maior liberdade para escolher que horário irá trabalhar, dificilmente esse funcionário ira querer sair da corporação, ou seja, ele se sente mais motivado em se dedicar nas suas funções laborais.

Com uma equipe mais qualificada, a promoção de cargo acontece com mais facilidade, o que também estimula os colaboradores a permanecerem na empresa.

Redução de custos

Como mencionado anteriormente, ao adotar o modelo de horário flexível, permite que alguns funcionários, a depender de qual cargo ocupe, possam exercer as suas funções em home office.

Desse modo, a empresa não precisa arcar com certos custos como o de deslocamento do trabalhador, vale-alimentação e manutenção do escritório. Afinal, em razão dessa flexibilidade, o número de funcionários no escritório passa a ser menor e os gastos com a energia, consequentemente, também diminuem,

Somado a isso, como a jornada maleável também favorece uma maior produtividade, também é possível que aconteça uma redução da necessidade de horas extras.

Prevenção de doenças de trabalho

Por último, mas não menos importante, pode não parecer, mas ter a jornada de trabalho flexível também é um aliado na prevenção de doenças de trabalho. Isso porque, com essa flexibilidade, o funcionário consegue fazer outras atividades que não seja somente ficar o dia inteiro em frente a uma tela de computador fazendo movimentos repetitivos.

Desse modo, o simples ato de levantar da cadeira e se movimentar ajuda a prevenir doenças como o sedentarismo e lesões no corpo em virtude de movimentos logos e repetitivos.

Assim, com a possibilidade de administrar melhor o tempo, o funcionário tem a oportunidade de se exercitar, ir à academia ou fazer caminhadas, cuidar da saúde física, no geral.

Quais as desvantagens dessa flexibilidade?

Certamente, como em qualquer outro modelo de trabalho, nesse também existem algumas desvantagens que ficam perceptíveis quando o horário flexível não é bem implementado, seguindo um bom planejamento e apostando nas adequações necessárias. Assim, caso a empresa não se atente, pode trazer certos prejuízos.

Desse modo, separamos a seguir algumas das principais desvantagens que podem ocorrer caso a aplicação desse modelo não seja feito da forma correta. Confira abaixo:

Dificuldade na gestão de pessoas

A comunicação é uma das formas que utilizamos em nosso dia a dia para transmitir mensagens e significados. Ela está presente em qualquer ambiente no qual existem pessoas, como, por exemplo, dentro das empresas, é a chamada comunicação corporativa.

Assim, em uma corporação o principal mecanismo para fazer as engrenagens girarem é estabelecer um bom canal comunicativo entre líderes e liderados, além de uma boa comunicação com o público externo.

Porém, com os membros da equipe trabalhando em horários  locais diferentes, nem sempre essa comunicação consegue ser feita de forma eficiente, o que dificulta a gestão de pessoas. Dessa forma, avaliar os comportamentos e perfis profissionais também deixar de ser uma tarefa simples pela falta de contato entre os colaboradores.

Queda no desempenho de alguns funcionários

Como mencionamos anteriormente, é perfeitamente possível que com os horários flexíveis o trabalhador consiga ser mais produtivo do que em uma jornada convencional, porém, algumas pessoas podem ter dificuldade em manter o foco.

Isso pode ocorrer porque nem todos os profissionais têm uma disciplina e capacidade de administrar corretamente o seu tempo, de forma que consiga conciliar as suas obrigações laborais com outras atividades pessoais.

Por isso, é importante fazer uma boa avaliação de perfil dos candidatos antes da contratação e, para aqueles funcionários que já fazem parte da equipe, o ideal é fazer constantemente uma fiscalização de como está o andamento das tarefas.

Chegamos ao fim do nosso artigo e esperamos que após todos esses esclarecimentos você tenha entendido o que é a jornada de trabalho com horário flexível e como pode trazer benefícios tanto para  empresa quanto para os funcionários quando aplicada de forma correta.

Para mais assuntos sobre o ramo empresarial confira outros artigos em nosso site. Ademais, contrate a Genyo agora e ainda ganhe 15 dias grátis!

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

Compartilhe este artigo

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog