Planejamento estratégico: o que é, como fazer e qual a sua importância

Clique aqui e veja o que é um planejamento estratégico, como fazer um e qual a sua principal importância dentro das empresas.
Sumário
planejamento estratégico

O planejamento estratégico, também chamado de plano estratégico, é um processo que está diretamente ligado às oportunidades, estratégias e objetivos que podem ser alcançados por uma empresa. E, ultimamente, ele é algo que as empresas, tanto grandes como pequenas, estão procurando para continuar se destacando, em meio a esse mercado de trabalho atual que anda cada vez mais competitivo. Isso porque, através desse processo, é possível que as empresas tenham mais agilidade e consigam alcançar o sucesso em suas tarefas e objetivos.

Ou seja, de forma mais explicada, o planejamento estratégico é aquilo que serve para que uma empresa consiga compreender tudo que deve ser feito, além do porquê aquilo precisa ser feito e como ela deverá fazer para chegar ao resultado esperado. Sendo assim, isso faz com que os empreendimentos tenham um crescimento super relevante em relação a organização interna.

Tudo isso acontece a partir de análises nos cenários e nas definições, tanto das metas, como das ações, para que a empresa consiga, chegar de forma ainda mais rápida onde se espera.

Sabendo da importância que o planejamento estratégico tem para as empresas, neste artigo você verá como ele funciona, o que ele é, como fazer um e quais são as suas principais características.

O que é planejamento estratégico?

O planejamento estratégico, de forma mais objetiva e resumida, é um processo sistêmico que consegue identificar as melhores condições e as melhores formas para que uma empresa alcance o sucesso de forma mais rápida. Então, através dele é estabelecido um caminho, que deve ser seguido pela empresa para que ela tenha melhores resultados e consiga bater as suas metas e objetivos.

Sendo assim, o “planejamento” vem da ideia de que esse processo cria táticas que levam de forma direta a realização do objetivo e o “estratégico” vem da criação de estratégias, para que por meio de ações, seja possível perceber e elaborar o melhor caminho para alcançar os melhores resultados. Porém, outro fator também importante, é que o planejamento estratégico, além de verificar a situação atual da empresa, ele também verifica outros diversos cenários e faz análises para o futuro, criando assim, expectativas para os próximos anos.

Esse planejamento pode acontecer mensalmente, anualmente ou até mesmo a um prazo muito maior, pois isso vai depender daquilo que a empresa quer naquele determinado momento.

Principais características de um planejamento estratégico

Pressupõe uma vantagem competitiva

Esse é o fator que diferencia a empresa em questão das suas concorrentes, é aquilo que faz com que um cliente decida entre comprar um produto em uma empresa X ou na Y. Esse é um dos fatores mais importantes, pois é como se fosse o coração do planejamento estratégico, já que tudo terá que se estruturar ao redor dela.

Requer leitura compartilhada da organização e do ambiente

Outro fator importante para o planejamento estratégico é que todos da empresa tenham acesso às mesmas informações e vivenciem a mesma coisa. Pois, isso fará com que todos tenham a mesma visão, tanto sobre os problemas, como em relação aos objetivos, para que seja proporcionado às pessoas de dentro da empresa, que elas tenham uma perspectiva diferente e mais completa sobre tudo, e, acima disso, sobre o seu papel dentro da sua organização.

Pois, se parar para pensar, se cada pessoa enxergar apenas um pedaço do processo, acaba ficando muito mais difícil motivar os demais colaboradores para que eles tenham uma motivação para trabalhar e atingir as suas metas.

Traduz a estratégia em iniciativas concretas

Para que uma empresa consiga atingir a visão de futuro esperada é preciso de uma formulação de estratégias. Que, juntamente com a visão de futuro fará com que você consiga chegar aonde você quer muito mais rápido.

Demanda monitoramento do percurso

O planejamento estratégico funciona como um GPS, o qual aponta o caminho que deve ser seguido na construção da visão do futuro da empresa. E então, ao longo do caminho que deve ser percorrido, é preciso que ele seja acompanhado, medido, ajustado e compartilhado.

  • Acompanhar: nessa etapa é importante que todos fiquem de olho nas transformações, tanto do ambiente interno como do externo a empresa e checar se as estratégias que foram feitas estão de acordo com essas transformações;
  • Medir: já nessa etapa, as pessoas devem ficar sempre atentos a as performances para que eles possam mensurar o desempenho que as estratégias estão tendo, para que, caso alguma delas não esteja dando resultado, a empresa possa agir sobre ela;
  • Ajustar: essa é aquela etapa onde a empresa deve fazer modificações no plano estratégico para que ele possa, a cada dia, se conectar mais com as mudanças;
  • Compartilhar: e por fim, vale falar que nenhuma dessas mudanças devem ser feitas sozinhos, dividir as responsabilidades é algo essencial para o bom funcionamento desse plano.

Conduz a uma visão de negócio futuro

Após formalizar uma visão de futuro para a empresa, ela também terá um propósito para atingir em um tempo determinado, onde esse propósito deve ser:

  • Válido: tem que ser algo que traga benefícios para a empresa e seja vantajoso para o desenvolvimento dela;
  • Factível: esse propósito também preáveis ser executável e não algo impossível;
  • Interessante: as pessoas precisam acreditar na meta que for criada para que eles sintam o desejo de contribuírem para que ela seja alcançada;
  • Difícil: pense em algo desafiador para que todos das empresa tenham que se desafiar e se superar para alcançar o que for proposto.

Exige esforço organizacional contínuo

Para que um plano estratégico dê certo dentro de uma empresa e seja de sucesso, é preciso que todos os colaboradores tenham muita responsabilidade. Pois, todos devem lembrar que, mesmo que aquelas pessoas com cargos mais altos dentro de uma empresa, como líderes e gerentes, sejam os condutores e articuladores dessa jornada, sem a colaboração dos demais, eles não conseguirão fazer todas as mudanças que são necessárias para que esse planejamento seja de sucesso para a empresa.

Além disso, também é de grande importância que, além do engajamento coletivo, o esforço de todos seja contínuo e permanente. Principalmente se o plano estratégico for de longo prazo, pois ele precisará ser reajustado, e, sempre que houver mudanças será preciso que todos acompanhem as transformações e consigam se adaptar a todas elas.

Quais são os benefícios de um planejamento estratégico?

planejamento estratégico

Um plano estratégico pode trazer inúmeros benefícios para uma empresa, entre eles:

Assertividade nas decisões

Com ele, a tomada de decisões se torna algo muito mais assertivo e ágil.

Maior priorização das tarefas

Com ele, também é possível que a empresa comece a priorizar quais ações serão tomadas, para que seja feito todo um cronograma de acordo com os prazos que devem ser seguidos.

Decisões baseadas em dados

As decisões além de serem tomadas em conjunto, dentro de um consenso, elas também serão feitas baseadas em dados e métricas.

Eleva a produtividade da equipe

Com ele, os colaboradores se sentirão muito mais motivados, com isso, a produtividade aumentará.

Maior organização

A partir do momento que a empresa resolver criar um plano estratégico, ela terá uma visão de futuro formada e terá objetivos mais claros e assertivos.

Como fazer um planejamento estratégico?

Diagnóstico

O primeiro passo que deve ser feito para que um plano estratégico seja feito é entender sobre a identidade da empresa, ou seja, saber exatamente o que ela é e onde da para ela chegar. Porém, isso precisa ser feito de forma bem clara e objetiva, avaliando tanto fatores internos como externos, para que oportunidades futuras e atuais não passem despercebidas.

Nesse processo, também é importante começar a entender sobre a missão, os valores e a visão para que esse plano seja feito de forma bem minuciosa e detalhada,  entendendo todos os pontos fortes e fracos da empresa.

De forma resumida, essa etapa funcionará como um raio X completo do negócio, onde serão utilizadas  ferramentas para avaliar a posição financeira dele,  a construção de marca, o desempenho de processos, a satisfação dos colaboradores, a qualidade dos produtos e/ou serviços, entre outros fatores.

Metas e indicadores de sucesso

Agora, após ter realizado o primeiro passo e ter listado toda a conjuntura e fatores importantes que devem ser levados em consideração, chegou a hora de definir todas as metas e objetivos. Observe todos os fatores que foram levantados anteriormente e separe metas para 5,10,15 e 20 anos, de acordo com a realidade da sua empresa.

Plano de ação e estratégias do planejamento estratégico

Nessa etapa, você terá que buscar realizar todas as metas que foram definidas e traçar tudo aquilo que você terá que fazer para conseguir realizá-las.

Envolva a equipe

O planejamento estratégico é um trabalho coletivo, onde todos os envolvidos podem se beneficiar. Por isso, é fundamental que toda a equipe participe de cada etapa, dando as suas opniões, para que esse trabalho seja feito em conjunto, com cada um fazendo a sua parte, buscando os melhores resultados.

Acompanhamento e análise seu planejamento estratégico

Após fazer tudo, não deixe de acompanhar e analisar todo passo que seja dado. Monitore todos os índices e identifique quais são as áreas ou serviços que ainda não estejam sendo realizados da forma esperada e tente fazer o máximo para melhorá-los.

Quais são os 8Cs de um planejamento estratégico?

Para que esse plano estratégico seja aplicado com eficiência e agilidade ele precisa ter todos esses componentes:

Conhecimento

Para atingir os resultados esperados e ter uma visão sistêmica, é preciso que perguntas como “Como anda o mercado?” “Quais são as principais forças e fraquezas dos times atualmente?”  “Quais ferramentas são usadas no dia a dia do time?”, sejam feitas para que você tenha um conhecimento ainda maior acerca da empresa.

Coragem

Para que uma empresa vá longe e consiga realizar todos os seus objetivos e metas, é preciso que toda a equipe que está por trás dela se entregue ao máximo, mesmo que em alguns momentos acabem tendo desconfortos. Deixe a insegurança e o medo de lado e defenda o seu posicionamento de maneira firme e enfrente todas as batalhas que vierem pela frente.

Confiança

Para colocar todo o planejamento em prática, uma coisa que não pode ser deixada de lado em momento nenhum é a confiança. Ela é importante tanto em relação a equipe, pois é preciso confiar em todos aqueles que estão por trás da empresa e que são as principais pessoas que podem trazer os resultados, como em relação a passar a maior confiança possível para as outras pessoas.

Competência

A competência também é algo que não pode faltar, pois, para que o planejamento seja realizado da melhor forma é preciso de uma equipe competente, onde cada um execute o seu papel da melhor forma.

Controle

Quando uma empresa não tem controle sobre os seus serviços, tudo desanda, por isso, é preciso buscar sempre estar no controle de todas as situações, para que aquilo que não esteja dando certo seja resolvido e os prazos sempre sejam cumpridos.

Comunicação

Uma boa comunicação com os funcionários e entre as pessoas que estão fazendo com que esse plano estratégico seja colocado em prática, é um fator essencial. Pois as decisões precisam ser tomadas em conjunto para garantir que não haja nenhum problema e que todas as partes estejam cientes de tudo aquilo que está acontecendo.

Colaboração

A colaboração dos demais funcionários da empresa também é necessária, visto que contar com as suas disponibilidade para que eles engajem e ofereçam material suficiente, viabiliza o cumprimento das ações.

Comprometimento por conta de um planejamento estratégico

Por fim, estar sempre disponível, entender todos os impactos que uma decisão pode causar e se responsabilizar pelos processos, também são atitudes imprescindíveis que mostram comprometimento, o que não pode faltar.

Importância de um planejamento estratégico

O plano estratégico tem como um dos seus principais objetivos servir de guia para as ações que serão realizadas para uma determinada empresa, durante um período de tempo. Além disso, esse processo também é muito importante para ajudar a empresa internamente, através da organização, utilização dos seus recursos e administrando ela de uma forma melhor.

E, como consequência dessas tarefas que são mudadas por conta desse plano estratégico, também se torna possível que, através dele, também seja possível identificar todos os problemas ou serviços que há na empresa, que não dão resultados positivos e melhorar eles, para que todos os esforços comecem a valer a pena e toda a empresa seja recompensada.

Sendo assim, sem um plano estratégico a empresa pode ficar perdida sem saber qual caminho deve ser seguido para conseguir se destacar ou ter bons resultados.

Conclusão sobre o planejamento estratégico

Após a leitura deste artigo, é possível perceber a grande importância que um plano estratégico tem para uma empresa. Visto que com ele, há um esforço organizacional contínuo para que os líderes, com uma leitura compartilhada da organização e do ambiente, consigam formular uma estratégia organizacional que estabeleça uma vantagem competitiva para que a empresa tenha ótimos resultados e consiga se destacar no mercado.

Se você achou este conteúdo interessante, não deixe de conferir outras pautas no blog do Genyo. Clique aqui para acessar o site e saber mais sobre as tecnologias presentes no mundo corporativo e sobre diversos outros serviços que podem ser super úteis para empresas de todos os tamanhos.

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog