Gestão do conhecimento: Como é feita e sua aplicação nas organizações

Descubra como transformar informações em vantagem competitiva com gestão do conhecimento eficaz nas organizações. Veja mais neste artigo!
Sumário
gestão do conhecimento

A gestão do conhecimento é um processo estratégico nas organizações que visa administrar os ativos de conhecimento e transformá-los em resultados efetivos. Essa gestão envolve a criação, compartilhamento e uso de informações dentro da empresa, por meio de metodologias e tecnologias que facilitam a identificação, integração e disseminação do conhecimento existente.

A gestão do conhecimento pode ser aplicada em qualquer tipo de negócio, desde que sejam estabelecidos novos modelos organizacionais para lidar com os processos de transformação da empresa. Existem dois tipos de conhecimento importantes nesse processo: o conhecimento explícito, que pode ser facilmente transmitido, e o conhecimento tácito, que é absorvido pela experiência.

A gestão do conhecimento na prática envolve mapear as competências dos colaboradores, criar canais de discussão para a troca de conhecimento, facilitar o compartilhamento de informações, envolver a equipe no processo de troca de conhecimento e utilizar ferramentas de gestão do conhecimento, como sistemas integrados de gestão.

A escolha do sistema de gestão ideal depende das necessidades da empresa e do tipo de informações que precisam ser gerenciadas.

O que é Gestão do Conhecimento?

A gestão do conhecimento, também conhecida como Knowledge Management, é uma parte estratégica das empresas. Ela envolve a administração dos ativos de conhecimento de um empreendimento e pode ser aplicada em qualquer tipo de negócio. Para que a gestão do conhecimento seja efetiva, é necessário criar novos modelos organizacionais que sejam capazes de lidar com os processos de transformação da empresa.

Esse processo utiliza metodologias e tecnologias para organizar, identificar, integrar e compartilhar os conhecimentos existentes dentro do ambiente organizacional. Dentro da gestão do conhecimento, existem dois conceitos importantes: conhecimento explícito, que é o conhecimento que pode ser transmitido facilmente, e conhecimento tácito, que é absorvido pela experiência. Ambos os tipos de conhecimento são fundamentais para a gestão do conhecimento nas organizações.

gestão do conhecimento

Conceito Descrição
Conhecimento explícito O conhecimento que pode ser transmitido facilmente, como manuais, procedimentos e documentos.
Conhecimento tácito O conhecimento absorvido pela experiência, intuição e habilidades pessoais.

A gestão do conhecimento é crucial para as empresas modernas, uma vez que o conhecimento é um ativo valioso que impulsiona a inovação, a produtividade e a vantagem competitiva. Por meio da administração adequada dos ativos de conhecimento e do estabelecimento de modelos organizacionais eficazes, as organizações podem maximizar o uso do conhecimento disponível, fomentando a colaboração, a aprendizagem e o crescimento contínuo.

Como aplicar a Gestão do Conhecimento na prática?

A aplicação da gestão do conhecimento na prática envolve alguns passos importantes. Primeiro, é necessário realizar o mapeamento de competências dos colaboradores, identificando quais conhecimentos são relevantes para a empresa. É fundamental compreender as habilidades e experiências de cada indivíduo, a fim de saber como melhor aproveitar seu conhecimento.

Em seguida, é preciso criar canais de discussão que facilitem a troca de conhecimento entre os colaboradores. Esses canais podem incluir reuniões periódicas, fóruns virtuais, grupos de discussão, ou até mesmo uma plataforma digital específica para compartilhamento de informações. A ideia é que todos os colaboradores se sintam encorajados a contribuir com suas ideias e conhecimentos.

O compartilhamento de informações também é essencial nesse processo. Muitas vezes, os profissionais têm grandes ideias, mas falta incentivo para compartilhá-las. A empresa pode oferecer espaços e oportunidades para que os colaboradores exponham suas competências e ideias aos demais profissionais, criando um ambiente propício para o compartilhamento e a disseminação do conhecimento.

O comprometimento da equipe com a troca de conhecimentos é fundamental para o sucesso da gestão do conhecimento. É importante que os colaboradores se sintam incentivados e motivados a participar ativamente do processo, compartilhando seu conhecimento e aprendendo com os demais membros da equipe. A gamificação, por exemplo, por meio de cursos e ingressos para eventos da área, pode ser uma estratégia eficaz para incentivar esse comprometimento.

Outro aspecto importante é descentralizar a responsabilidade pela busca de soluções. Estimular a autonomia dos colaboradores em encontrar respostas e soluções contribui para o engajamento e a eficácia da gestão do conhecimento. Quando todos se sentem responsáveis pela organização e pelo seu desenvolvimento, a troca de conhecimento acontece de forma mais natural e abrangente.

Além disso, a utilização de ferramentas de gestão do conhecimento, como sistemas integrados de gestão, pode ser muito útil para facilitar todas essas etapas. Essas ferramentas auxiliam no armazenamento, organização e acesso às informações, além de possibilitarem a colaboração e o fluxo de conhecimento entre os colaboradores.

Portanto, para aplicar a gestão do conhecimento na prática, é necessário mapear as competências, criar canais de discussão, facilitar o compartilhamento de informações, incentivar o comprometimento da equipe, descentralizar a responsabilidade pela busca de soluções e utilizar ferramentas adequadas. Com essas práticas, a empresa estará promovendo uma cultura de aprendizagem e inovação, tornando-se mais competitiva e preparada para enfrentar os desafios do mercado.

Benefícios da Gestão do Conhecimento nas organizações

A gestão do conhecimento é uma prática que traz inúmeros benefícios para as organizações. Ao adotar estratégias efetivas de gestão do conhecimento, as empresas podem desfrutar de vantagens competitivas significativas e impulsionar a produtividade de seus colaboradores.

Um dos principais benefícios da gestão do conhecimento é a preservação do conhecimento organizacional. Ao promover a criação e o compartilhamento de informações valiosas, a empresa evita a perda desses conhecimentos essenciais, especialmente quando ocorre a saída de colaboradores. Dessa forma, a gestão do conhecimento contribui para a continuidade e o crescimento do negócio.

A comunicação organizacional também é beneficiada pela gestão do conhecimento. Ao facilitar o compartilhamento eficiente de informações entre os colaboradores, essa prática melhora a sinergia e a cooperação interna, reduzindo o retrabalho e acelerando os processos de tomada de decisão. Além disso, a gestão do conhecimento proporciona acesso mais rápido e fácil às informações necessárias, permitindo que os profissionais tomem decisões informadas e assertivas.

A gestão do conhecimento estimula a inovação nas organizações. Ao incentivar a colaboração e a criação de comunidades de conhecimento, as empresas podem aproveitar ao máximo a expertise de seus colaboradores e promover um ambiente propício às ideias criativas. A inovação impulsionada pela gestão do conhecimento pode gerar novas soluções, melhoria de processos e produtos inovadores, fortalecendo a posição competitiva da organização no mercado.

A retenção do conhecimento é outro benefício importante da gestão do conhecimento. Ao valorizar e documentar as experiências e conhecimentos adquiridos pelos profissionais ao longo do tempo, a empresa mantém um acervo valioso e acessível, evitando a perda de conhecimentos críticos quando profissionais deixam a organização. Isso contribui para a estabilidade e a vantagem competitiva da empresa, garantindo que o conhecimento seja aproveitado de forma contínua em benefício dos colaboradores e do negócio.

Esses benefícios da gestão do conhecimento resultam em uma maior produtividade para as organizações. Ao promover a preservação do conhecimento, melhorar a comunicação organizacional, estimular a inovação e reter o conhecimento dos colaboradores, a empresa cria um ambiente propício para o crescimento e o sucesso. Os profissionais têm acesso às informações essenciais, podem colaborar de forma eficiente e tomar decisões embasadas, aumentando a eficiência e a satisfação no trabalho.

A gestão do conhecimento é uma ferramenta poderosa que pode oferecer às organizações uma vantagem competitiva significativa. Ao adotar práticas efetivas de gestão do conhecimento, as empresas podem transformar o conhecimento em um ativo estratégico, impulsionando a inovação, a produtividade e o sucesso no mercado.

Exemplos práticos de Gestão do Conhecimento

A gestão do conhecimento tem sido aplicada com sucesso em diversas empresas ao redor do mundo. Alguns exemplos práticos são:

  • General Electric: A General Electric utiliza a gestão do conhecimento para melhorar seus processos internos e promover a inovação. A empresa valoriza a criação e compartilhamento de conhecimento como uma estratégia fundamental para enfrentar os desafios do mercado.
  • Amazon: A Amazon tem a gestão do conhecimento como parte essencial de sua cultura organizacional. A empresa utiliza tecnologias e ferramentas inovadoras para facilitar a comunicação e a disseminação do conhecimento entre seus colaboradores, incentivando a troca de ideias e o aprendizado contínuo.
  • Petrobrás: A Petrobrás utiliza a gestão do conhecimento para otimizar seus processos e manter seu conhecimento técnico atualizado. A empresa investe na capacitação de seus colaboradores e na documentação de boas práticas, garantindo a eficiência e o sucesso de suas operações.
  • Banco Mundial: O Banco Mundial utiliza a gestão do conhecimento como uma estratégia para melhorar a qualidade de seu trabalho e promover o desenvolvimento sustentável. Através da colaboração e troca de conhecimento entre seus membros, o Banco Mundial busca soluções inovadoras para enfrentar os desafios globais.
  • Nações Unidas: As Nações Unidas usam a gestão do conhecimento para compartilhar boas práticas e promover o desenvolvimento globalmente. Através de programas de capacitação e iniciativas de compartilhamento de conhecimento, a organização busca fortalecer suas ações e alcançar resultados positivos em sua missão.

Esses exemplos mostram como a gestão do conhecimento pode ser aplicada de forma efetiva e trazer benefícios palpáveis para as organizações. Ao investir na gestão do conhecimento, as empresas podem promover a inovação, melhorar a comunicação interna, otimizar seus processos, reter conhecimento e obter vantagem competitiva no mercado.

FAQ

O que é gestão do conhecimento?

A gestão do conhecimento é um processo estratégico nas organizações que visa administrar os ativos de conhecimento e transformá-los em resultados efetivos. Ela envolve a criação, compartilhamento e uso de informações dentro da empresa, por meio de metodologias e tecnologias que facilitam a identificação, integração e disseminação do conhecimento existente.

Como a gestão do conhecimento pode ser aplicada nas organizações?

A gestão do conhecimento pode ser aplicada em qualquer tipo de negócio, desde que sejam estabelecidos novos modelos organizacionais para lidar com os processos de transformação da empresa. Envolve mapear as competências dos colaboradores, criar canais de discussão para a troca de conhecimento, facilitar o compartilhamento de informações, envolver a equipe no processo de troca de conhecimento e utilizar ferramentas de gestão do conhecimento, como sistemas integrados de gestão.

Quais são os benefícios da gestão do conhecimento nas organizações?

A gestão do conhecimento traz diversos benefícios para as organizações. Ela ajuda a manter o conhecimento organizacional, melhora a comunicação interna, facilita o acesso a informações específicas, estimula a inovação, contribui para a retenção do conhecimento e gera vantagem competitiva, aumentando a produtividade das organizações e elevando a satisfação do cliente.

Quais são alguns exemplos práticos de gestão do conhecimento?

A gestão do conhecimento tem sido aplicada com sucesso em diversas empresas ao redor do mundo. Alguns exemplos práticos são a General Electric, a Amazon, a Petrobrás, o Banco Mundial e as Nações Unidas. Cada uma dessas empresas utiliza a gestão do conhecimento de forma efetiva para melhorar seus processos internos, promover a inovação, otimizar seus processos, melhorar a qualidade de seu trabalho e compartilhar boas práticas.

Outros artigos relacionados

Inscreva-se na
Genyo News

Toda semana na sua caixa de e-mail. É grátis!

Compartilhe este artigo

A gestão inteligente que o seu RH e DP merecem

Este controle de ponto digital permite acompanhar remotamente as atividades, presenças e ausências dos funcionários internos e externos.

modal controle de ponto blog