Coworking e mais 7 tendências para o futuro do trabalho

Descubra como o coworking está moldando o futuro do trabalho e conheça as 7 tendências que transformarão sua maneira de trabalhar. Veja mais neste artigo!
Sumário
coworking

As relações de trabalho estão passando por profundas transformações devido à revolução digital e suas inovações. O coworking é uma das principais tendências para o futuro do mercado de trabalho.

Cada vez mais profissionais estão optando por espaços compartilhados de coworking, onde podem interagir com diferentes pessoas e trabalhar em diversos locais.

De acordo com dados de empresas especializadas, existem atualmente mais de 370 espaços de coworking espalhados pelo Brasil.

O coworking é apenas uma entre as várias tendências para o futuro do trabalho, em uma sociedade cada vez mais globalizada e digital! Abaixo, você pode conferir os principais detalhes sobre essas tendências!

O que é Coworking?

Coworking é um modelo de trabalho que envolve compartilhamento de espaço de trabalho, onde profissionais independentes, freelancers, empreendedores e empresas compartilham um ambiente de escritório.

Em espaços de coworking, os membros têm acesso a uma variedade de comodidades, como mesas de trabalho, salas de reunião, conexão de internet de alta velocidade, impressoras, áreas de descanso e muitos outros recursos, geralmente mediante o pagamento de uma taxa de adesão ou de uso.

O conceito de coworking visa criar um ambiente colaborativo e comunitário, onde indivíduos de diferentes áreas de atuação podem interagir, trocar ideias, colaborar em projetos e se beneficiar das sinergias criadas pela diversidade de experiências e habilidades presentes no espaço.

Além disso, os espaços de coworking oferecem flexibilidade de horários e de uso do espaço, permitindo que os membros trabalhem de acordo com suas próprias necessidades e preferências.

Os espaços de coworking podem ser encontrados em diferentes localidades, como centros urbanos, áreas empresariais, bairros criativos e até mesmo em zonas rurais, proporcionando uma alternativa aos escritórios tradicionais e um ambiente inspirador para o trabalho independente e colaborativo.

Adeus, escritório! Olá, coworking

A figura do funcionário que passa a maior parte do dia em um prédio corporativo está desaparecendo aos poucos. Cada vez mais profissionais estão optando por trabalhar de forma autônoma ou em várias empresas ao mesmo tempo.

Isso tem impulsionado o crescimento dos espaços de coworking, onde diferentes profissionais compartilham um mesmo ambiente de trabalho. No Brasil, São Paulo é uma das cidades que mais oferecem opções de coworking no Brasil.

Nesse mesmo cenário, o trabalho remoto está se tornando cada vez mais popular, permitindo que os profissionais tenham mais flexibilidade e liberdade em suas atividades.

Os espaços de coworking, como citamos anteriormente, são ambientes colaborativos que oferecem diversas vantagens para quem adota o trabalho remoto.

Entre as vantagens do coworking, além de evitar o isolamento social que pode ocorrer ao trabalhar em casa, os espaços desse tipo proporcionam uma atmosfera mais produtiva, onde é possível interagir e trocar experiências com profissionais de diferentes áreas. Essa interação estimula a criatividade e possibilita novas oportunidades de colaboração.

Fim da verticalização: O que é trabalho horizontal?

Com a popularização do coworking e dos modelos de serviço híbridos e remotos, a ideia de hierarquia no trabalho está se tornando obsoleta. Sob o mesmo ponto de vista, a modalidade de trabalho horizontal, baseada em redes e colaboração, vem ganhando espaço.

Nesse cenário, a evolução do profissional dentro da empresa será determinada pelo seu desempenho dentro do seu escopo de trabalho, e não por uma estrutura hierárquica. Confira mais detalhes abaixo:

Trabalho em rede

O fim da verticalização no ambiente de trabalho está relacionado com a adoção de um modelo horizontal de trabalho. Nesse modelo, as equipes colaboram de forma transparente e interconectada, sem a rigidez das estruturas hierárquicas tradicionais.

Essa abordagem promove a troca de conhecimentos e a participação igualitária de todos os membros da equipe, independentemente do cargo ou posição hierárquica.

Colaboração e comunicação

No modelo horizontal de trabalho, a colaboração e a comunicação são fundamentais. Ao invés de decisões serem tomadas unilateralmente por superiores hierárquicos, as equipes são incentivadas a participar ativamente no processo de tomada de decisão.

Isso promove um ambiente de trabalho mais democrático e estimula a participação e o comprometimento dos colaboradores.

Envolvimento e engajamento dos colaboradores

A horizontalização do trabalho também contribui para o envolvimento e o engajamento dos colaboradores. Quando os profissionais têm voz ativa e são reconhecidos por suas contribuições, eles se sentem valorizados e motivados a trabalhar com mais dedicação.

O senso de pertencimento fortalece o espírito de equipe e a colaboração entre os membros da organização, o que traz benefícios tanto para os funcionários quanto para as empresas.

Auto-gerenciamento e autonomia

No modelo horizontal de trabalho, os profissionais são encorajados a se auto-gerenciar e assumir responsabilidades pelo seu trabalho.

Em termos mais práticos, cada colaborador tem mais autonomia para tomar decisões e desenvolver suas próprias estratégias de trabalho. A autonomia, é claro, promove a inovação, a criatividade e a busca por soluções mais eficientes.

Resultados baseados em competências

A verticalização no ambiente de trabalho era baseada na hierarquia e no tempo de serviço. Por outro lado, no modelo horizontal, os resultados são baseados nas competências e no desempenho de cada profissional.

Tendências para o futuro do trabalho: Automação

Em um mercado de trabalho que passa por mudanças constantes, a automação se estabelece como uma tendência cada vez mais forte.

Com isso, estima-se que cerca de 50% dos empregos atuais possam deixar de existir até 2030. Diante desse cenário, surge a necessidade de criar novas profissões que demandem habilidades únicas dos seres humanos, impulsionando a inovação no mercado de trabalho.

Enquanto as máquinas têm a capacidade de realizar tarefas repetitivas, são os seres humanos que possuem a habilidade de resolver problemas complexos e exercer a criatividade. Esses “poderes” únicos se tornam cada vez mais valiosas em um mundo cada vez mais automatizado.

Com o futuro das profissões sendo moldado pela automação e inovação, é importante destacar a importância de investir em áreas que requerem o toque humano. 

Profissões como designers, profissionais de marketing criativo, desenvolvedores de inteligência artificial e gerentes de inovação estão em alta demanda em um mercado de trabalho em constante evolução.

Versatilidade e solução de problemas

Em um futuro do trabalho marcado pela automação e pela substituição de humanos por robôs e algoritmos de Inteligência Artificial, a importância da resolução de problemas será fundamental para o sucesso profissional.

Afinal, enquanto as máquinas estão se tornando cada vez mais capazes de lidar com tarefas repetitivas e processuais, as habilidades humanas de solucionar problemas complexos e inovar ganham destaque.

As empresas estão valorizando profissionais que possuem a capacidade de enfrentar desafios e encontrar soluções criativas para questões das mais diversas temáticas.

No setor de RH, os recrutadores buscam profissionais que não apenas possuam conhecimentos técnicos, mas também sejam capazes de analisar situações complexas, identificar oportunidades e propor soluções inovadoras.

Ao desenvolver habilidades de resolução de problemas, a melhor alternativa é cultivar uma mentalidade aberta, curiosa e resiliente. A capacidade de lidar com o desconhecido, adaptar-se a mudanças e encontrar soluções criativas são características cada vez mais reconhecidas no mercado de trabalho.

Como as habilidades humanas são essenciais na resolução de problemas?

Habilidade Descrição
Criatividade A capacidade de pensar de forma original e encontrar soluções inovadoras para problemas complexos.
Senso crítico A habilidade de analisar informações de forma objetiva, questionar premissas e tomar decisões embasadas.
Colaboração A capacidade de trabalhar em equipe, compartilhar conhecimentos e ideias, e buscar soluções de forma conjunta.

Transmissão do propósito nas empresas

A importância da transmissão de propósito no trabalho é inegável, figurando também como uma das tendências mais importantes para o ambiente profissional do futuro.

Quando uma organização possui um propósito claro e bem definido, não apenas orienta as ações e decisões da empresa, mas também engaja e motiva a equipe. Os profissionais buscam trabalhar em empresas que tenham um propósito que acreditem e que esteja alinhado com seus próprios valores.

Por isso, os líderes devem ter a capacidade de transmitir o propósito do negócio para a equipe. Essa transmissão deve ser feita de forma clara, autêntica e inspiradora, de modo a gerar um senso de propósito compartilhado entre todos os membros da equipe.

Quando os profissionais entendem o propósito da organização e seu papel na busca desse propósito, eles se sentem mais motivados e engajados em seu trabalho.

Além disso, compreendem que estão contribuindo para algo maior do que apenas a realização de tarefas diárias, o que gera um senso de significado e satisfação no trabalho, resultando em um melhor desempenho e produtividade.

A transmissão do propósito do negócio também cria um ambiente de trabalho mais positivo e colaborativo. Quando todos estão alinhados em relação ao propósito, fica mais fácil trabalhar em equipe, superar desafios e alcançar objetivos em comum.

Diversidade deve marcar o futuro das empresas

As empresas estão cada vez mais apostando na diversidade para impulsionar o crescimento e a inovação. Nesse sentido, é fundamental que as equipes de trabalho sejam compostas por pessoas de diferentes idades, raças, gêneros, religiões e ideologias.

A diversidade traz uma série de benefícios para as empresas. Primeiramente, ela promove o aprendizado e o desenvolvimento de habilidades de relacionamento entre os colaboradores.

Ao interagir com pessoas que têm visões de mundo diferentes, é possível ampliar a própria perspectiva e adquirir novos conhecimentos.

Do mesmo modo, a diversidade também traz diferentes pontos de vista para a empresa, o que pode gerar insights valiosos e impulsionar a inovação. Por meio da escolha de profissionais com experiências de vida e formações diversas, as empresas têm a possibilidade de encontrar soluções criativas e eficientes para os desafios do dia a dia.

Outro aspecto importante da diversidade é a representatividade. Quando as equipes são compostas por pessoas de diferentes origens e características, os colaboradores se sentem mais incluídos e representados, o que resulta em um ambiente de trabalho mais respeitoso e inclusivo.

Portanto, investir na diversidade é essencial para as empresas que desejam se destacar no mercado atual. Além de promover o aprendizado e o desenvolvimento de habilidades de relacionamento, a diversidade traz diferentes perspectivas, impulsiona a inovação e muito mais.

Características de um bom espaço de coworking

Os espaços de coworking estão se tornando cada vez mais adaptáveis e flexíveis. Espaços flexíveis de coworking oferecem ambientes compartilhados onde profissionais de diferentes áreas podem interagir e colaborar.

Uma das características que tornam esses espaços tão atraentes é a possibilidade de criar ambientes personalizados de acordo com as necessidades dos usuários.

As paredes móveis e móveis multiuso são elementos-chave que permitem a criação de ambientes compartilhados que podem ser facilmente ajustados e reconfigurados. Essa flexibilidade proporciona uma experiência de trabalho dinâmica e adaptável, incentivando o trabalho colaborativo e a troca de ideias.

A capacidade de ajustar o layout do espaço de acordo com as atividades e eventos que acontecem no local é uma vantagem significativa.

Esses ambientes modulares podem ser adaptados para atender às necessidades de pequenas reuniões, sessões de brainstorming, palestras ou workshops, oferecendo um espaço versátil para uma ampla gama de atividades profissionais.

Coworking verde e sustentável

A preocupação com o meio ambiente e a sustentabilidade está se tornando uma tendência nos espaços de coworking. Cada vez mais, esses locais estão adotando práticas sustentáveis para reduzir seu impacto ambiental e criar um ambiente saudável para os profissionais que utilizam esses espaços.

Uma das formas de promover a sustentabilidade nos espaços de coworking é através da construção ecologicamente correta. Utilizar materiais sustentáveis na construção dos espaços e adotar práticas de energia renovável, como painéis solares, são medidas cada vez mais comuns.

Similarmente, muitos espaços de coworking estão incorporando elementos naturais, como hortas urbanas e telhados verdes, em seus ambientes.

Essas iniciativas não apenas contribuem para a redução da pegada ecológica, mas também criam uma atmosfera mais agradável e promovem o bem-estar dos profissionais que utilizam o espaço.

A sustentabilidade nos espaços de coworking não se limita apenas à infraestrutura física. Muitos espaços estão incentivando práticas sustentáveis entre seus membros, como o uso consciente dos recursos, a reciclagem e a redução do consumo de plástico.

7 tendências para o futuro do trabalho

Agora que você já conhece as principais características dos espaços de Coworking, é hora de conferir mais 7 tendências inegáveis para o futuro do trabalho. Prepare-se para uma verdadeira revolução no ambiente produtivo e no desenvolvimento da sua carreira!

  • Trabalho remoto e híbrido: Com o avanço da tecnologia e a pandemia global, o trabalho remoto tornou-se mais comum do que nunca. A tendência para o futuro é uma abordagem híbrida, onde os profissionais têm a flexibilidade de trabalhar em casa, no escritório ou em qualquer lugar que seja mais conveniente e produtivo para eles.
  • Colaboração virtual: Com equipes distribuídas geograficamente, a colaboração virtual se tornará ainda mais importante. Ferramentas de comunicação e colaboração online, como videoconferências, chats e plataformas de compartilhamento de documentos, continuarão a desempenhar um papel fundamental na conectividade e na eficácia das equipes.
  • Trabalho flexível e horários alternativos: Com a crescente demanda por flexibilidade no trabalho, espera-se que o modelo tradicional de trabalho das 9h às 17h seja substituído por horários alternativos e arranjos de trabalho mais flexíveis.
  • Economia sob demanda: A economia sob demanda, onde profissionais são contratados por projetos específicos ou tarefas pontuais, continuará a crescer. Isso proporciona mais flexibilidade tanto para os trabalhadores quanto para as empresas, permitindo que se adaptem rapidamente às mudanças nas demandas do mercado.
  • Desenvolvimento contínuo de habilidades: Com a rápida evolução das tecnologias e das práticas de trabalho, o desenvolvimento contínuo de habilidades será essencial para os profissionais permanecerem relevantes e competitivos. A aprendizagem ao longo da vida será uma necessidade, e as empresas devem investir em programas de capacitação e treinamento para seus colaboradores.
  • Bem-estar e equilíbrio: A saúde mental e o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal serão prioridades cada vez maiores para os profissionais e as organizações. Estratégias de apoio ao bem-estar, como flexibilidade de horários, programas de apoio emocional e incentivo ao autocuidado, serão essenciais para promover um ambiente de trabalho saudável e produtivo.
  • Economia Circular e Sustentabilidade: À medida que a consciência ambiental continua a crescer, espera-se que mais empresas adotem práticas de negócios sustentáveis e se comprometam com a economia circular. Isso envolve a redução do desperdício, a reutilização de recursos e a adoção de modelos de negócios que minimizem o impacto ambiental.

FAQ

O que é coworking?

Coworking é um modelo de trabalho baseado em espaços compartilhados, onde profissionais de diferentes áreas e empresas trabalham juntos em um mesmo ambiente.

Quais são as vantagens do coworking?

O coworking oferece diversas vantagens, como a possibilidade de networking e interação com profissionais de diferentes áreas, flexibilidade no horário e no local de trabalho, redução de custos operacionais e acesso a infraestrutura e serviços compartilhados.

Como funciona o coworking?

No coworking, os profissionais alugam espaços de trabalho compartilhados e podem utilizar os recursos disponíveis, como mesas, cadeiras, internet, salas de reunião, entre outros. Cada pessoa ou empresa paga apenas pelo espaço que utiliza.

Quais são os benefícios do coworking?

Entre os principais benefícios do coworking estão a flexibilidade, o networking, a redução de custos, a colaboração e a possibilidade de trabalhar em um ambiente inspirador e motivador.

Quais são as tendências de coworking para o futuro?

As tendências de coworking para o futuro incluem espaços mais adaptáveis e flexíveis, preocupações com o meio ambiente e a sustentabilidade, uso de tecnologia avançada, como IoT e inteligência artificial, e maior diversidade nos espaços de trabalho.

Como o coworking está mudando o mercado de trabalho?

O coworking está promovendo uma mudança no mercado de trabalho, tornando-o mais flexível, colaborativo e horizontal. O modelo está substituindo a tradicional estrutura hierárquica e estimulando o crescimento do trabalho autônomo e em múltiplas empresas.

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.