Hard skills: veja o que são e qual é a diferença entre eles e soft skills

Clique aqui e saiba mais acerca das hard skills e qual a principal diferença entre elas e as soft skills. Vem com a gente! Veja mais neste artigo!
Sumário
hard skills

Os termos hard skills e soft skills têm sido muito utilizados ultimamente, principalmente entre aqueles que trabalham com a gestão de pessoas, que os aplicam tanto em processos seletivos como na elaboração e no desenvolvimento de equipes. Sendo assim, esses são conceitos que podem transformar a produtividade e a performance coletiva de todos os departamentos de uma empresa e trazer muitas outras vantagens para ela.

As hard skills ou competência técnicas são necessárias para exercer um cargo ou função, pois oferece habilidades através de estudos e experiências pessoais, os quais permitem que o profissional consiga ter um melhor desempenho e realizar as suas atividades com uma agilidade muito maior.

Então, ao longo deste artigo você verá mais informações acerca desses termos, alguns exemplos de hard skills e explicar um pouco sobre como eles podem impactar na sua empresa para que você possa ficar de olho nessas habilidades dentro do ambiente de trabalho. Acompanhe!

O que são as hard skills?

Hard skills são habilidades técnicas que os colaboradores conseguem adquirir por meio da sua vida acadêmica, as quais podem ser comprovadas através de diplomas, certificados de conclusão, testes práticos, entre outros. Atualmente, essas habilidades ficam descritas nos currículos, pois são competências que as empresas costumam prestar bastante atenção para analisar o perfil do candidato para realizar uma contratação.

Porém, hoje em dia, as pessoas estão valorizando cada vez mais os soft skills, mas claro que isso não significa que as hard skills estão sendo deixadas de lado, pois um candidato com boas hard skills relacionadas ao seu cargo ainda é algo essencial porque é algo que serve como uma prova de que ele tem conhecimentos o suficiente para exercer aquela função e conquistar aquela determinada vaga.

O que são as soft skills?

Já as soft skills são habilidades pessoais e intangíveis que um profissional possui que não pode ser comprovada nem por certificações nem por nenhum curso que ele tenha feito, e sim por uma entrevista, alguma dinâmica em grupo, um bate-papo ou pela convivência diária. Por conta disso, buscando identificar também essas habilidades das pessoas, atualmente, as empresas costumam utilizar dinâmicas e entrevistas na última etapa dos processos seletivos.

Isso porque, essas habilidades são mais difíceis de serem identificadas apenas em um primeiro momento, então, sabendo disso, as empresas entenderam que era preciso conhecer os candidatos além das suas apresentações em seus currículos, pois acreditavam que essas habilidades pessoais, que são as principais que as empresas procuram não estariam lá. Sendo assim, como alguns exemplos de soft skills temos a empatia, o espírito de jequice, liderança, a facilidade de comunicação, etc.

Qual a principal diferença entre as duas?

A principal diferença entre as hard skills e as soft skills, como foi dito acima, é a capacidade de comprovar as competências. Visto que na primeira isso é possível através do próprio currículo do profissional ou algum certificado, já nas soft skills essas competências só são perceptíveis após um conhecimento mais profundo através de testes comportamentais ou psicológicos ou até mesmo, coma a ajuda da inteligência artificial ou com a convivência diária, pois são formas de conhecer alguém mais a fundo.

Além disso, as hard skills são aquelas qualificações que muitas empresas buscam nos profissionais, por serem de fácil constatação. Porém, esses conhecimentos nem sempre demonstram que esse profissional entende melhor sobre determinada ferramenta ou tem um curso específico, por isso, as qualificações soft skills são consideradas as que mais conseguem determinar o aspecto emocional dos profissionais e o modo como eles reagem às situações. Por conta disso, antes de contratar um profissional, as empresas costumam fazer algumas atividades para conhecê-lo melhor antes de chamá-lo.

É possível desenvolver habilidades hard e soft skills?

Muitos acreditam que as competências das soft skills não podem ser adquiridas, mas essa é uma grande mentira. É perfeitamente possível que um profissional consiga desenvolver competências que podem acabar te ajudando no desenvolvimento da sua carreira e em atividades para desempenhar a sua função. Como exemplo, podemos citar algumas funções como proatividade, capacidade de resolução de conflitos e até mesmo um senso de liderança.

Isso porque, para que uma pessoa seja considerada completa profissionalmente é preciso que ela saiba aliar as suas competências pessoais com os seus conhecimentos técnicos para que possa continuar se desenvolvendo. E  uma boa empresa ou um bom empregador é aquele que busca identificar todos os pontos relevantes que um profissional tem, ou seja, tanto as suas competências hard skills como soft skills para que ele possa aproveitar e aperfeiçoar todas essas habilidades durante o percurso deles na empresa.

Quais os impactos e influências podem causar na empresa?

Desde os primeiros passos, como na publicação de uma vaga até o acompanhamento individual do profissional, a empresa é a responsável por conhecer, entender e administrar todas as habilidades hard skills e soft skills. Como exemplo, primeiramente uma empresa deve colocar todas as habilidades que serão precisas de forma clara na descrição para a vaga, como conhecimentos mais avançados, fluência em alguma língua ou saber sobre o Excel ou contabilidade.

Além disso, as habilidades de soft skills também devem estar descritas, como ser proativo, organizado, ser comunicativo, ter um perfil analítico, etc. Então, após isso será preciso que a empresa analise todos os dados e resultados recebidos para escolher aquele profissional que tenha todas as qualificações essenciais para ocupar o cargo.

Esse detalhamento de qualificações irá otimizar o processo para todos, pois aqueles que estiverem interessados pela vaga poderão rapidamente descobrir se possuem ou não todas as habilidades precisas para ocupar aquele cargo e, ao mesmo tempo, evitar que a empresa faça contratações mal feitas. Fora isso, a empresa também consegue escolher aqueles que possuem um perfil mais alinhado com os objetivos e metas da empresa.

Fazer uma boa escolha neste momento também faz com que o clima organizacional dentro do negócio seja adequado. Isso porque, a harmonia interna está ligada de forma direta à forma como as pessoas se tratam e tudo isso dá para se perceber em uma entrevista ou dinâmica antes de contratar um novo funcionário.

Por que os hard skills são importantes para o processo seletivo?

hard skills

Após entender um pouco mais acerca das hard skills e das soft skills, abaixo você verá a importância do primeiro dentro dos processos seletivos.

Para o mapeamento de hard skills em todas as posições dentro da empresa

Independente só setor e do tamanho da empresa é necessário que ela tenha um mapeamento, pois será através deles que será possível que os especialistas que fazem parte do RH consigam compreender quais são os hard skills e os soft skills que não podem faltar para aquele determinado cargo. Isso ajudará bastante, pois assim a empresa contratará alguém que tenha tudo aquilo que a empresa está a procura e ainda irá otimizar bastante tempo, porque servirá como um filtro em relação a todos os currículos que serão recebidos.

Para que a descrição da vaga seja mais objetiva e mais clara

Com um mapeamento eficiente pronto, será possível que a empresa crie uma descrição bem clara e objetiva daquilo que estão procurando em cada oportunidade que está em aberto. Com isso, menos pessoas enviarão seus currículos e os especialistas do RH terão meia facilidade quando for fazer a filtragem para escolher o candidato ideal para a vaga. Não se esqueça de reforçar a importância das principais hard skills que são necessárias para o cargo.

Para a entrevista

Testes em geral, como os que já foram citados aqui, são muito interessantes para avaliar as hard skills de cada pessoa que conseguiu chegar até essa etapa do processo seletivo. Por isso, você pode utilizar esses testes para que no momento da entrevista você possa aprofundar um pouco mais naquilo que você está procurando, como por exemplo se você estiver precisando de um editor de vídeo, você pode aproveitar esse momento para fazer um teste que desafie a capacidade do candidato. Com isso você verá se ele realmente tem todo o conhecimento que você espera e fará uma contratação com um aproveitamento muito melhor.

Além disso, a empresa também contará com outras vantagens como: processos seletivos mais rápidos,

redução de custos e uma maior retenção de talentos, visto que o trabalho do RH agregará na presença de profissionais e novos colaboradores que tenham tudo a ver com o perfil e a cultura organizacional da empresa.

Exemplos de hard skills

Ao longo do texto, já foi falado sobre alguns exemplos de hard skills, porém ainda existem muitas outras habilidades que também se encaixam e podem ser fundamentais para os profissionais em determinados setores. Abaixo você verá alguns dos principais expelimos de hard skills do mercado de trabalho:

  • Operação de máquinas, equipamentos e sistemas específicos;
  • Gestão de projetos;
  • Programação e linguagem de programação, como PHP e/ou CSS;
  • Oratória;
  • Gestão de pessoas;
  • Excel e outras ferramentas Office (como PowerPoint);
  • Habilidades de escrita;
  • Contabilidade;
  • Fluência em inglês ou outros idiomas estrangeiros;
  • Habilidades analíticas de dados;
  • Edição de imagens.

Separamos também algumas hard skills que são consideradas as habilidades do futuro e já estão sendo muito requisitadas hoje em dia, veja alguns exemplos:

  • Blockchain, que é um sistema utilizado para fazer com que as transações digitais sejam mais seguras e mais ágeis;
  • Computação em nuvem, que é uma ferramenta que consegue envolver a tecnologia necessária para termos sistemas de gestão on-line, acessarmos softwares corporativos à distância ou até mesmo conseguir armazenar dados sem necessitar de um servidor robusto e caríssimo;
  • Inteligência artificial é outro hard skill em constante necessidade do mercado. Afinal de contas, ela pode ser usada em qualquer setor (até mesmo para o uso no SAC de empresas);
  • Vendas também têm tudo a ver com as hard skills tanto as do presente como as do futuro. Porém, aqui há uma certa diferença, que são as técnicas que estão mais alinhadas tanto com o marketing digital como com a análise de dados digitais. Ou seja, a abordagem, a negociação e a experiência do consumidor também acabaram sendo transformadas com o advento de novas tecnologias e soluções on-line.

Principais benefícios que eles trazem para a empresa

Após ver quase tudo relacionado às hard skills, está na hora de ver quais são os aspectos positivos que uma empresa pode ter após implementar eles dentro da sua empresa.

Gestão de projetos

Com uma boa análise das hard skills os objetivos que são projetados pela empresa podem ser alcançados facilmente através de profissionais super qualificados para aquela vaga. Uma empresa com equipes qualificadas em todos os seus setores, como no de produtos, tecnologias e outras demais técnicas, fará com que os resultados obtidos sejam muito melhores além de serem atingidos de forma muito mais rápida.

Clima organizacional

Um dos principais benefícios que os hard skills trazem para uma empresa é um clima organizacional mais adequado e eficiente dentro dela, pois a escolha de pessoas mais capacitadas e motivadas, têm um maior desempenho e produzem muito mais. Ou seja, quando essas hard skills são trabalhadas de forma mais intensa internamente, elas acabam servindo como um combustível que auxilia na satisfação, tanto do próprio trabalhador, como da empresa e dos clientes.

Desenvolvimento pessoal

Com as hard skills mais desenvolvidas no cotidiano, o trabalho fluirá de uma forma muito melhor e as pessoas capacitadas irão preferir ficar na empresa, fazer uma carreira internamente e tentar fazer de tudo para devolver todo esse desenvolvimento profissional através de bons resultados. Sendo assim, se torna uma situação onde todos saem ganhando.

Conclusão

Por fim, torna-se possível ressaltar que as habilidades hard skills e soft skills são de grande importância tanto para as empresas quanto para os próprios profissionais. Porém, é preciso que se tenha um equilíbrio entre elas. Ou seja, os colaboradores se motivam a buscar competências que não possuem para tentar agregar na empresa e a companhia, através de um detalhamento de qualificações passa a contar com uma equipe multidisciplinar, eficiente, comprometida e equilibrada.

E, caso você tenha achado este conteúdo interessante, não deixe de conferir diversas outras pautas no blog do Genyo. Clique aqui e acesse o site para saber mais sobre as novas tecnologias, que atualmente, estão presentes no mundo corporativo e quais são as principais vantagens que elas podem trazer para empresas de todos os tamanhos e segmentos.

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

Compartilhe este artigo

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog