Auditoria empresarial: por qual motivo esse processo é indispensável para qualquer negócio?

A auditoria empresarial é importante no dia a dia de qualquer empresa moderna e quais os seus principais benefícios. Veja mais neste artigo!
Sumário
Auditoria empresarial

As ferramentas e estratégias são fundamentais para o bom funcionamento e sucesso de qualquer negócio. Afinal, elas tornam mais eficientes os processos realizados e permitem que os resultados sejam alcançados de forma mais ágil. Por isso, é importante que toda organização invista na utilização desses mecanismos, sempre acompanhados de profissionais de qualidade. Entre elas, a auditoria empresarial é uma das que mais se destacam. Quer saber como ela funciona? Confira abaixo!

O que é uma auditoria

Basicamente, a auditoria é um processo sistemático de revisão que tem como objetivo verificar se os registros contábeis, e práticas de uma empresa estão em conformidade com os padrões contábeis, legais e regulamentares. Através dele, é possível verificar se a organização está cumprindo seus deveres e responsabilidades, além de garantir que seus recursos financeiros estão sendo usados de forma eficaz e eficiente.

Em geral, ela envolve o uso de diversos métodos e técnicas. Através delas, os responsáveis pelo processo podem verificar se os procedimentos contábeis estão sendo seguidos corretamente, medir a precisão dos relatórios sobre suas finanças, analisar a adequação da estrutura de controle interno da empresa e conferir se os ativos estão sendo devidamente protegidos, o que pode ajudar a identificar até mesmo possíveis fraudes.

Por esses motivos, a maioria das instituições públicas e privadas contratam serviços de auditoria com o objetivo de garantir essa precisão em seus relatórios financeiros, bem como para garantir que os procedimentos contábeis e as práticas de controle interno estejam em conformidade com a legislação aplicável.

Como surgiram as auditorias?

A auditoria no Brasil surgiu no final do século XIX, quando empresas começaram a crescer e atuar em vários setores da economia. Com a expansão dessas organizações, a necessidade de controles contábeis e auditoria de contas aumentou, assim como a necessidade de profissionais habilitados e especializados para a realização destes serviços.

A partir de então, o papel da auditoria foi responsável por consolidar e aperfeiçoar os negócios brasileiros. Já na década de 1980, por exemplo, os procedimentos contábeis passaram a ser definidos por leis e regulamentos, o que formalizou a adoção de auditorias no dia a dia das grandes companhias.

Nos anos 2000, elas ganharam ainda mais importância com o aumento da complexidade das empresas, o surgimento de novos mercados e o aumento da necessidade de transparência em seus resultados.

Quais tipos de auditoria existem

Muitos não sabem, mas existem diferentes tipos de auditoria, onde cada uma conversa com os diferentes setores da atividade econômica e as necessidades de cada organização. São elas:

  • Auditoria financeira: é uma das principais formas de auditoria e, como o próprio nome diz, é usada para verificar a exatidão dos registros financeiros. O contador responsável pelo processo deverá revisar os controles internos, verificar os detalhes dos relatórios financeiros, contabilização, gerenciamento de liquidez e outras áreas relacionadas com as finanças do negócio.
  • Auditoria ambiental: a auditoria ambiental é um instrumento importante para a gestão do meio ambiente e vem se tornando cada vez mais popular nas instituições modernas, pois possibilita a identificação de problemas e a melhoria das práticas da empresa no que diz respeito à preservação do meio ambiente. Ela envolve a verificação de documentos, entrevistas com funcionários, monitoramento de processos e atividades, além de avaliações do desempenho ambiental das empresas.
  • Auditoria operacional: essa é amplamente utilizada para avaliar a eficiência, eficácia e rentabilidade das operações e processos de uma organização. É uma forma de monitoramento contínuo do desempenho organizacional para ajudar a melhorar a qualidade e reduzir seus custos. Dessa forma, é possível identificar problemas e oportunidades de melhoria para aprimorar a eficiência e a eficácia das operações.
  • Auditoria de conformidade de TI: é uma verificação de segurança realizada para determinar se os processos, procedimentos e controles em torno da tecnologia da informação estão sendo executados de acordo com as normas e regulamentos aplicáveis.
  • Auditoria de sistemas: é um processo que verifica a segurança e o desempenho de um sistema de informação, a fim de garantir que ele esteja funcionando de acordo com as políticas e regulamentos estabelecidos. A auditoria de sistemas é importante para garantir que os recursos de tecnologia da informação sejam usados de forma eficaz e segura.

A diferença entre auditoria interna e externa

Auditoria interna e externa são processos importantes para garantir a integridade, transparência e conformidade de qualquer organização. No entanto, é importante que todo líder conheça as principais diferenças entre esses dois tipos de auditoria:

A interna é um processo de avaliação realizado por profissionais que fazem parte da própria organização, geralmente os indivíduos que trabalham no setor de contabilidade.

Nesse caso, trabalham em conjunto para avaliar se as políticas e procedimentos adotados pela empresa estão sendo rigorosamente cumpridos. Através dela, com verificações periódicas supervisão de administradores, é possível aprimorar o desempenho da empresa, prevenindo erros e fraudes.

Já a auditoria externa, por outro lado, é realizada por profissionais independentes e contratados por uma entidade externa à organização, como bancos ou investidores.

Seu principal objetivo é garantir que a empresa esteja cumprindo as leis e regulamentos em vigor. Além disso,  também verifica se as demonstrações contábeis da organização estão sendo preparadas de acordo com as normas contábeis aplicáveis, o que pode ajudar a determinar se a empresa está cumprindo as diretrizes de governança corporativa.

As empresas são obrigadas a realizar auditoria?

Basicamente, as empresas menores não são obrigadas a realizar auditorias. No entanto, o governo brasileiro fornece incentivos fiscais para aquelas que realizam esse processo, como a isenção de contribuições previdenciárias para aqueles que contratam auditores independentes.

No entanto, existem também normas legais específicas para empresas de certos setores, como a Lei das Sociedades Anônimas, que prevê a realização de auditorias anuais.

Por esse motivo, a lei também prevê que as empresas de grande porte devem contratar um profissional de contabilidade qualificado para supervisionar os processos contábeis e financeiros.

Nesses casos, as organizações com ativo total superior a R$ 240 milhões ou receita bruta anual superior a R$ 300 milhões, devem contratar auditoria externa, como diz o Artigo 3:

Art. 3º. Aplicam-se às sociedades de grande porte, ainda que não constituídas sob a forma de sociedades por ações, as disposições da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, sobre escrituração e elaboração de demonstrações financeiras e a obrigatoriedade de auditoria independente por auditor registrado na Comissão de Valores Mobiliários.

Quem faz as auditorias?

As auditorias são realizadas por auditores independentes, que são profissionais certificados e com experiência comprovada, contratados por organizações, sejam elas financeiras, governamentais, de saúde ou outras.

Estes indivíduos são os principais responsáveis por avaliar as informações contábeis e financeiras de uma empresa ou entidade, para verificar se estão em conformidade com as leis e regulamentações aplicáveis. Ao fazê-lo, eles procuram por evidências de informações incorretas ou omissões, além de qualquer fraude ou erro contábil.

Em alguns casos,  buscam avaliar se as atividades da empresa estão em conformidade com as leis, regulamentos e os princípios contábeis geralmente aceitos. Muitas vezes, também realizam testes de auditoria para verificar se os controles internos da empresa estão sendo adequadamente implementados.

Toda empresa precisa fazer auditorias?

Toda empresa precisa realizar auditorias para garantir que suas operações atendam aos padrões de qualidade e conformidade exigidos pelas leis.

Além de verificar se as políticas e procedimentos da empresa estão sendo cumpridos, uma auditoria também pode ajudar a identificar e reduzir os riscos financeiros e operacionais, aumentar a eficiência, melhorar a qualidade de serviços e produtos e aumentar a conformidade.

Esses processos também são úteis para garantir que os investimentos da empresa estão sendo bem gastos e para fornecer informações para análise de desempenho. Portanto, são essenciais para manter a empresa em conformidade e em operação com sucesso.

Quando uma auditoria deve ser feita?

Uma auditoria deve ser realizada periodicamente para garantir que as atividades estão sendo conduzidas corretamente e de acordo com as práticas apropriadas. Por conta disso, uma parcela considerável das empresas as realiza pelo menos todos os anos, mas podem ser realizadas com mais frequência se forem necessárias.

Ainda assim, deve-se ter em mente que ao programar as auditorias é importante lembrar que é necessário reservar tempo para preparar os documentos, gerenciar as informações e conduzir as entrevistas com os envolvidos.

Especialistas também recomendam que elas sejam programadas de acordo com os ciclos de auditoria de cada empresa, incluindo as datas dos relatórios e os períodos a serem monitorados.

Ademais, podem seguir o calendário de obrigações legais, pois algumas organizações podem ter obrigações específicas para realizar auditorias regulares.

Quais os benefícios desse processo?

Existem diversos benefícios de se realizar uma auditoria. Primeiro, ela ajuda a identificar os pontos fracos da empresa e a melhorar os processos existentes.

Afinal, o auditor usa uma variedade de ferramentas, como processos de avaliação, relatórios de desempenho e análise de risco para determinar se as políticas e procedimentos estão sendo seguidos corretamente e se eles estão contribuindo para o crescimento da organização.

Ao identificá-los, os líderes podem trabalhar para corrigi-los e melhorar seu desempenho geral. Além disso, a auditoria também pode ajudar as empresas a se prepararem para os desafios futuros.

Por meio da análise das informações financeiras, os auditores podem identificar tendências emergentes e prever problemas que podem surgir no futuro.

Outro benefício da auditoria é que ela ajuda as empresas a obterem credibilidade aos olhos dos investidores e outros interessados. Isso porque ao apresentar relatórios de auditoria, as empresas podem mostrar aos investidores e outros interessados que eles estão comprometidos com a transparência financeira e a boa governança corporativa, o que contribui para atrair investimentos e parceiros comerciais confiáveis.

Por último, esse processo também permite que as empresas se mantenham em conformidade com as leis e regulamentos. Através de análises rigorosas, as organizações podem identificar problemas de conformidade e trabalhar para corrigi-los antes que eles se tornem problemas legais maiores.

Como fazer uma auditoria empresarial?

Para começar a fazer uma auditoria empresarial, é importante estabelecer um plano e definir objetivos. Ele deve incluir as áreas a serem auditadas, as técnicas e métodos a serem usados, quem fará a auditoria e quem fornecerá informações e documentação.

Auditoria empresarial

Após preencher essas questões, o auditor pode começar a realizar a auditoria. Durante o processo, o profissional deverá revisar todos os documentos, entrevistar funcionários e analisar os processos da empresa para identificar problemas e oportunidades de melhoria.

Depois de concluí-lo, deverá ser preparado um relatório com as conclusões e recomendações. Ele deve conter detalhes sobre os problemas identificados, áreas de melhoria e recomendações sobre como corrigir os problemas encontrados.

Como uma boa gestão empresarial influencia na auditoria?

O objetivo da auditoria é garantir que as informações financeiras das empresas sejam precisas e verificadas, possibilitando seu funcionamento de forma eficiente e segura.

Por outro lado, a gestão empresarial é o processo de planejamento, organização, direção e controle de uma empresa para alcançar seus objetivos.

Ou seja, são duas questões que acabam conversando, mesmo que muitas vezes ignoradas. Para alguns gestores, uma boa dica é pensar da seguinte forma:  auditoria desempenha um papel importante na gestão empresarial, pois ajuda a identificar possíveis deficiências nas práticas de gestão e também auxilia na detecção de fraudes.

Logo, fornecem análises objetivas e independentes da situação financeira da empresa, ajudando a avaliar as políticas e procedimentos existentes e sugerindo melhorias que possam ser implementadas.

Por esse motivo, a gestão empresarial também desempenha um papel importante nesse primeiro processo, visto que auxilia na preparação de relatórios financeiros que podem ser usados ​​para fins de auditoria.

A gestão empresarial, por exemplo, pode identificar quais informações são necessárias para uma auditoria, tais como documentos contábeis, documentos legais e outras evidências.

No final, as duas ferramentas trabalham juntas para identificar e corrigir problemas financeiros e operacionais, como a má gestão de recursos, inadequações nos controles internos, fraude ou má aplicação da lei. Esses problemas podem ser detectados e solucionados com a ajuda de relatórios de auditoria ou com a implementação de melhorias recomendadas pela gestão empresarial.

Conclusão

As auditorias são extremamente importantes para as organizações, pois elas permitem que sejam identificados problemas e riscos que podem afetar os negócios. Elas também fornecem informações necessárias para melhorar os processos operacionais e administrativos, além de proporcionar maior transparência e confiança nos resultados obtidos.

No entanto, é importante ressaltar que o processo deve ser realizado de forma adequada, pois é a única forma de garantir que os resultados sejam precisos e representem a realidade.

Por isso, é importante que sejam realizadas por profissionais qualificados que tenham conhecimentos técnicos e experiência para realizar o trabalho da forma correta. Assim, é possível garantir que os resultados obtidos sejam precisos e que as ações propostas sejam realmente eficazes. Se você quer encontrar mais conteúdos ou voltados para controle de ponto, acesse nosso blog!

Outros artigos relacionados

portal do empreendedor
Gestão de negócios

Portal do Empreendedor: Guia atualizado 2024

Descubra como o Portal do Empreendedor pode facilitar a formalização e o crescimento do seu negócio no guia atualizado de 2024. Veja mais neste artigo!

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.