Programa de Incentivo: o que é e como aplicar?

Quer entender como funciona um programa de incentivo e como você pode aplicá-lo na sua empresa? Saiba mais sobre o assunto! Veja mais neste artigo!
Sumário
programa de incentivo

Um programa de incentivos é uma política de estímulos voltada para o reconhecimento de esforços de um ou mais trabalhadores a partir de uma meta pré-definida. Essas políticas atuam na melhoria da relação entre funcionário e empregador e no aumento da produtividade de diversas empresas ao redor do mundo.

Quer entender melhor como funciona um programa de incentivos? Então vem com a gente!

O que é um programa de incentivo?

De maneira geral, podemos definir um programa de incentivos como um conjunto de metas e recompensas pré-estabelecidas a partir de uma política de encorajamento na empresa. O objetivo desse programa é reconhecer, recompensar e retribuir bons comportamentos que contribuam para o funcionamento eficiente da empresa.

Esse sistema de reconhecimento pode ser aplicado tanto de forma individual como para toda a equipe de trabalho. Entretanto, é importante salientar que a retribuição e o tipo de política aplicada depende dos objetivos da empresa.

Ou seja, cada organização possui uma cultura, princípios, regras e metas que vão guiar a construção de um programa de incentivos benéficos tanto para o empregador, quando para os seus funcionários.

A partir de um bom programa de incentivo a empresa é capaz de estimular os funcionários criando um ambiente produtivo e transparente. Além disso, a instituição também consegue unir os colaboradores que passarão a trabalhar com um mesmo propósito.

Entretanto, isso não significa que os incentivos aplicados devam ter origem financeira. Existem inúmeras formas de estimular os colaboradores, como folgas, viagens, vale produtos e prêmios.

Quais os princípios do programa de incentivo?

Assim como todo programa, o sistema de benefícios conta com estruturas básicas que guiam o seu funcionamento ao serem aplicados na rotina das empresas. São elas:

Motivação

Assim como em qualquer processo de reconhecimento ou premiação, a aplicação de um programa de incentivos deve contar com uma motivação, ou seja, com algo que estimule o colaborador a adotar tais comportamentos.

Para definir o objeto de motivação é importante que a empresa entenda os anseios e os desejos dos seus funcionários. Para isso, você pode contar com a atuação da equipe de RH da sua organização.

Dessa forma, juntamente com o sistema de controle digital do Genyo, os profissionais dos recursos humanos serão capazes de emitir relatórios precisos acerca do padrão de comportamento dos colaboradores, suas solicitações, rotina de trabalho e demais fatores que influenciam no tipo de motivo escolhido para o seu corpo de trabalho.

A motivação pode ser feita através de campanhas de incentivos. Esses eventos servem tanto para fidelizar colaboradores como para reter novos talentos que possam contribuir para o desenvolvimento da empresa.

Reconhecimento

Agora que a sua empresa já entende qual tipo de motivação aplicar aos seus funcionários, chegou a hora de reconhecer os seus esforços para o ganho da recompensa. Como o seu próprio nome sugere, esse pilar parte do princípio de que todo trabalho e esforço de um colaborador deve ser valorizado.

Dessa forma, mesmo aqueles que não obtiveram os melhores resultados devem se sentir acolhidos e o seu trabalho deve ser reconhecido mesmo que não ocorra o ganho da recompensa.

Dessa forma, os profissionais que mais se esforçaram serão capazes de obter retorno sobre suas ações e aqueles que não tiveram o melhor desempenho se sentirão estimulados a atuar de maneira mais efetiva no próximo ciclo do programa de incentivos.

Recompensa

Por fim, o último e mais esperado ciclo do programa de incentivo é a recompensa. Esse pilar está baseado em retribuir os esforços do trabalhador de acordo com seu esforço e dedicação às metas pré-estabelecidas no programa.

Como dito anteriormente, a recompensa fornecida dependerá muito da política da empresa. Logo, uma empresa pode realizar um programa de incentivos anuais, a partir do batimento de metas relacionadas ao volume de produção e vendas, por exemplo.

Dessa forma, caso a unidade consiga cumprir com os objetivos uma recompensa é fornecida no fechamento de contas.

Além disso, também é comum que as empresas estabeleçam metas e recompensas individuais que, não necessariamente serão de origem financeira. Esse é o caso das recompensas por prêmios, viagens, vale produtos e outros tipos de presentes para estimular o sentimento de satisfação no colaborador.

Como implementar um programa de incentivo?

Uma das maiores dúvidas dos líderes de negócios e gestores de RH de uma empresa é entender como implementar um programa de incentivos de forma que atenda os desejos dos seus funcionários.

Apesar de parecer uma tarefa complexa, para construir um bom programa de incentivos basta que uma empresa esteja disposta a fornecer recursos para serem distribuídos com boa organização e objetividade.

Veja as etapas de implementação de um programa de incentivos:

1.   Desenvolvimento de um plano de ação

Assim como todo e qualquer projeto, um programa de incentivos deve ser planejado a partir de um plano de ação. Esse plano é o documento responsável por auxiliar no esboço estrutural dos benefícios existentes e quais lacunas precisam ser preenchidas para implementar o programa de modo eficiente.

De maneira geral, um bom plano é capaz de garantir ações mais corretas e precisas, visto que, a partir do momento que a empresa lança um programa de incentivos não é recomendado que ela realize a suspensão da recompensa sem que esse processo seja previamente esclarecido aos funcionários.

Além disso, um programa de incentivos mal elaborado pode piorar ainda mais o nível de insatisfação do colaborador. Portanto, esteja ciente dos recursos que você poderá distribuir e como será feita a execução do plano de ação.

2.   Definição do incentivo a ser distribuído

Não adianta querer implementar um programa de incentivo utilizando recompensas que não agradam ao seu público alvo. Caso isso aconteça, você estará desperdiçando capital que poderia ser utilizado em outras melhorias no ambiente de trabalho.

Por isso, antes de implementar o programa tenha certeza de que o benefício fornecido seja capaz de estimular os seus colaboradores a adotarem um comportamento que levarão a empresa ao crescimento e ao cumprimento das metas estabelecidas.

3.   Estabelecimento de prazos e objetivos

Além da recompensa também é muito importante delimitar quais metas serão abordadas no programa de incentivo. De nada adianta definir objetivos impossíveis de serem cumpridos.

Logo, ao construir um sistema de prazos e metas tente definir elementos que estejam dentro da capacidade de seus colaboradores. Para isso, você pode aumentar o nível de dificuldade dos desafios de forma gradual, ou ainda, estabelecer diferentes premiações para metas distintas, a depender do esforço necessário para cumpri-las.

Quais empresas podem implementar o programa de incentivo?

programa de incentivoUm erro muito comum entre os empreendedores é acreditar que os programas de incentivo apenas podem ser implementados em empresas de grande porte. Como dito anteriormente, o processo de construção de um sistema de reconhecimento depende diretamente dos objetivos da empresa.

Dessa forma, o seu tamanho e poder no mercado não podem ser considerados como impedimento para a aplicação de um programa de incentivo. É importante salientar que esse tipo de abordagem não está ligada apenas ao prêmio e sim à necessidade demonstrar reconhecimento ao esforço aplicado para o crescimento de uma empresa.

Logo, o programa de incentivos pode sim ser aplicado em pequenas e médias empresas, contando com o auxílio do sistema de controle de ponto digital do Genyo. Assim como em instituições de grande porte, o Genyo auxiliará os gestores de RH a definir as metas, prazos e recompensas a serem fornecidas ao trabalhador.

Além disso, também é possível estabelecer recompensas para colaboradores que menos se atrasam, por exemplo, a partir da avaliação presente no sistema.

Quais os benefícios de implementar um programa de incentivo?

Além da recompensa para os colaboradores, o programa de incentivos também é capaz de trazer inúmeros benefícios para as empresas que aplicam esse tipo de política colaborativa. Algumas das vantagens da implementação de um programa de incentivo são:

1.   Maior Produtividade

Um dos principais benefícios presente na implementação dessa política está no aumento da produtividade dos colaboradores. Isso acontece devido a melhor satisfação dos colaboradores, bem como a motivação dos mesmos para atuação em suas atividades.

Como resultado, temos a construção de produtos e serviços de melhor qualidade e que melhor se adequam às demandas de mercado. Além disso, o sistema de incentivo também colabora para a superação de desafios existentes na rotina desses funcionários, pois para profissionais que almejam o crescimento na carreira, receber incentivo é uma troca positiva de satisfação por produtividade.

2.   Otimização de rotinas;

Além de uma maior produtividade é comum percebemos uma melhor otimização de rotinas após o lançamento de políticas de incentivo. Isso acontece pois os funcionários ficam mais estimulados a executar as suas demandas de maneira mais eficiente.

Dessa forma, as atividades realizadas no dia-a-dia da empresa também apresentam melhor desempenho e distribuição entre os colaboradores. O motivo está nos atrativos complementares, já que assim o funcionário tende a se envolver mais com o negócio realizado na instituição, participando ativamente das atividades.

Esse é um ponto muito importante para os programas de incentivo, visto que a ideia de pertencer a algum lugar acaba levando os colaboradores a agirem como donos e se preocuparem mais com as entregas da empresa.

3.   Retenção de talentos;

Outro importante benefício na implementação de um programa de benefícios está na retenção de talentos. Quando uma empresa não consegue estabelecer uma boa relação com o funcionário, esse profissional acaba migrando para o concorrente, fazendo assim com que a instituição acabe perdendo recursos humanos.

Dessa forma, o incentivo para os colaboradores a partir do cumprimento de metas pode ser um bom motivo para não se buscar oportunidades no mercado, se estabelecendo de forma fiel à instituição.

4.   Clima organizacional colaborativo

Por fim, um dos últimos e mais importantes benefícios para a implementação de um programa de incentivos na empresa está no estabelecimento de um ambiente organizacional colaborativo.

Os funcionários precisam cumprir metas tanto de forma individual como de forma coletiva. Isso faz com que, de maneira geral, os colaboradores tentam se relacionar de forma mais transparente e amigável, formando assim um ambiente de trabalho mais produtivo.

Isso acontece, pois quando implementamos uma atmosfera de incentivo e valorização, estimulamos também a criação de um ambiente saudável, em que as pessoas trabalham felizes e focadas no atendimento de um mesmo objetivo.

Dessa forma, podemos concluir que a partir de um clima organizacional favorável formamos relações de trabalho positivas, empáticas, respeitosas, transparentes e colaborativas.

Como o sistema de controle digital pode contribuir para o programa de incentivo?

Agora que você já sabe os principais benefícios do programa de incentivos para a empresa e para o trabalhador, chegou o momento de entender como o relógio de ponto digital do Genyo pode contribuir para o estabelecimento dessa política de incentivos.

Primeiro, você deve entender que o controle de ponto do Genyo é um sistema muito mais complexo que os relógios de ponto mecânicos e os controles manuais. O nosso sistema conta com uma plataforma robusta, capaz de realizar a integração de diferentes informações em um só aplicativo.

Dessa forma, o trabalhador não apenas registrar o seu ponto como também consegue contatar a equipe de recursos humanos; envia, recebe e assina documentações; faz o controle dos seus turnos, bem como o agendamento de férias;

O objetivo do nosso sistema é conseguir automatizar as atividades do RH, permitindo assim um aumento na produtividade da equipe e a possibilidade de direcionar recursos como tempo e dinheiro em atividades mais complexas para o bom funcionamento do setor.

Como funciona o controle de ponto digital do Genyo?

Diferente dos modelos de controle de ponto manuais e mecânicos, a tecnologia do Genyo atua através de sistemas digitais. Assim, o seu colaborador pode bater o ponto utilizando aparelhos eletrônicos como celulares, notebooks e tablets.

Apesar do seu funcionamento digital, o controle de ponto automatizado do Genyo não depende do acesso à internet. Além disso, ele registra a localização do trabalhador e a sua foto em tempo real no momento em que sua jornada de trabalho foi registrada.

Para conferir as vantagens de utilização do sistema do Genyo, basta acessar o nosso site e solicitar um período de teste grátis!

Quer entender um pouco mais sobre as soluções do Genyo? Entre em contato com os nossos especialistas e saiba mais sobre o assunto!

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog