Qual a diferença entre líder e chefe? Veja as características entre essas duas posições e aprenda como exercer a liderança!

Você conhece a diferença entre líder e chefe em uma organização? Saiba identificar o que é cada posição e qual deles é o melhor para gerenciar! Veja mais neste artigo!
Sumário
diferença entre líder e chefe

É comum nas empresas o patrão ou gestor ser dito como o chefe ou líder dos funcionários. Mas será que realmente existe alguma diferença entre líder e chefe?

Essas duas palavras utilizadas de maneira semelhante possuem uma grande disparidade em seu significado, trazendo uma visão diferente para o gestor de uma empresa, grupo ou setor. Confira abaixo o seu real significado e veja se você é um líder ou um chefe!

Qual a definição dessas palavras?

Para entender a diferença entre líder e chefe, inicialmente é preciso saber o real significado de cada palavra.

Líder

Segundo o dicionário, o líder é aquela pessoa de que alguma maneira consegue influenciar o comportamento e decisões de outra, afetando a sua maneira de pensar. Ele é como um porta-voz e representante dos demais.

Um líder representa certo domínio de um local/grupo, ocupando o primeiro lugar de destaque e dirigindo os demais.

Dessa forma, na visão do líder, as competências profissionais devem ser gerenciadas com base nas necessidades de cada profissional e da empresa. Presando pela democracia e abertura de diálogo para a exposição de outros pontos de vista.

Chefe

De maneira contrária, o chefe é a pessoa que comanda e governa, detendo o poder de tomar as decisões e delegando serviços. Ele é o dirigente da organização e, portanto, chefe dos demais. É a palavra próxima ao sentido de patrão (proprietário ou dono de um negócio).

A posição de chefe possui sua importância para garantir o funcionamento e cumprimento de tarefas, mantendo a harmonia e fluxo de processos. O foco do chefe são os resultados e o alcance das metas.

Principais características do líder

Primeiramente, é preciso entender que todo chefe pode sim ser um líder, no entanto um líder dificilmente será considerado um chefe. Isso porque as características do líder são diferentes das características de um chefe.

Enquanto o líder ocupa uma posição de destaque devido a sua experiência, conhecimento, ou desejo dos demais, o chefe é muitas vezes indicado por uma figura importante, dono de um negócio ou possui parentesco com o antigo dono, estando, em alguns casos, despreparado para ocupar tal posição.

Assim, é o líder quem utiliza de seu conhecimento para a tomada de decisões, optando sempre pelo diálogo com os demais funcionários e respeitando a visão deles. Essa é uma grande diferença entre líder e chefe.

Em relação à motivação dos colaboradores, o líder sabe que é essencial motivar toda a equipe para a obtenção de resultados, pois, quanto mais motivado e engajado estiver o profissional, melhor será a sua satisfação e produtividade.

Quem ocupa a liderança geralmente também conquista o respeito e a admiração dos colaboradores, estando aberto para melhorias e dialogo, exercitando e recebendo feedbacks com constância.

Por fim, um líder tem a capacidade de identificar pontos fortes e fracos dos trabalhadores, delegando tarefas de acordo com o perfil profissional de cada um deles, também abrindo espaço para o crescimento profissional e aperfeiçoamento de habilidades. Portanto, a gestão de talentos é uma atividade essencial em todo líder!

Dentre as suas principais características podemos destacar:

  • Reconhecimento das dificuldades;
  • Realiza a gestão de pessoas;
  • Aceita e realiza feedbacks constantemente;
  • Admite os próprios erros;
  • Busca a capacitação de toda equipe;
  • Promove um ambiente de trabalho seguro e saudável;
  • É respeitado e não temido;

Principais características do chefe

Como falamos anteriormente, uma diferença entre líder e chefe é que o chefe possui poder autoritário que foi passado para ele muitas vezes sem possuir a experiência necessária para ocupar tal posição.

O cargo de chefe, diferente do líder, é visto como o cargo superior, autoritário e imutável, ou seja, que não está sujeito a ser substituído. Essa gestão individualista e egocêntrica coloca as suas decisões acima de todos os outros.

Dessa forma, o chefe não possui o hábito de ouvir as considerações dos demais profissionais, delegando tarefas que devem ser cumpridas a qualquer custo para o alcance de metas ou resultados.

Essa tendência gera o respeito dos funcionários por medo e não admiração, visto que uma das questões mais marcantes de um chefe é a de não se preocupar com um ambiente de trabalho saudável.

Para eles, o estresse, a pressão e a cobrança fazem parte do ambiente de trabalho, e devem ser utilizados como propulsores da produtividade e dos lucros.

Se tratando dos lucros, esse será sempre o foco do chefe, fazendo com que a sua atenção esteja voltada aos processos e sua otimização, deixando de fora os interesses pessoais de cada colaborador.

No entanto, muitas vezes algumas empresas necessitam de “chefes” para a solução de alguns problemas, no qual as suas ideias firmes e com conhecimento prévio, podem auxiliar principalmente no início de uma organização e no estabelecimento de processos.

Algumas características desse cargo são:

  • Cobranças frequentes;
  • Busca o respeito pelo medo;
  • Todo sucesso da empresa possui “o seu nome”;
  • Não promove o diálogo com os colaboradores;
  • Enxerga o trabalho como algo obrigatório;
  • Toda informação e decisão deve passar por ele.

Quais são as atribuições cotidianas de um líder

Para entender um pouco mais a diferença entre líder e chefe, é preciso compreender quais são as atribuições realizadas pelo líder e pelo chefe cotidianamente.

No caso dos líderes, como falamos anteriormente, um de seus objetivos é auxiliar no desenvolvimento dos colaboradores, o que diretamente também irá impactar na qualidade do serviço e produtividade.

Dessa forma, diariamente um líder cria estratégias e dinâmicas para promover um bom clima organizacional, dando espaço para melhorias e respeitando as limitações de cada um. O feedback é um exemplo de atribuição que um líder utiliza para desenvolver as habilidades dos trabalhadores.

Por fim, propor melhorias para todos também é o foco de um líder. Nesse caso, uma melhoria que muitos líderes colocam em prática é a utilização de um controle de ponto eletrônico digital, como o Genyo.

Com ele é possível que o funcionário possa registrar seu horário de entrada e saída de onde estiver, utilizando um celular, computador ou tablet, ideal para dar maior liberdade para os profissionais, inclusive aqueles que estão em home-office. Confira mais sobre esse tipo de ponto eletrônico em nosso site!

Quais são as atribuições cotidianas de um chefe

Em contrapartida, as atribuições do dia a dia de um chefe é basicamente exercer os comandos de chefia para os trabalhadores. O clássico “faça isso” é a frase mais utilizada pelos chefes.

Com isso, o cotidiano de um chefe é delegar tarefas, cobrar produtividade e observar os resultados. Quem não estiver cumprindo com o esperado é chamado atenção ou algumas vezes é mandado embora, gerando maior rotatividade de profissionais.

Por fim, um chefe utiliza de indicadores e ferramentas de desenvolvimento para observar o andamento e crescimento da empresa, dando sempre maior atenção aos números e lucros.

Por que é tão importante ser líder?

Como você pôde perceber ao longo do texto, a liderança está mais relacionada a benefícios para a empresa e trabalhadores do que a chefia. Isso se dá ao fato de que já se conhece a importância da qualidade do ambiente de trabalho para a produtividade.

Ter em uma empresa profissionais que trabalham em equipe, de forma respeitosa e harmoniosa impacta positivamente na melhoria dos serviços, crescimento, imagem da empresa, sensação de pertencimento, lucros, solução de problemas e desenvolvimento de novas ideias.

Confira abaixo algumas vantagens de se ter um líder em sua organização:

Maior autonomia aos trabalhadores

Um bom líder dá maneiras para que o trabalhador possa exercer a sua autonomia. Esse conceito é dito como “autogestão” e possibilita o diálogo e a resolução de problemas/conflitos entre os trabalhadores, sem necessitar da presença do líder.

Isso é uma vantagem para as empresas, dissipando toda a carga de estresse que normalmente seria depositada aos chefes.

Um exemplo de maior autonomia entre os trabalhadores é em relação a seu horário de trabalho. Quando os trabalhadores exercem a autonomia, eles conseguem chegar a um acordo dos melhores horários para cada trabalhador com base em suas necessidades.

Para auxiliar nesse processo, contar com um sistema de ponto eletrônico e digital do Genyo é a melhor opção, pois, com ele é possível realizar o registro de ponto com rapidez, identificando o total de horas trabalhadas e qualquer inconsistência presente.

Incentiva o crescimento

Com tudo isso que falamos ao longo do texto, fica claro que a liderança é a principal responsável por incentivar o crescimento dos trabalhadores.

Através do incentivo e motivação diária, respeito a limitações e aprimoramento das habilidades profissionais, o trabalhador conquista um crescimento importante, que estará presente em toda sua vida profissional.

Para a empresa, a vantagem é a retenção de talentos, com colaboradores cada vez mais valiosos e únicos, que “vestem a camisa” da empresa e expressão gratidão por toda evolução conquistada.

Melhora a comunicação

Muitas empresas enfrentam um sério problema de comunicação, seja ela de mesmo nível (colegas de mesmo setor), intersetorial (entre setores diferentes) ou hierárquica (entre profissionais de diferentes níveis hierárquicos).

A comunicação defeituosa pode atrasar processos, perder informações, lentificar resultados e impactar diretamente no lucro de uma empresa.

Dessa forma, um líder exerce a comunicação clara, tendo a certeza de que todos profissionais conhecerão as formas de se comunicar dentro da empresa, facilitando o entendimento e resolução de problemas.

Promove maior aprendizado

Uma característica marcante da liderança é o entendimento de que erros e problemas irão acontecer, o importante é estudá-lo para buscar a sua resolução e evitar que ocorra novamente.

De forma contrária, os chefes tendem a punir os erros, depositando toda a culpa para os funcionários. Para o líder, se existe falhas entre os funcionários, a culpa também é parte sua, já que ele é responsável por gerir toda a equipe.

Com isso, uma grande vantagem em ser um líder da organização é estar sempre aberto para novos aprendizados, realizando a escuta ativa para entender os problemas e buscar melhorias. Um líder enxerga o erro como uma possibilidade de crescimento.

Como ser um líder de sucesso?

diferença entre líder e chefe

Se você chegou até aqui e entendeu a necessidade em colocar em prática a liderança em sua empresa, saiba que nem todo líder nasce sendo líder!

A liderança muitas vezes é considerada um dom, no entanto ela também pode ser trabalhada, estudada e aperfeiçoada, para que seja aprimorada a cada dia. Confira 7 dicas do que fazer para ser um líder de sucesso:

  1. Seja um exemplo: Todo líder deve ser um exemplo para os demais profissionais. Se você pretende cobrar o horário de chegada correto entre os funcionários, também seja pontual;
  2. Tenha uma comunicação clara: Como falamos anteriormente, a comunicação é um dos pontos fundamentais na liderança. Saber transmitir as mensagens de forma clara auxilia na execução de tarefas. Da mesma maneira, um bom comunicador deve ser um bom ouvinte;
  3. Invista: Fornecer recursos para o desenvolvimento das competências profissionais dos trabalhadores é papel do líder! Só ele é capaz de incentivar cursos, palestras e outras atividades;
  4. Não seja tão rígido: Procedimentos e prazos devem ser respeitados para favorecer o funcionamento correto da empresa. No entanto, não seja tão rígido. Aposte na flexibilidade para criar um ambiente orgânico e aberto a mudanças;
  5. Faça a gestão de conflitos: Sempre que existir um conflito é papel do líder tentar soluciona-lo, identificando as causas e trabalhando com as partes para negociar uma solução;
  6. Motive toda equipe: A motivação é a maneira mais simples de cultivar um ambiente de trabalho saudável e longe de estresse. Dessa maneira, diariamente promova atividades que irão motivar todos trabalhadores;
  7. Faça avaliações de desempenho: A avaliação de desempenho é prática obrigatória para todos os líderes. Ela deve ser periódica e bilateral, onde o trabalhador também terá a oportunidade de avaliar o líder!

Você é um líder ou um chefe?

Por fim, para saber se o seu perfil é de líder ou chefe, é possível responder algumas perguntas que irão auxiliar no descobrimento. Lembre-se que a liderança é a maneira de gestão mais benéfica para a empresa, no entanto em alguns momentos atuar como chefe pode surtir o efeito necessário. Confira:

  • Você intimida outros profissionais ou eles te enxergam como um parceiro de trabalho?
  • Você não se preocupa com as habilidades dos trabalhadores ou busca novos talentos na empresa e ajuda eles a crescerem?
  • Você é do tipo que dá ordens ou dá direcionamentos do que deve ser feito?
  • Costuma toma decisões importantes sozinho ou buscar e ouvir opiniões de outros?
  • Como você reage quando erros acontece? Atua de forma punitiva ou buscar aprender com o erro?
  • As metas e prazos que você cria são iguais para todos ou realistas e levam em consideração o ritmo dos profissionais?

Se a sua resposta for sim para a primeira parte dessas perguntas, você é mais chefe do que líder. Da mesma forma, se você age conforme o segundo exemplo dessas perguntas, o seu perfil é de líder!

Se você se interessou por esse conteúdo e quer ler mais sobre esse e outros assuntos voltados ao mercado de trabalho, confira em nosso site!

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.