Veja como baixar o Programa do Imposto de Renda 2024

Prepare-se para a declaração do IRPF 2024! Saiba como baixar o Programa do Imposto de Renda 2024, prazo de entrega e calendário de restituição. Veja mais neste artigo!
Sumário
programa do imposto de renda 2024 (crédito: agência brasil)

Baixar o Programa do Imposto de Renda 2024 é essencial para todos os brasileiros que vão declarar os rendimentos à Receita Federal neste ano. O período de entrega da declaração já começou, e por isso, vale a pena fazer o download o quanto antes.

Em primeiro lugar, é importante explicar que o programa do IRPF 2024 está disponível para diferentes sistemas operacionais, como Windows, macOS e Linux.

Além disso, também é possível baixar o programa pelo celular, por meio do aplicativo “Meu Imposto de Renda”. O contribuinte pode escolher entre a declaração pré-preenchida, que traz as informações já preenchidas com base nos dados do ano anterior, ou preencher manualmente todas as informações na versão completa do programa.

Com isso em mente, confira abaixo nosso guia completo sobre o Programa do Imposto de Renda 2024, incluindo o passo a passo para baixar, o calendário de restituições e muito mais.

Quem precisa fazer a declaração do Imposto de Renda 2024

Em primeiro lugar, antes de explicar como baixar programa IRPF 2024, é importante esclarecer quem precisa fazer a declaração de Imposto de Renda neste ano.

De acordo com a atualização da tabela do Imposto de Renda, milhões de pessoas devem declarar os rendimentos obtidos no ano-base de 2023 para a Receita Federal.

Sendo assim, quem deve declarar o IR neste ano? Os brasileiros que preenchem pelo menos 1 dos seguintes critérios devem fazer a Declaração do Imposto de Renda 2024:

  • Ter recebido rendimentos tributáveis cuja soma foi superior a R$ 30.639,90;
  • Ter recebido rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte em um valor superior a R$ 200.000,00;
  • Ter obtido ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeito à incidência do Imposto;
  • Ter realizado operações em bolsas de valores e mercadorias com soma superior a R$ 40.000,00;
  • Ter obtido receita bruta por atividade rural em valor superior a R$ 153.199,50;
  • Pretender compensar prejuízos de anos anteriores ou do próprio ano-calendário de 2023;
  • Possuir posse ou propriedade de bens ou direitos com valor total superior a R$ 800.000,00;
  • Ter passado à condição de residente no Brasil em qualquer mês e estar nessa condição em 31 de dezembro;
  • Optar pela isenção do Imposto sobre a Renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais;
  • Possuir trust ou demais contratos regidos por lei estrangeira com características similares.

Como baixar o programa do Imposto de Renda 2024? Passo a passo

Para baixar o programa do Imposto de Renda 2024, basta acessar o site da Receita Federal e selecionar a opção “Baixar o programa”.

O programa está disponível para diferentes sistemas operacionais, como Windows, macOS e Linux. Após clicar em “Baixar o programa”, o contribuinte poderá escolher a pasta em que o programa será salvo e definir se deseja que ele apareça na área de trabalho.

O programa será baixado e estará pronto para ser utilizado. Para utilizá-lo, não há segredo: basta fazer login com as suas credenciais, ou seguir as orientações do próprio software para criar um primeiro acesso.

Como baixar o programa do Imposto de Renda 2024 pelo celular?

O contribuinte também pode baixar o programa do Imposto de Renda 2024 pelo celular, por meio do aplicativo “Meu Imposto de Renda”.

O aplicativo está disponível para download nas lojas de aplicativo Google Play e App Store. Basta procurar pelo aplicativo usando o nome “Meu Imposto de Renda” e fazer o download.

O programa pelo celular permite que o contribuinte faça a declaração de forma prática e conveniente, usando seu dispositivo móvel.

Abaixo, temos o passo a passo para baixar o programa do Imposto de Renda 2024 pelo celular:

  • Acesse a loja de aplicativos do seu celular (Google Play ou App Store).
  • Procure pelo aplicativo “Meu Imposto de Renda”.
  • Clique em “Baixar” ou “Instalar” para iniciar o download.
  • Aguarde o download e a instalação do aplicativo.
  • Após a instalação, abra o aplicativo “Meu Imposto de Renda”.
  • Siga as instruções do aplicativo para preencher e enviar a declaração do Imposto de Renda 2024.

Novidades na declaração do Imposto de Renda 2024

A declaração do Imposto de Renda 2024 traz algumas novidades em relação aos anos anteriores. É importante ficar atento a todas essas mudanças ao fazer a declaração.

  • Identificação dos criptoativos: Agora, é necessário identificar os criptoativos na ficha de Bens e Direitos, informando o código correspondente a cada ativo. Essa medida visa trazer mais transparência e controle sobre as transações com criptomoedas.
  • Pagamentos de pensão alimentícia: Os pagamentos de pensão alimentícia devem ser informados na aba “alimentando” em vez de incluí-los como dependentes. Essa mudança busca garantir uma melhor organização das informações e facilitar o processo de preenchimento.
  • Bens no exterior: Aqueles que possuem bens no exterior devem informá-los em um campo específico da declaração. Essa medida visa combater a sonegação fiscal e garantir que todos os bens sejam devidamente declarados.
  • Declaração pré-preenchida: Uma das grandes novidades é a disponibilidade da declaração pré-preenchida, que importa automaticamente as informações do ano anterior. Isso facilita o processo de declaração, economizando tempo e evitando erros no preenchimento. No entanto, é importante verificar e atualizar todas as informações antes de enviar a declaração.

Essas são algumas das mudanças na declaração do Imposto de Renda 2024. Fique por dentro das novidades e garanta que sua declaração esteja em conformidade com a legislação vigente.

Declaração do IRPF 2024: Completa ou simplificada?

Ao fazer a declaração do Imposto de Renda 2024, você terá a opção de escolher entre os modelos completo ou simplificado. É importante entender as diferenças entre os dois e escolher o que se adequa melhor à sua situação financeira.

Na declaração completa, você poderá deduzir todas as despesas realizadas durante o ano anterior. Isso inclui despesas médicas, educação, previdência privada, entre outras. Todas as despesas dedutíveis devem ser comprovadas através de documentos e notas fiscais.

Já na declaração simplificada, a dedução é limitada a 20% dos rendimentos tributáveis ou R$ 16.754,34, prevalecendo o maior valor. Nesse modelo, não é necessário comprovar as despesas, mas você abrirá mão de deduzir todos os gastos realizados.

A escolha entre os modelos completo e simplificado depende das suas despesas dedutíveis. Se os seus gastos foram maiores do que o limite da simplificada, é mais vantajoso optar pela declaração completa. Assim, você poderá deduzir todas as despesas e reduzir o valor do imposto a pagar.

Por outro lado, se os seus gastos foram menores do que o limite da simplificada, a declaração simplificada pode resultar em uma restituição maior. Nesse caso, você abrirá mão de deduzir todas as despesas, mas poderá receber um valor maior de volta.

É importante analisar suas despesas e fazer os cálculos para decidir qual modelo é mais vantajoso para você. Consultar um contador ou especialista em imposto de renda também pode ser uma boa opção para tomar essa decisão.

Modelo de Declaração Limite de Dedução Comprovação de Despesas
Completa Não há limite Obrigatória
Simplificada 20% dos rendimentos tributáveis ou R$ 16.754,34 (prevalecendo o maior valor) Não é necessário

Declaração pré-preenchida do Imposto de Renda: Como funciona?

Como citamos anteriormente, uma novidade do Imposto de Renda 2024 é a declaração pré-preenchida. Nessa modalidade, o contribuinte tem a facilidade de ter grande parte das informações preenchidas automaticamente com base nos dados do ano anterior.

As informações são importadas da declaração do ano anterior, do carnê-leão e de outras fontes pagadoras, imobiliárias ou serviços médicos.

O uso da declaração pré-preenchida é opcional e está disponível apenas para contribuintes com conta gov.br níveis prata ou ouro. Vale a pena verificar todas as informações antes de enviar a declaração para evitar erros.

Vantagens da Declaração pré-preenchida
Maior agilidade no preenchimento da declaração As informações são importadas automaticamente, poupando tempo e esforço do contribuinte.
Redução de erros A declaração pré-preenchida evita que informações sejam digitadas incorretamente, minimizando possíveis erros.
Confiabilidade dos dados Como as informações são importadas de fontes oficiais, a declaração pré-preenchida garante a integridade e exatidão dos dados.
Maior conveniência O contribuinte não precisa inserir todas as informações manualmente, tornando o processo mais prático e fácil.

Como declarar Imposto de Renda 2024 pelo Portal e-CAC?

Outra opção para declarar o Imposto de Renda 2024 é pelo portal e-CAC da Receita Federal. Para utilizar essa opção, o contribuinte precisa ter uma conta gov.br nível prata ou ouro.

Ao acessar o portal e-CAC, o declarante encontrará a ficha “Meu Imposto de Renda” na aba “Declarações e Demonstrativos“, onde poderá preencher todas as informações necessárias para a declaração.

Essa opção é ideal para quem prefere fazer a declaração online sem precisar baixar o programa.

Calendário de Restituição do Imposto de Renda 2024

O calendário de restituição do Imposto de Renda 2024 define as datas em que os contribuintes que têm direito à restituição irão recebê-la.

A restituição do Imposto de Renda, vale lembrar, é o reembolso de valores pagos a mais pelo contribuinte durante o ano fiscal, geralmente feito pela Receita Federal em determinados casos.

Quando uma pessoa física ou jurídica paga mais imposto de renda do que é devido, ela tem direito a receber de volta esse excesso, mediante a apresentação da declaração de imposto de renda.

programa do imposto de renda 2024

Essa restituição ocorre quando há diferença entre o valor do imposto devido, conforme cálculo feito pela Receita Federal, e o valor efetivamente pago pelo contribuinte ao longo do ano, seja por meio de retenção na fonte, pagamentos mensais ou trimestrais, entre outros.

O primeiro lote está previsto para ser liberado no dia 31 de maio, seguido pelo segundo lote em 28 de junho, terceiro lote em 31 de julho, quarto lote em 30 de agosto e o quinto e último lote em 30 de setembro.

É importante lembrar que os contribuintes que entregam a declaração logo no início do prazo têm mais chances de receber a restituição nos primeiros lotes.

Limite para dedução no Imposto de Renda 2024

No Imposto de Renda 2024, existem limites para as deduções que o contribuinte pode fazer. Na declaração simplificada, a dedução máxima é de 20% dos rendimentos tributáveis ou R$ 16.754,34, prevalecendo o maior valor.

Já na declaração completa, não há limites para as deduções, sendo possível deduzir todas as despesas que se enquadrem nos critérios estabelecidos pela Receita Federal.

Para conferir mais regras, e entender como funciona a declaração na prática, basta acessar o site oficial da Receita Federal.

Prazo da Declaração de Imposto de Renda 2024

O período de entrega do Imposto de Renda 2024 começou no dia 15 de março. Os brasileiros podem entregar a declaração do IRPF até, no máximo, o dia 31 de maio, às 23.59.

Logo, se você se enquadra em algum dos critérios que mostramos acima, é essencial prosseguir com a declaração de rendimentos o quanto antes, com o objetivo de evitar erros e receber a restituição com prioridade.

Multas e penalidades no IRPF 2024

Quando uma pessoa obrigada a apresentar a declaração de Imposto de Renda não a entrega dentro do prazo estabelecido pela Receita Federal, ela fica sujeita a uma série de consequências e penalidades. Aqui estão algumas delas:

  • Multa por Atraso: A principal penalidade é a multa por atraso na entrega da declaração. O valor dessa multa varia de acordo com o tempo de atraso e com o valor do imposto devido. Quanto maior o atraso, maior é o valor da multa.
  • Impedimento de Obter Certidões Negativas: A falta de entrega da declaração pode resultar no impedimento de obter certidões negativas, o que pode dificultar a pessoa de participar de licitações, obter financiamentos e até mesmo participar de concursos públicos.
  • Impossibilidade de Regularização de CPF: A não entrega da declaração pode levar ao bloqueio do CPF (Cadastro de Pessoas Físicas), o que impede que a pessoa realize várias operações financeiras e até mesmo a abertura de contas bancárias.
  • Problemas com Recebimento de Restituições e Benefícios: Caso tenha direito a restituições de anos anteriores ou a benefícios sociais, como o Bolsa Família, a pessoa pode enfrentar dificuldades para recebê-los.
  • Possibilidade de Fiscalização: A ausência de entrega da declaração pode chamar a atenção da Receita Federal, que pode iniciar um processo de fiscalização sobre a situação fiscal da pessoa, podendo resultar em autuações e cobrança de tributos atrasados, além das multas por não entrega da declaração.

Portanto, é essencial que as pessoas que estejam obrigadas a entregar a declaração de Imposto de Renda o façam dentro do prazo estabelecido para evitar essas consequências negativas.

O que é a malha fina do Imposto de Renda?

A “malha fina” é um termo utilizado para se referir ao processo de análise mais detalhada das declarações de Imposto de Renda que foram entregues pelos contribuintes.

É um processo realizado pela Receita Federal do Brasil para verificar a consistência das informações declaradas em relação aos dados disponíveis em seus sistemas.

Quando uma declaração é retida na malha fina, isso significa que há alguma inconsistência, omissão de informações, divergência de valores ou indícios de irregularidades que precisam ser esclarecidos ou corrigidos pelo contribuinte.

Malha fina do Imposto de Renda: Motivos

Alguns dos motivos comuns para uma declaração ficar retida na malha fina incluem:

  • Inconsistências nos dados declarados: Discrepâncias entre os valores informados na declaração e aqueles registrados em documentos fornecidos à Receita Federal, como informes de rendimentos, notas fiscais, recibos, entre outros.
  • Omissão de rendimentos: Quando o contribuinte não declara todas as fontes de renda recebidas no ano, como salários, aluguéis, pensões, etc.
  • Divergências nas despesas médicas: Se os valores declarados com despesas médicas não batem com os valores registrados pelos prestadores de serviço na declaração do contribuinte.
  • Deduções indevidas: Declarações que incluem deduções não permitidas pela legislação tributária.
  • Informações sobre dependentes: Divergências ou omissões nas informações sobre dependentes declarados.

Quando a declaração é retida na malha fina, o contribuinte é notificado pela Receita Federal para fazer correções ou esclarecimentos.

Em alguns casos, pode ser necessário apresentar documentos comprobatórios para resolver as pendências. Se as inconsistências não forem corrigidas, o contribuinte pode ficar sujeito a multas e penalidades.

FAQ

Como baixar o programa do Imposto de Renda 2024?

Para baixar o Programa do Imposto de Renda 2024, é possível acessar o site oficial da Receita Federal e selecionar a opção “Baixar o programa”. O programa está disponível para diferentes sistemas operacionais, como Windows, macOS e Linux.

Quais são as novidades na declaração do Imposto de Renda 2024?

A declaração do Imposto de Renda 2024 traz algumas novidades em relação aos anos anteriores. Entre as principais mudanças está a necessidade de identificar os criptoativos na ficha de Bens e Direitos, informando o código correspondente a cada ativo.

Qual é o calendário de restituição do Imposto de Renda 2024?

O calendário de restituição do Imposto de Renda 2024 é divulgado pela Receita Federal e define as datas em que os contribuintes que têm direito à restituição irão recebê-la. O primeiro lote de restituição está previsto para o dia 31 de maio, seguido pelo segundo lote em 28 de junho, terceiro lote em 31 de julho, quarto lote em 30 de agosto e o quinto e último lote em 30 de setembro.

Quem precisa fazer a declaração do Imposto de Renda 2024?

Para ficar obrigado a fazer a declaração do Imposto de Renda 2024, o contribuinte deve atender a determinados critérios estabelecidos pela Receita Federal. A lista completa está em nosso artigo.

Como escolher entre a declaração completa ou simplificada no Imposto de Renda 2024?

A escolha entre os dois modelos depende das despesas dedutíveis do contribuinte, pois se os gastos foram maiores do que o limite da simplificada, é mais vantajoso optar pela completa. Por outro lado, se os gastos foram menores, a declaração simplificada pode resultar em uma restituição maior.

Como baixar o programa do Imposto de Renda 2024 pelo celular?

O contribuinte também pode baixar o programa do Imposto de Renda 2024 pelo celular, por meio do aplicativo “Meu Imposto de Renda”. O aplicativo está disponível para download nas lojas de aplicativo Google Play e App Store.

Como declarar Imposto de Renda 2024 pelo Portal e-CAC?

Para utilizar essa opção, o contribuinte precisa ter uma conta gov.br nível prata ou ouro. Ao acessar o portal e-CAC, o declarante encontrará a ficha “Meu Imposto de Renda” na aba “Declarações e Demonstrativos”, onde poderá preencher todas as informações necessárias para a declaração.

O que é a declaração pré-preenchida do Imposto de Renda?

Nessa modalidade, o contribuinte tem a facilidade de ter grande parte das informações preenchidas automaticamente com base nos dados do ano anterior.

Quais são os limites para as deduções no Imposto de Renda 2024?

No Imposto de Renda 2024, existem limites para as deduções que o contribuinte pode fazer. Na declaração simplificada, a dedução máxima é de 20% dos rendimentos tributáveis ou R$ 16.754,34, prevalecendo o maior valor.

Acesse o blog da Genyo e assine nosso newsletter para conferir mais novidades sobre o Imposto de Renda 2024, benefícios trabalhistas, gestão de negócios e muito mais!

Outros artigos relacionados

serasa score cnpj
Gestão de negócios

Serasa Score CNPJ: Consulta 2024 e como aumentar

Descubra como consultar e melhorar o Serasa Score CNPJ da sua empresa em 2024! Coloque nossas dicas em prática para conseguir empréstimos e crédito. Veja mais neste artigo!

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog

Consentimento de Cookies

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando, você declara ciência dos: Termos de Uso, Políticas de Privacidade e Cookies.