Coordenador: Funções e responsabilidades para as áreas de RH e DP

Descubra as principais funções e responsabilidades de um coordenador de RH e DP nas empresas. Confira também quanto eles ganham! Veja mais neste artigo!
Sumário
coordenador

O coordenador desempenha um papel fundamental na gestão de pessoas de uma empresa, pois ele é a figura que garante a eficácia dos processos com o objetivo de alcançar as metas preestabelecidas pela organização.

Ele é o responsável por gerir a equipe de colaboradores, promover um ambiente de trabalho saudável e produtivo, além de assegurar que as políticas e os processos da empresa estejam em conformidade com as leis e regulamentações trabalhistas.

Sendo assim, quais são as principais atribuições deste profissional no contexto do RH e do DP? Para conferir mais detalhes sobre esse cargo tão importante, continue lendo!

O que é um coordenador?

Um coordenador é a pessoa que lidera e gerencia um grupo de pessoas ou determinados projetos, geralmente em uma empresa. Esse profissional é responsável por coordenar e gerenciar atividades e colaboradores para atingir objetivos específicos.

Quem tem esse cargo é a figura-chave que garante a eficácia dos processos em uma organização, com o objetivo de alcançar as metas preestabelecidas.

Suas responsabilidades passam por gerir a equipe de colaboradores, promover um ambiente de trabalho saudável e produtivo, além de assegurar que as políticas e os processos da empresa estejam em conformidade com as leis e regulamentações trabalhistas.

Quem é o Coordenador de Recursos Humanos (RH)?

O coordenador de RH é o profissional que gere a equipe de recursos humanos de uma organização.

Ele garante que todas as atividades relacionadas a este departamento sejam executadas de forma eficiente.

Para isso, quem coordena RH trabalha em estreita colaboração com outros membros da equipe de liderança da empresa, assegurando que as metas da organização sejam alcançadas.

O que faz um coordenador de RH?

O coordenador de recursos humanos atua como uma ponte entre a gestão e a execução, garantindo alinhamento e coesão estratégica no dia a dia operacional.

Ele desenvolve talentos, focando não só no crescimento dos colaboradores, mas também capacitando sua equipe direta de analistas para formar futuros líderes.

Além disso, é responsável por mediar conflitos, utilizando habilidades de comunicação e empatia para resolver questões antes que se tornem críticas.

Importância do coordenador de RH nas empresas

coordenador de RH é o agente da mudança, implementando novas iniciativas e políticas no contexto de um ambiente empresarial em constante evolução.

Ele tem uma visão holística da organização, interagindo com vários níveis hierárquicos e departamentos para entender as necessidades da equipe.

Promove a cultura organizacional diariamente, garantindo que reflete as políticas e práticas estabelecidas pelos gestores e diretores.

Da mesma forma, incentiva a inovação e melhoria contínua, motivando sua equipe a otimizar processos e implementar novas ferramentas no departamento de RH.

Principais funções de um coordenador de RH

O coordenador de RH precisa garantir que a empresa tenha os recursos humanos adequados e que esses recursos estejam sendo utilizados de maneira eficaz. Por este motivo, esse profissional tem muitas atribuições.

Algumas das principais funções dos coordenadores de RH incluem:

  • Supervisionar e orientar a equipe de analistas de RH em suas atividades diárias, resolvendo dúvidas e preocupações.
  • Estar envolvido no planejamento estratégico, determinando prioridades, metas e diretrizes para a equipe e as atividades de RH.
  • Interagir frequentemente com a gerência e a liderança, reportando progressos, desafios e necessidades do departamento.
  • Ser responsável pela capacitação contínua da equipe, identificando necessidades de treinamento e fornecendo oportunidades de desenvolvimento.
  • Ter a autoridade para tomar decisões mais amplas sobre processos, práticas e direcionamentos dentro do RH.
  • Atuar como mediador em conflitos ou questões mais complexas que surjam na equipe ou entre departamentos.

Similarmente, os coordenadores de RH também precisam estar atento a aspectos como contratação, remuneração, benefícios e conformidade legal.

Dessa forma, ele garante que a empresa tenha uma força de trabalho qualificada e engajada, alinhada com os objetivos organizacionais.

Quem é o Coordenador de Departamento Pessoal (DP)

O departamento pessoal é responsável pelos cuidados com toda a burocracia correspondente ao funcionário quanto à sua chegada, seu vínculo enquanto empregado e seu desligamento para garantir o processo demissional e o pagamento rescisório correto, independentemente do responsável por esta decisão.

Sendo assim, os coordenadores de departamento pessoal são os profissionais responsáveis por gerir essa equipe, definir estratégias e implementar processos dentro desse setor fundamental para as empresas.

O que faz um coordenador de DP?

As responsabilidades e atribuições do coordenador de departamento pessoal variam de organização para organização, mas geralmente seguem uma estrutura comum que inclui cargos como Auxiliar de DP, Assistente de DP, Analista de DP, Coordenador de DP e Gerente de DP.

Entre as principais atribuições do chefe de DP estão a gestão da equipe, a definição de estratégias para o departamento e a implementação de processos eficientes, como a manutenção de registros de empregados, o cumprimento de requisitos legais e o pagamento de salários.

Diferença entre coordenador de RH e coordenador de DP

Embora o departamento pessoal e o departamento de recursos humanos tenham relação entre si, existem diferenças fundamentais entre suas atribuições.

Enquanto o RH foca na gestão de pessoas, motivação, treinamento e produtividade, o DP opera processos burocráticos ligados à admissão, folha de pagamento, demissão e questões legais.

Portanto, o chefe de DP é responsável por gerenciar essas tarefas administrativas e operacionais, enquanto o coordenador de RH lidera a estratégia de gestão de pessoas na organização.

Rotinas e processos do Departamento Pessoal

O departamento pessoal (DP), como você já sabe, desempenha um papel essencial em qualquer organização, cuidando de uma ampla gama de rotinas e processos relacionados aos colaboradores.

Desde a admissão e demissão de funcionários até a gestão da folha de pagamento e benefícios, o DP é responsável por diversos procedimentos burocráticos e operacionais. Veja abaixo alguns exemplos:

Admissão e demissão de colaboradores

As atividades do departamento pessoal envolvem processos variados como admissões, cálculos salariais, gestão de benefícios, registro de ponto, pagamento de 13º salário e rescisões.

Essa dinâmica requer que o DP esteja sempre atento à legislação trabalhista para garantir o cumprimento das obrigações, como a entrega de documentos como o Caged, acordos de compensação, recibos de salário, recibos de férias e atestados médicos.

Gestão de folha de pagamento e benefícios

Além das contratações e desligamentos, o DP também é responsável por manter a organização da folha de pagamento e o controle de benefícios dos colaboradores.

Isso envolve tarefas como registrar data de admissão, licenças, faltas, agendamento de férias, salários e alterações salariais de cada funcionário.

A gestão de folha de pagamento e benefícios é uma prática instrumental para garantir a satisfação e retenção dos colaboradores.

Nesse sentido, a adoção de soluções tecnológicas pode contribuir para aumentar a eficiência do DP, como a utilização de sistemas de ponto eletrônico e ferramentas de controle de horas extras.

Quais são as competências essenciais de um coordenador?

Para que um coordenador de recursos humanos (RH) ou departamento pessoal (DP) possa desempenhar suas funções com excelência, é necessário que ele possua um conjunto de competências técnicas e comportamentais fundamentais.

Estas habilidades são cruciais para que este profissional possa gerenciar sua equipe, liderar projetos e garantir o alcance dos objetivos organizacionais. São elas:

Habilidades técnicas

Um coordenador de RH precisa dominar habilidades técnicas específicas da sua área de atuação, como conhecimento da legislação trabalhista, gestão de folha de pagamento, administração de benefícios, recrutamento e seleção de pessoal, gestão de desempenho e desenvolvimento de equipes.

Do mesmo modo, o profissional deve estar atualizado com as tendências e melhores práticas em recursos humanos.

Outra habilidade técnica essencial é a capacidade de utilizar softwares e sistemas de gestão empresarial, que podem facilitar e otimizar diversos processos realizados pelo coordenador de RH, como a automatização de tarefas e o gerenciamento de informações da equipe.

Habilidades comportamentais

Além das competências técnicas, um coordenador de RH precisa desenvolver habilidades comportamentais fundamentais para o exercício da sua função, como liderança, comunicação, resolução de problemas e tomada de decisão.

Essas habilidades permitem que o profissional gerencie sua equipe de forma eficaz, promova um ambiente de trabalho saudável e produtivo, e tome decisões assertivas alinhadas com os objetivos da organização.

Outras características importantes são a flexibilidade e a capacidade de adaptação, pois o coordenador precisa lidar com diferentes situações e desafios constantemente.

A organização e o gerenciamento de tempo também são essenciais para que este profissional consiga cumprir com suas diversas responsabilidades de forma eficiente.

Quanto ganha um coordenador de RH ou DP?

O salário de um coordenador de recursos humanos ou de departamento pessoal (DP) pode variar bastante, dependendo de diversos fatores, como a região onde a empresa está localizada, o tamanho e setor da empresa, a experiência do profissional e sua formação acadêmica.

De acordo com os dados da indústria, o salário de um coordenador no Brasil pode variar entre R$ 5.000 e R$ 30.000, com remuneração média de R$ 7.000.

Alguns outros dados sobre a remuneração de coordenadores no país:

  • Um coordenador sênior apresenta uma remuneração variável de R$ 22.557, podendo variar entre R$ 15.000 e R$ 39.099.
  • A remuneração variável de um coordenador pedagógico em São Paulo é de R$ 4.669, variando entre R$ 920 e R$ 7.800.
  • A remuneração de um coordenador pedagógico em uma CEI Desenvolvimento Infantil varia entre R$ 3.000 a R$ 5.000 por mês.
  • A média salarial de um coordenador concursado no Brasil está entre R$ 2.456,89 e R$ 7.717,72.

Além disso, é importante considerar o salário médio de outras funções relacionadas, como supervisor de área (R$ 3.258,00), líder de setor (média de R$ 2.138,00), encarregado geral (R$ 2.286,00) e auxiliar de coordenação (média de R$ 1.477,00).

Em resumo, a remuneração de um coordenador pode variar significativamente, dependendo de diversos fatores, como a região, o setor de atuação, a experiência e a formação do profissional.

Como se tornar coordenador de RH ou DP

Para se tornar um coordenador de recursos humanos ou coordenador de departamento pessoal, geralmente é necessário ter uma combinação de formação acadêmica e experiência profissional.

A formação acadêmica indicada para se tornar um coordenador de RH ou coordenador de DP pode incluir cursos de graduação em recursos humanos, administração de empresas, psicologia ou áreas afins.

Na mesma perspectiva, especializações, MBA e pós-graduações na área de gestão de pessoas também são valorizados.

Além da formação acadêmica, é importante ter experiência profissional na área de recursos humanos ou departamento pessoal.

Iniciar a carreira como analista, assistente ou especialista nessas áreas e progredir gradativamente até cargos de coordenação é uma trajetória comum.

Como citamos anteriormente, habilidades interpessoais desenvolvidas, como liderança, comunicação eficaz e gestão de conflitos, também são essenciais para o sucesso na função de coordenador de RH ou coordenador de DP.

Tendências para o futuro dos coordenadores

À medida que o mercado de trabalho e as organizações evoluem, novas demandas e tendências surgem também para a profissão de coordenador, tanto no Recursos Humanos (RH) quanto no Departamento Pessoal (DP).

De acordo com uma pesquisa da KPMG com 1200 executivos de RH, 67% dos que acreditam no papel estratégico do setor estão mais inclinados a investir em transformação digital, em comparação com 48% de outros grupos.

Outro aspecto relevante é a crescente demanda por flexibilidade e equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

Um estudo da PwC com 186.529 funcionários da geração millennial mostra que 66% desejam maior flexibilidade de horários e 62% gostariam de trabalhar em casa eventualmente.

Essa tendência de trabalho híbrido e remoto deverá se fortalecer nos próximos anos, exigindo dos coordenadores habilidades para gerenciar equipes e processos de forma eficiente, independentemente da localização física.

Outra tendência relevante é a crescente importância da análise de dados e da tomada de decisões baseada em informações.

De acordo com a consultoria PwC, apenas 39% das empresas baseiam-se fortemente em dados para fundamentar suas decisões, enquanto 53% fazem isso apenas parcialmente.

Isso significa que os coordenadores precisarão desenvolver habilidades em business intelligence e em transformar dados em insights estratégicos para melhorar a eficácia da gestão de pessoas.

Nesse contexto, espera-se que o futuro da profissão de coordenador envolva uma visão mais social do RH, com o uso de ferramentas colaborativas e a integração entre áreas, além da necessidade de agregar habilidades de marketing e análise de dados para criar ofertas e ações customizadas para os colaboradores.

A transparência nas relações entre organização e colaboradores também deverá aumentar, visando a motivação mútua e o engajamento.

Métricas e indicadores-chave para coordenadores

Para que os coordenadores de RH e DP possam monitorar e avaliar seu desempenho de forma eficaz, é essencial que eles acompanhem métricas e indicadores-chave relacionados às suas principais atribuições.

O indicador de lucratividade, calculado dividindo o lucro líquido pela receita total da empresa em um determinado período, é fundamental para avaliar a rentabilidade do negócio.

Já o indicador de produtividade, obtido pela divisão da quantidade de produtos ou serviços produzidos pela quantidade de recursos utilizados, permite analisar a eficiência operacional.

Além disso, o indicador de qualidade mede as não-conformidades na entrega de demandas, produtos ou serviços, similar ao Net Promoter Score (NPS) que avalia a satisfação dos clientes.

O indicador de estratégia, por sua vez, auxilia a empresa a revisar o planejamento geral, verificando se as ações planejadas estão sendo cumpridas conforme o esperado.

FAQ

O que é um coordenador e quais são suas principais responsabilidades?

Os coordenadores são as pessoa que lideram e gerenciam um grupo de pessoas ou determinados projetos, geralmente em uma empresa. Esse profissional é responsável por coordenar e gerenciar atividades e colaboradores para atingir objetivos específicos.

Quais são as funções e atribuições do coordenador de Recursos Humanos (RH)?

Os coordenadores de RH são os profissionais que gerem a equipe de recursos humanos de uma organização. Eles garantem que todas as atividades relacionadas a este departamento sejam executadas de forma eficiente

Quais são as atribuições e responsabilidades do coordenador de Departamento Pessoal (DP)?

O departamento pessoal é responsável pelos cuidados com toda a burocracia correspondente ao funcionário quanto à sua chegada, seu vínculo enquanto empregado e seu desligamento para garantir o processo demissional e o pagamento rescisório correto.

Quais são as competências essenciais de um coordenador?

Os coordenadores de RH ou DP precisam contar com algumas competências essenciais para que possam realizar suas funções com competência. Algumas habilidades técnicas necessárias incluem conhecimento da legislação trabalhista, gestão de pessoas e de processos.

Quanto ganha um coordenador de RH ou DP?

O salário dos coordenadores de recursos humanos ou de departamento pessoal pode variar dependendo de diversos fatores, como a região onde a empresa está localizada, o tamanho e setor da empresa, a experiência do profissional e sua formação acadêmica.

Como se tornar um coordenador de RH ou DP?

Para se coordenar recursos humanos ou de departamento pessoal, geralmente é necessário ter uma combinação de formação acadêmica, como cursos de graduação ou pós-graduação na área de RH ou Administração, e experiência profissional prévia em cargos relacionados.

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

Compartilhe este artigo

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog