Você conhece a mentoria? Essa importante atividade ajuda no desenvolvimento e crescimento profissional!

Aprenda como a mentoria pode te ajudar a alavancar profissionalmente e atingir seus objetivos, através de um profissional experiente! Veja mais neste artigo!
Sumário
mentoria

Você já reparou como em momentos de dificuldade sempre recorremos a pessoas com mais experiência? Essa atitude se aplica a todos os âmbitos de nossa vida e não seria diferente dentro do ambiente de trabalho. Nesse caso, estamos falando da mentoria.

Se você tem dúvida de como crescer dentro de uma organização, conquistar um cargo desejado ou obter maior relevância no mercado, provavelmente você necessita de uma pessoa experiente no assunto, que já esteve nessa mesma situação e pode te ajudar a encontrar o caminho certo.

Os mentores acumulam experiências com o passar dos anos, conseguindo aconselhar com maestria nos momentos de necessidade. Aprender com os erros dos outros é a base de toda mentoria. Se você busca entender mais sobre esse assunto, conquistar um mentor ou até mesmo se tornar um, confira mais informações abaixo!

O que é a mentoria?

Podemos definir a mentoria como o processo de aprendizado no qual uma pessoa experiente em determinado assunto atua como o professor do aprendiz. Geralmente o mentor possui anos de experiência, que permite identificar os pontos a serem melhorados.

Dentro do ambiente corporativo, o mentor têm a característica de passar e desenvolver habilidades com o aprendiz, além de trabalhar as competências profissionais deste funcionário, tornando-o valioso.

Com isso, a mentoria se torna uma ferramenta importante para o crescimento e desenvolvimento profissional, destacando, ensinando, apoiando e desenvolvendo um trabalhador.

O resultado da mentoria na maioria das vezes é que o profissional consegue alcançar o seu objetivo mais rapidamente, desviando dos riscos e problemas que podem aparecer.

Quais são os tipos de mentoria?

Em relação aos tipos de mentoria existente, eles são vários. Cada profissional deve avaliar qual tipo de mentoria é mais indicada ao seu objetivo e realidade, assim como cada mentor deve opinar na melhor forma de assessorar um profissional.

Mentoria pessoal

A mentoria pessoal, como o nome já diz, visa auxiliar o profissional com suas questões pessoais, seu relacionamento com colegas de trabalho, familiares e amigos. Além disso, a mentoria pessoal busca auxiliar no autoconhecimento, pois se conhecer bem é uma questão necessária para o crescimento individual!

Mentoria profissional

Também chamada de mentoria de carreira, esse tipo de mentoria visa o desenvolvimento e avanço profissional de trabalhadores que estão no mercado de trabalho. O mentor geralmente faz ou fez parte do mesmo mercado de trabalho do mentorado (quem busca a mentoria), ou até da mesma empresa.

O avanço profissional buscado pode possui diversos objetivos, como uma nova posição hierárquica, transição de carreira, aumento de vendas, etc. O mais importante é reconhecer o seu objetivo e transmiti-lo para o mentor, para que a mentoria ocorra de forma mais individual e direcionada.

Dentre a mentoria profissional ela ainda pode ser de forma:

  • Mentoria Informal

Ocorre de forma espontânea, não havendo reconhecimento de que de fato está havendo uma mentoria. É como uma mentoria indireta, onde quem é orientado busca crescer e melhorar profissionalmente através da relação que possui com um profissional superior e experiente.

Dessa forma, esse tipo de mentoria depende unicamente da boa relação entre profissionais, na qual eles se sintam confortáveis em compartilhar suas experiências e demandas. Uma mentoria informal bastante conhecida é quando o chefe passa a incluir determinado profissional em sua agenda de tarefas, acompanhando sua rotina e atividades.

  • Mentoria formal

É a mentoria direcionada e projetada com um sentido. O mentor é convidado a assumir esse papel, e o mentorado busca voluntariamente ser guiado e fiscalizado pelo mentor.

Nesse modelo, tradicional de mentoria é onde se desenvolve as habilidades e competências, auxiliando na posição profissional e plano de carreira.

  • Mentoria em grupo

Enquanto os exemplos anteriores mencionavam a mentoria entre dois indivíduos (mentor e mentorado), nesse tipo de mentoria são criados grupos de profissionais para que juntos eles possam discutir e trocar experiências profissionais que possam ser positivas para todos.

O mentor possui grande responsabilidade em guiar esse grupo de profissionais, no entanto a empatia e o companheirismo devem ser o ponto principal dessas equipes, para que haja um aprendizado coletivo entre os participantes.

  • Mentoria externa

É possível que o mentor convidado para mentorear seja de caráter externo, ou seja, não conhece nem faz parte do cotidiano do profissional mentorado. Geralmente profissionais de mercado com grande reconhecimento e referência são convidados para serem mentores.

  • Mentoria interna

Em direção contrária, a mentoria interna é quando o mentor faz parte da mesma empresa que o mentorado. Geralmente dentro da empresa existem programas de mentoria onde os profissionais podem se cadastrar para buscar mentoria ou mentorear alguém, como os novos contratados.

  • Mentoria reversa

Ocorre quando são os profissionais jovens, com cerca de 3 a 7 anos de carreira, oferecendo a mentoria para os profissionais mais antigos. A ideia principal da mentoria reversa é fazer com que a visão, criatividade e agilidade de profissionais mais jovens, possam servir de inspiração e guia para os profissionais sênior, auxiliando na inovação e atualização.

Como a mentoria é realizada?

Se você sempre quis entender como funciona o processo de mentoria, ele é basicamente uma condução de ações, através de questionamentos, sugestões e dicas, para que estimule o pensamento crítico do mentorado.

O mentor, por possuir experiências acumuladas, vai ser a pessoa que pode indicar os possíveis acertos e alertar sobre erros no qual já vivenciou.

Na maioria das vezes a mentoria ocorre no formato de uma conversa, na qual o profissional experiente dispõe seu tempo em tirar dúvidas, discutir casos e tópicos, indicar e refletir sobre situações atuais e vivenciadas pelo mentorado.

Além disso, o mentor indica e ensina estratégias para otimização do serviço e tempo, tornando o mentorado mais ágil, produtivo e treinado.

Essa conversa de mentoria pode ocorrer em apenas um ou em diversos encontros. Tudo isso vai depender da necessidade e disponibilidade dos envolvidos.

Qual a diferença entre mentoria e coaching?

Essas duas atividades são muitas vezes confundidas, no entanto, o coaching é voltado para o equilíbrio comportamental e emocional, trabalhando bem a parte psicológica de um profissional, estimulando o autoconhecimento, autoestima e reflexões.

No caso da mentoria, ela pode envolver questões comportamentais, no entanto sem profundidade, sendo mais direcionada para a parte prática e execução de atividades no dia a dia.

Qual a diferença entre mentoria e tutoria?

No caso da tutoria, ela é vista mais como aulas expositivas e discursivas, onde o tutor assume um papel de professor, demonstrando suas experiências e conhecimento prévio. O tutor deve ter boa didática para conseguir transmitir de forma clara suas informações.

Qual a diferença entre mentoria e consultoria?

A consultoria é uma espécie de coaching melhorada. O papel de um consultor é se envolver junto com os profissionais, a ponto de executar tarefas em conjunto, demonstrando as melhores maneiras.

A consultoria agrega muitos valores da mentoria, no entanto o consultor também cuida de outros aspectos, como o lado psicológico, financeiro e emocional.

Quando devo procurar uma mentoria

A mentoria se aplica em diversos momentos. O primeiro momento clássico é quando um profissional decide mudar ou progredir de cargo. Nessas horas, contar com uma voz de experiência em uma decisão tão importante e desafiadora é excelente.

Outro momento importante de solicitar a mentoria surge por parte da empresa, que é quando há a contratação de novos profissionais, e eles precisam ser integrados à rotina e procedimentos do local.

Junto a isso, a mentoria pode ser requisitada para ajudar na resolução de grandes problemas em uma empresa. Muitas vezes as organizações se deparam com “nós” quase impossíveis de serem desfeitos. Somente um mentor para poder enxergar de um outro ângulo e contribuir com sua experiência, para dissolver esse problema.

Lembre-se que a mentoria deve ser procurada sempre que você necessite alcançar algo mais longe do que seu próprio conhecimento, para enfrentar grandes desafios e poder se guiar através da experiência de outra pessoa.

Dessa forma, se conquista posições mais altas, cargos importantes, aumento de salário, valorização profissional, desenvolvimento de habilidades, e muitos outros benefícios.

Alguns outros momentos importantes para contar com uma mentoria são:

  • Aprimorar a comunicação corporativa;
  • Auxiliar no desenvolvimento do plano de carreira;
  • Lidar e guiar durante as crises;
  • Auxiliar nas relações interpessoais;
  • Ajudar no desenvolvimento e planejamento de novos projetos.

Vale lembrar que além da mentoria, outra ferramenta bastante útil na hora de auxiliar no desenvolvimento do plano de carreira, novos projetos e acompanhamento de atividades em execução, é o controle de ponto com registro de atividades, como no caso do Genyo!

Esse sistema de ponto com registro de atividades integrado fornece maior controle produtivo de um profissional, avaliando tudo que está em execução, cumprimento de prazos, atrasos na entrega, etc. Além disso, com o registro de atividades o profissional consegue organizar suas demandas de forma muito mais simples e rápida.

O que é necessário para ser um mentor?

mentoria

Quando falamos em “mentor”, devemos ter em mente que não necessariamente estamos falando de uma pessoa velha. A definição de mentor não envolve idade, e sim experiências e sabedoria acumulada.

Portanto, para ser um mentor é preciso ter um vasto conhecimento na área mentoreada, geralmente são pessoas que já estão há muitos anos envolvidos nesse ramo empresarial, servindo como um conselheiro e guia experiente para quem ainda está recente.

Um bom mentor sabe o momento correto de fornecer os melhores conselhos, além de estar disposto a auxiliar um profissional a crescer no mercado.

Dentre as habilidades de um mentor, destaca-se a empatia, facilidade para dialogar, paciência, escuta ativa, envolvimento e disposição para a busca de soluções. Um mentor não pode recusar a solução de um problema, devendo sempre compartilhar suas experiências de forma que possa auxiliar de alguma maneira.

Com sua trajetória inspiradora e de sucesso, um mentor também procura entender sobre diversos assuntos, principalmente os mais atuais, que afligem os novos trabalhadores. Dessa forma é possível se aproximar ainda mais da realidade de profissional, e auxiliar para que ele tome a decisão mais consciente.

Dentre algumas de suas funções está:

  • Incentiva o desafio e a competitividade saudável;
  • Aconselha e treina;
  • Fornece apoio moral e inclusivo;
  • Apoia o esforço individual e coletivo;
  • Ajuda no crescimento de networking do mentorado;
  • Quando possível, inclui questões de outras áreas em sua mentoria, como a família e religião;
  • Facilidade em transmitir conhecimento.

Benefícios da mentoria

Por fim, falaremos um pouco mais sobre os benefícios adquiridos pelo profissional mentorado. Quem busca esse tipo de encaminhamento consegue atingir suas metas com muito mais facilidade e em menor tempo, já que estará evitando os erros e os caminhos incertos. Confira:

Aprende com os erros de quem já vivenciou a mesma situação

Como falamos anteriormente, “aprender com os erros dos outros” é a base da mentoria. Quando nós cometemos algum erro, tiramos um tempo para refletir onde erramos, o que pode ser feito de diferente e para poder voltar aos trilhos.

Com a mentoria, esse processo é diminuído, visto que o mentor irá ensinar o que pode ser feito de diferente através dos erros que ele cometeu, para que você possa poupar o desgaste de energia e tempo!

Acelera na capacitação

Alguns cargos, como o de liderança, não pode ser ensinado e treinado por um simples curso. Muitas vezes é preciso longos anos de conhecimento para se tornar um líder, gerente ou gestor.

No entanto, a mentoria acelera esse tipo de capacitação, visto que o profissional já irá extrair os conhecimentos necessários (que são adquiridos com o tempo) através de seu mentor.

Aumento da produtividade

A orientação sobre as atividades, dicas para se tornar mais ágil, e maneiras de não se desgastar profissionalmente, auxiliam no incremento da produtividade. Essas são atividades que a mentoria promove, através da experiência profissional, o mentor torna o profissional mais produtivo.

A produtividade é uma forma de avaliar que a mentoria está dando certo! Por esse motivo, ter em mãos um registro de atividades é o mais ideal! O controle de ponto do Genyo possui essa ferramenta integrada, auxiliando no acompanhamento de atividades, cumprimento de prazos, etc.

Assim, você consegue avaliar de forma muito mais simples e fácil quando sua produtividade está aumentando. Veja mais sobre essas e outras funcionalidades em nosso site, clique aqui!

Responder as dúvidas

Durante a jornada de trabalho e plano de carreira é comum surgirem diversas dúvidas sobre cargos, atividades realizadas, profissão, e até se você está tomando a decisão correta em apostar nesse caminho.

Nessas horas, é vantajoso ter um profissional mentor, que possa falar com sinceridade se suas escolhas são as mais indicadas, esclarecer pontos que ainda te deixa indeciso, e a realidade sobre determinado cargo.

Fortalece o networking

O networking, também conhecido como rede de contatos, é justamente ter próximo a ti diversos profissionais, de diferentes setores, empresas, posições, etc., que vão te auxiliar no mercado de trabalho.

O networking é construído através do tempo, no entanto, com um mentor ao lado, que já possui sua própria rede de contatos, é possível facilitar a sua aproximação de outros profissionais renomados.

Gostou desse conteúdo? Para ter acesso a ferramenta apresentada, que pode auxiliar na produtividade, controle de ponto e mentoria, confira o nosso site!

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.