Feedforward: Saiba tudo sobre essa inovação e todas as vantagens de aplicá-la em sua empresa

Saiba o que é o feedforward, seus principais aspectos, as inúmeras vantagens corporativas e como implementar o conceito no seu negócio. Veja mais neste artigo!
Sumário
Feedforward

Atualmente a competição no mercado de trabalho está cada vez maior, com a busca ativa de proporcionar inovação e desenvolvimento nas empresas. Com a progressão da esfera corporativa, inúmeros elementos surgiram nas mais diversas áreas do conhecimento. Na tentativa de potencializar a gestão de pessoas, surgiram conceitos como o de feedforward, uma ferramenta que confere vantagens nesse campo.

Mas afinal de contas, o que é esse tal de “Feedforward”, e quais os benefícios posso conferir à minha empresa? Pensando nisso, elaboramos neste artigo tudo que você precisa saber sobre Feedforward, desde o conceito da palavra no contexto empresarial, até as estratégias de implementação.

Entenda o conceito

Um conceito novo, que vem cada vez mais ganhando espaço nas empresas, o Feedforward quer dizer “vislumbrar o futuro”, seja ele próximo ou não. Mesmo parecendo abstrato no primeiro momento, a definição de feedforward objetiva que as empresas trabalhem as capacidades e habilidades de seus funcionários.

No entanto, o diferencial aqui é que o conceito leva em consideração não apenas o cenário atual, mas metas e desafios futuros da sua empresa. Dessa forma, é possível antecipar a resolução de problemas antes que eles aconteçam, conferindo inúmeras vantagens no desenvolvimento empresarial.

A etimologia da palavra

Antes de trabalhar a ideia de feedforward no cenário cooperativo, é importante entender o significado da palavra. Feedforward pode ser traduzido como alimentação avante ou controle por antecipação, que descreve um sistema que implementa mudanças a partir da avaliação do ambiente.

Assim, a definição bruta de feedforward advém de uma técnica de controle, já muito empregada nos processos industriais e demais áreas da tecnologia. No controle feedforward é possível medir os distúrbios que impactam no resultado final de um processo, traçando estratégias para evitá-los antes da concretização.

Dessa maneira, o controle feedforward atende de maneira mais veloz as mais diversas perturbações oriundas de um processo. Entendendo isso, podemos pensar que as vantagens conferidas por esse tipo de controle podem transcender a indústria e tecnologia, e possuir boa aplicabilidade nas empresas.

Feedforward no contexto empresarial

Até aqui foi muito abordado modelo de feedforward no cenário industrial ou tecnológico, mas como isso se encaixa no campo coorporativo? Assim como na indústria, a ferramenta auxilia as empresas a partir da aferição das métricas futuras que são ideais, traçando estratégias para alcançar esses objetivos.

Mas como o feedforward pode ajudar na prática a minha empresa ou a minha equipe de gestão de pessoas? Antes de tudo é importante entender que esse conceito preconiza o estabelecimento de metas e objetivos futuros dentro da empresa. A partir desses requisitos estabelecidos, é possível trabalhar as habilidades e competências de sua equipe, aprimorando as demandas com base no que se espera para o futuro.

Ou seja, a concepção de feedforward faz o reconhecimento das competências atuais, e esboça quais atributos precisam ser trabalhados para atingir futuros objetivos. Assim, fica fácil perceber que esse conceito pode potencializar e acelerar o aperfeiçoamento dos profissionais de uma empresa, almejando que essas qualidades sejam alcançadas no futuro.

De onde surgiu essa ideia?

Aplicar o feedforward na minha empresa parece ser uma excelente ideia, mas quem conseguiu pensar nisso? O pioneiro do desenvolvimento e aplicação da técnica foi o educador executivo Marshall Goldsmith , uma das maiores referências mundiais na área.

Golsmith é autor de mais de 30 livros, sendo um dos maiores especialistas com um grande reconhecimento no cenário mundial. Sua vasta experiência é um grande diferencial na prática, com a aplicação dos conhecimentos do autor a mais de 50 mil executivos espalhados pelo mundo. Por isso, o sucesso da técnica se deve em muito pela experiência e implementação oriundas do árduo trabalho desenvolvido por Golsmith ao longo dos anos.

Quais os principais aspectos?

Nesse momento é importante explorar as características que tornam o feedforward um conceito de sucesso, com uma excelente aplicabilidade nas empresas. Assim, existem alguns elementos que são vistos como “pilares”, e portanto, preceitos fundamentais no desenvolvimento do conceito. Dentre esses pilares estão algumas características inerentes ao feedforward: Avaliação da equipe, vislumbre do futuro e incentivo à novos talentos.

Feedforward: Um olhar para o futuro?

Como o próprio nome diz, o feedforward é também conhecido como alimentação avante, sendo, portanto, acima de tudo um vislumbre para o futuro. Assim, é importante sempre pensar num cenário otimista, proporcionando um ambiente acolhedor que objetive a sua equipe a conquistar as metas.

Dessa forma, a sua equipe é encorajada a aprimorar suas funções a partir do olhar para o que está por vir, sendo talvez o atributo mais importante desse conceito. Assim, é possível que a equipe construa junto com a empresa os objetivos, planos de carreira e de desenvolvimento, sempre de olho no futuro.

Um conceito que avalia a sua equipe

Outro elemento chave desse conceito está no fato de possibilitar o reconhecimento dos atributos, falhas e potenciais de sua equipe, permitindo a avaliação de desempenho. Essa é uma característica de suma importância, pois permite que as empresas entendam os seus funcionários, e com isso tenha ideia dos desafios que precisam ser vencidos. Por esse motivo, o feedforward é uma ferramenta muito utilizada para o desenvolvimento não apenas profissional, como também pessoal.

No entanto, deve-se ter muita atenção e cuidado na aferição dos atributos e falhas da sua equipe, para que haja um ambiente acolhedor e propício para o sucesso da técnica. Para isso, é necessário que haja uma abertura mútua de diálogo respeitoso entre os coordenadores e coordenados, com incentivo de melhora sendo almejado por ambos.

Feedforward incentivando novos talentos

Como já foi mencionado, o futuro é o ponto de concentração para a plena aplicação do conceito de feedforward. Dessa forma, os erros que foram cometidos no passado, ou ainda estão acontecendo no presente, não são os focos para essa prática. O ponto chave aqui é verificar o que pode ser aprimorado para o futuro, buscando ativamente as estratégias para possibilitar esse aprimoramento.

Assim, devido a essa característica inerente ao feedforward, há uma outra ambiciosa e vantajosa característica conseguida: o surgimento de novos talentos. Isso acontece devido o constante incentivo de desenvolvimento das habilidades, que dissemina a propagação de novas capacidades adquiridas na equipe. Dessa maneira, é comum que haja o surgimento de talentos e atributos antes não vislumbrados, tornando o conceito muito importante na prática cooperativa.

Feedback: Outro conceito muito utilizado na prática

Ao falar em feedforward, muitas pessoas se recordam de um conceito que é muito visto na prática corporativa e em diversas empresas: o feedback. O feedback é extremamente empregado nas empresas quando se quer avaliar os pontos positivos e negativos do quadro de funcionários. Assim, nesse conceito é avaliado as ações já realizadas pelos funcionários, sendo uma técnica já utilizada na rotina pela equipe de recursos humanos.

Portanto, o objetivo central do feedback está voltado para a descrição pontual a respeito das características e atributos de uma equipe, de maneira clara e objetiva. Dessa forma é possível registrar e catalogar essas informações, que ficam disponíveis para a equipe de coordenadores, permitindo a avaliação. Ou seja, o intuito é disponibilizar características comportamentais de cada membro da equipe, objetivando o desenvolvimento do coletivo.

É importante ressaltar que precisa ser evitado que o feedback seja dado de maneira coletiva, para evitar a exposição de integrantes. Por isso, mesmo tendo um impacto no coletivo, esses feedbacks devem ser direcionados individualmente a cada membro, tornando um ambiente menos constrangedor.

Feedback versus Feedforward: Entenda as diferenças

Agora que já foi apresentado os conceitos de feedback e feedforward, muita gente pode questionar: Quais as principais diferenças entre ambos? Para responder o questionamento vale relembrar a característica peculiar atribuída ao conceito feedforward, que diz respeito a olhar para o futuro. O feedback, por sua vez, é a descrição do que foi feito de certo e errado, com base no que já foi feito.

Assim, entendendo os dois conceitos fica muito simples perceber as diferenças entre ambos: O feedforward vislumbra o futuro, enquanto o feedback avalia o passado. Por esse motivo, diferente do feedback, o feedforward não se concentra no que foi realizado no passado, concentrando-se em perspectivas futuras.

Sendo assim, o foco de feedforward não está nos erros cometidos, muito pelo contrário, esses erros nunca são reforçados. O objetivo no feedforward é focar nos pontos positivos e potencializar o aprimoramento dessas qualidades e atributos, de acordo com uma perspectiva futura de desenvolvimento. Portanto, é alcançado na prática um aprimoramento muito melhor, pois houve um fomento no desenvolvimento de qualidades e habilidades próprias dos funcionários.

Conheça as vantagens de implementar o feedforward na sua empresa

Feedforward

O feedforward parece ser mesmo uma ferramenta promissora para aplicar em uma empresa, ou até mesmo uma organização. Mas do ponto de vista prático, qual a importância de aplicar esse conceito em uma determinada empresa ou organização? Pensando nisso, separamos algumas das principais vantagens de se implementar o feedforward na prática.

A primeira grande vantagem de se implementar o conceito é na obtenção de resultados quanto ao aprimoramento das capacidades e habilidades. Esse é um ponto muito importante, pois na prática é visto que as habilidades dos funcionários são gradativamente lapidadas. O resultado disso é uma outra vantagem: a minimização da rotatividade do quadro de funcionários, uma vez que há uma manutenção dos talentos já contratados.

Uma outra vantagem primordial está em conseguir tornar o ambiente de trabalho mais agradável e acolhedor, fazendo com que os funcionários sintam-se bem no local laboral. Com essa melhora há ainda o fortalecimento das relações interpessoais entre os funcionários e seus líderes, fomentando uma cultura de colaboração mútua na empresa. Isso tudo confere mais vantagens, como o aumento da produtividade e do engajamento do funcionário com a organização ou empresa na qual presta serviços.

De outra maneira, com a correta implementação do conceito feedforward há ainda um aumento sadio da competitividade, o que é benéfico para o desenvolvimento. Esse ambiente é, portanto, muito atrativo ao público externo, fortalecendo a reputação da empresa e a atratividade de novos talentos.

Saiba como implementar o conceito na sua empresa

Até esse ponto tornou-se perceptível o quanto o conceito de feedforward é direcionado à esfera de treinamento em empresas, principalmente quando o coaching fazem parte da estrutura. Tendo em vista isso, o principal ponto a se destacar é o autoconhecimento do funcionário, sendo esse o elemento de transformação.

Dessa forma, é preciso focar no futuro, especificamente no diálogo com o funcionário sobre as suas perspectivas. Diferente do que vemos em uma metodologia feedback, o que aconteceu no passado não é o foco aqui. Por isso, o intuito neste momento não é o de apontar os erros cometidos, mas os de fomentar os acertos e os objetivos de melhora.

Dessa maneira, é importante traçar uma estratégia em que o funcionário exponha os seus futuros objetivos, sendo essa a chave para uma devida aplicação do conceito. O que aconteceu no passado não é trazido à tona, como acontece no feedback, sendo ressaltado os pontos positivos e habilidades promissoras. Por isso, devemos pensar em perguntas que fomentem reflexões sobre o futuro, e sobre os objetivos e métricas de cada funcionário.

Mas em quais perguntas devemos pensar? É importante lembrar que as perguntas precisam reforçar perspectivas futuras e fomentar habilidades e aperfeiçoamentos. Perguntas clássicas como “Como você se enxerga em 10 anos” ou “Como você gostaria de se comunicar?” são exemplos simples que ilustram esse modelo.

Como a tecnologia pode me ajudar na implementação

É notável que para a implementação dessa metodologia é necessário, acima de tudo, o diálogo aberto entre funcionários e líderes. Esse diálogo precisa se dar de maneira confortável tanto para o líder quanto para quem está sendo liderado.

Pensando nisso, algumas ferramentas tecnológicas podem ajudar no diálogo entre as partes, tornando o ambiente mais seguro e privativo. O software de controle de ponto desenvolvido pelo Genyo é uma excelente ferramenta para isso, através do aplicativo “chat com os funcionários”, presente na plataforma. Com essa ferramenta é possível possibilitar o diálogo entre os colaboradores, de maneira registrada e em um ambiente privado, sem que seja necessário utilizar plataformas pessoais.

Conclusão

O feedforward é, portanto, uma novidade que veio para ficar, e está cada vez mais despertando interesse nos mais diversos setores corporativos. As vantagens conferidas pela metodologia, bem como a facilidade na aplicação são atributos que despertam o interesse cada vez maior na sua implementação.

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.