Como funciona a comunicação interna empresarial?

Você sabe a importância de se ter uma boa comunicação dentro de sua empresa? Entenda o que é a comunicação interna empresarial. Veja mais neste artigo!
Sumário
Comunicação interna

A comunicação é uma das formas que utilizamos em nosso dia a dia para transmitir mensagens e significados. Ela está presente em qualquer ambiente no qual existem pessoas, como, por exemplo, dentro das empresas, é a chamada comunicação interna.

Ainda quando estamos na escola, passamos por diversos processos que estimulam a nossa comunicação, como apresentar algum seminário, participar de debates, tirar dúvidas em sala de aula, entre outras atividades que nos tiram da zona de conforto desde cedo.

Nesse período é normal que as sensações de ansiedade, medo e insegurança tomem conta, fazendo com que, em algum momento, nos distanciássemos de alguma dessas atividades.

Isso porque, nessa época, ainda não sabíamos o tamanho da importância que o estímulo a  prática de uma comunicação de qualidade, desde cedo, tem para a vida profissional futura.

Assim, em uma corporação o principal mecanismo para fazer as engrenagens girarem é estabelecer um bom canal comunicativo entre líderes e liderados, além de uma boa comunicação com o público externo.

Desse modo, nós da equipe Genyo elaboramos esse artigo para esclarecer o que é, como se dá, quais os objetivos da comunicação interna, além de explicar o porquê da sua importância dentro do ambiente de trabalho.

Portanto, continua a leitura atenta do texto, com cuidado para não deixar nenhuma informação importante. Ao final, você irá entender como o simples ato de se comunicar pode aproximar as pessoas e trazer resultados incríveis para a sua empresa.

O que é a comunicação corporativa interna?

A comunicação empresarial pode ser dividida em dois tipos: a comunicação corporativa interna e a externa. Apesar de o intuito geral ser o mesmo, ou seja, garantir um canal comunicativo eficiente, existem alguns fatores que ocasionam essa divisão.

Se você já entrou em alguma empresa ou viu o cenário de uma na televisão, é provável que você tenha percebido que um dos elementos presentes é um mural com vários avisos para os funcionários. Esse é um dos exemplos práticos da comunicação interna.

Todavia, com o passar do tempo esse tipo de comunicação não se resumo mais a apenas um mural com variados tipos de avisos, é bem maior que isso. Com as mudanças organizacionais, ela ganhou mais visibilidade e reconhecimento dentro do ambiente de trabalho.

Atualmente, a comunicação corporativa interna consiste em assegurar que todos os colaboradores estejam em sintonia com os objetivos, as metas, as mudanças e as estratégias da empresa. O que, consequentemente, acaba estreitando os laços entre todos os membros da equipe.

Assim, algumas estratégias e ferramentas usadas para promovê-la no ambiente de trabalho são as reuniões, entrevistas, conferencias, apresentações ou projetos de mídia impressa, como boletins informativos, brochuras ou cartas comerciais

Esses mecanismos são utilizados para passar alguma informação importante como, a tomada de alguma decisão e o compartilhamento de visões e opiniões gerais ou pessoais com o fito de atingir a todos da equipe.

Assim, ela é uma maneira excelente de dar oportunidade para que todos da empresa possam expressar os seus pontos de vistas e acrescentar algo no funcionamento das atividades.

Logo, consequentemente, o clima organizacional melhora e a produtividade dos funcionários aumenta, pois os mesmos se sentem mais valorizados, seguros e que realmente fazem parte das decisões empresariais.

Porém, é válido ressaltar que a estabelecer uma boa comunicação interna não é uma tarefa fácil. É preciso que a empresa se dedique ao máximo, estimule através das ferramentas e demonstre o porquê de ser tão importante naquele ambiente.

Quais os objetivos da comunicação interna?

Entre os principais objetivos da comunicação interna podemos citar:

  • Compartilhar dentro da empresa os conhecimentos adquiridos pelos empregados, diretores e proprietários;
  • Divulgar as ações da corporação de forma clara e direta para todos os membros;
  • Promover engajamento profissional e envolver a equipe de trabalho da empresa nas metas a organização;
  • Estabelecer o cumprimento de normas, condutas, éticas e valores da organização a todos os funcionários;
  • Proporcionar uma cultura dento da empresa que aborde temas como inclusão social, responsabilidade socioambiental e prevenção e cuidados com doenças físicas e mentais;
  • Manter um fluxo de informações padronizado, com oportunidades para que todos falem e sejam ouvidos;
  • Dar oportunidade para uma maior aproximação entre uma mesma equipe e entre diferentes setores;
  • Compartilhar informações com viés estratégicos para que os colaboradores tenham um maior suporto no momento de falar com clientes e fechar novos negócios;
  • Despertar uma maior motivação dos colaboradores;
  • Facilitar e incentivar feedbacks constantes;
  • Construir canais de escuta acessíveis, democráticos e abertos para todos os membros da equipe;
  • Reforçar uma imagem positiva da organização junto a clientes internos e externos;
  • Evitar ruídos, mal entendidos, equívocos e fofocas na comunicação, o que consequentemente, também evita maiores desentendimentos.

Quais os principais tipos de comunicação interna?

Apesar de não ser algo muito discutido nas empresas, a comunicação interna pode ser feita de diferentes formas, que variam de acordo com o contexto e objetivo de cada corporação. Visto isso, separamos quais são os principais tipos para que não reste nenhuma dúvida. Confira a seguir:

  • Comunicação escrita: esse primeiro tipo é realizado por meio de quadro de avisos, post-its, placas informativas, e-mails corporativos, intranet, blogs internos, entre outas formas de passar alguma informação importante por meio da escrita. Normalmente é muito utilizada para o alinhamento e esclarecimento dos acontecimentos da empresa;
  • Comunicação oral: esse tipo de comunicação, geralmente, acontece por meio de palestras e reuniões, ou seja, o compartilhamento de informações se dá por meio da fala de alguém. Nesse caso, existe uma troca de feedbacks e a discussão de ideias que são ótimos caminhos para estreitar os laços entre os funcionários.
  • Comunicação vertical: A comunicação vertical, como o próprio nome já sugere, está mais relacionada e direcionada aos líderes da organização, envolve o desenvolvimento de planejamentos estratégicos e aborda assuntos mais restritos, que não envolve a todos da corporação.
  • Comunicação horizontal: Esse tipo de comunicação, por outro lado, é realizada através do envolvimento entre os colegas de trabalho que desempenho funções de mesmo nível hierárquico na empresa. Ela é utilizada com o fito de aprimorar a construção e manutenção de um bom relacionamento entre esses membros.
  • Comunicação diagonal: Por último, mas não menos importante, esse tipo de comunicação é realizado com o envolvimento dos diferentes níveis hierárquicos da corporação, ou seja, entre membros de diferente cargos sem nenhum tipo de barreira. Ela é utilizada quando há uma necessidade de passar novidades sobre a empresa, principalmente.

Ademais, é preciso ficar sempre atento a algumas práticas que podem melhorar significativamente a troca de informações dentro da organização. Estão entre elas:

  • Avaliar a plataforma de comunicação utilizada;
  • Levar em conta a logística empresarial;
  • Respeitar a cultura da organização;
  • Se manter atento ao utilizar os gêneros de comunicação, para evitar mal-entendido ou desconforto;
  • Mesclar o conteúdo funcional com o conteúdo relacional;

Qual a importância e os benefícios da comunicação corporativa?

Comunicação interna

Após o conjunto de informações que abordamos nos tópicos anteriores, é possível concluir que a importância principal da comunicação interna é para melhorar o contato e o canal comunicativo entre todas as pessoas que envolvem aquela empresa, dentro dela.

Ademais, também é importante para assegurar que as tarefas estejam sendo executadas corretamente, pois através dela, os pedidos e metas são melhor compreendidos e os avisos e comunicados são espalhados com uma melhor eficiência.

Portanto, por ser tão importante para o crescimento e funcionamento geral da empresa, a comunicação corporativa traz uma séria de vantagens quando implantada da maneira correta e com estratégias assertivas.

Confira a seguir quais são os principais objetivos:

Melhora o clima organizacional

Um primeiro benefício perceptível em uma empresa que se preocupa em fornecer um canal de comunicação de qualidade, é a criação de um clima organizacional agradável.

Com essa implantação, os trabalhadores se sentem mais confiantes, valorizados e seguros dentro de seu cargo. As oportunidades oferecidas para os funcionários expressarem suas ideias e interesses crescem, contribuindo para amenizar o clima de tensão e competição na organização.

As palestras, cursos e workshops disponibilizados, também contribuem para dar oportunidade compartilhamento de ideias entre os colaboradores. Além disso, as reuniões estreitam os laços entre líderes e liderados.

Todos esses fatores são importantes para a criação de um ambiente mais harmonioso, capaz de criar profissionais mais seguros e engajados na função que exercem.

Promoção da imagem da empresa

Dentro do universo empresarial, é normal que o maior objetivo de qualquer empresa é crescer do mercado de trabalho e ganhar mais visibilidade do público.

Logo, fica claro que se aquela corporação vira um lugar em que muitas pessoas almejam trabalhar, por ter um processo de comunicação claro e inclusivo, possivelmente, é porque já alcançou um patamar elevado no mercado.

Dessa forma, quando os funcionários criam uma identidade e uma sensação de pertencimento com a empresa, é normal que contribua para construiu uma imagem positiva sobre ela dentro e fora do ambiente de trabalho.

Afinal, o trabalhador é a ferramenta chave na construção de uma organização de qualidade. Ele é o principal fator capaz de fazer o nível da empresa subir ou diminuir.

Por isso, é muito importante que a empresa volte investimentos e atenção para que os meios de comunicação dentro e fora do ambiente de trabalho estejam sempre atualizados e atingindo o público esperando, seja os membros da equipe ou os clientes.

Dessa forma, a comunicação interna, além de ser uma estratégia para promover a imagem externa, quando é aplicada dentro da empresa, faz com que os funcionários se sintam mais motivados, contribuindo também para a promoção do classificação da organização.

Afinal, a identidade da marca é feita pelas pessoas, e as principais responsáveis por essa construção são as que trabalham dentro da corporação.

Aumento da motivação dos funcionários

Quando uma empresa começa a investir na comunicação corporativa, é certo que a eficiência da mesma aumentará gradativamente, aspecto que poderá ser percebido ao fazer o controle da produtividade.

Isso acontece pelo fato de que quando os funcionários percebem que a organização se preocupa em investir em meios para torna os processos e mudanças ocorridas em algo compartilhado, eles se sentem mais valorizados e enxergados. É criado um sentimento de pertencimento a empresa.

Assim, com o conhecimento de tudo o que está se passando no ambiente de trabalho, a produtividade da equipe será afetada positivamente.

Com essas mudanças, os colaboradores se sentem mais motivados em se dedicar mais nas suas tarefas laborais e buscar meios de aprimorar as suas funções.

Consequentemente, esse engajamento influencia diretamente  nos resultado da empresa, a qual atinge as principais metas mais rápido.

Quais os instrumentos da comunicação interna?

Após todas essas informações, é de suma importância citar quais os principais instrumentos que podem ser utilizados por uma corporação para a manutenção da comunicação interna. Visto isso, separamos os mais comuns a seguir:

  • Intranet: É uma rede corporativa com acesso permitido aos seus funcionários;
  • E-mail: Por meio dele é possível agendar reuniões, palestras, receber e passar informações importantes, além de compartilhar novidades da empresa;
  • Reuniões: Em alguns casos, passar informações somente via internet pode gerar mal entendidos ou dificultar a compreensão da mensagem. Por isso, as reuniões realizadas de forma tradicional não são descartadas pelas empresas, apesar das inovações tecnológicas. Elas são essenciais para o alinhamento da equipe e planejamento de possíveis projetos e melhoras.
  • Newsletter: É uma ferramenta educativa que pode ser utilizada no formato impresso ou digital e contem informações uteis. Tem como objetivo valorizar os colaboradores, além de auxiliar na aprendizagem de pontos importantes da empresa.
  • Mural: Apesar das inovações dos aparelhos de comunicação, ter um mural na empresa ainda é de suma importância para que os colaboradores possam deixar bilhetes, metas, sugestão de melhorias e estratégias. Assim, é importante que essa ferramenta ocupe um local estratégico para que facilite a visualização de todos os membros.

Chegamos ao fim do nosso artigo e esperamos que após todos esses esclarecimentos você tenha entendido o que é a comunicação corporativa, como ela funciona e o porquê de ser tão importantes em uma empresa, tanto para os empregados como para os empregadores.

Confira mais sobre outros assuntos da esfera empresarial nos artigos em nosso site. Além disso, contratando a Genyo você terá acesso a muitos outros artigos que auxiliam sua empresa, bem como seus funcionários e  claro, um sistema de controle de ponto extremamente eficiente. Contrate agora e ainda ganhe 15 dias grátis!

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

Compartilhe este artigo

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog