Equipes de alta performance: o que são e suas vantagens - Genyo
29 out 2020

Equipes de alta performance: o que são e suas vantagens

equipes de alta performance

Trabalhar com os profissionais mais qualificados, experientes e capazes de suportar as adversidades do mercado. Contar com um time preparado para entregar os melhores resultados, comunicativo e autogerente. Convenhamos: acabei de te dar dois ótimos exemplos de “sonhos de consumo” para um gestor de pessoas, né não?

E se eu te contar que isso que você acaba de ler não é utopia, mas sim uma realidade? Para atingir tamanho padrão de qualidade, basta contar com equipes de alta performance! Mas o que são elas, afinal? Quais suas vantagens e características de um esquadrão que tenha desempenhos tão excelentes?

No texto de hoje, você encontra todas essas respostas. A partir de então, não faltarão motivos para planejar estratégias que coloquem os grandes talentos da empresa na mesma página.

Vamos lá?

 

O que é uma equipe de alta performance?

Uma equipe de alta performance é aquela formada por profissionais com elevados níveis de competência e engajamento com as suas atividades e com a empresa. Antenados num mesmo objetivo, os membros desse time usam suas habilidades para se auxiliarem mutuamente, sempre na busca pela construção dos melhores resultados.

Outra característica dos colaboradores de uma equipe de alto desempenho é a “sintonia”. Essas pessoas compartilham dos mesmos valores, objetivos e – claro – visão. Com os pensamentos alinhados, os colaboradores equalizam o que há de melhor em suas individualidades e montam um mix de atitudes, conhecimentos e bagagens. Quando esse repertório de novas ideias é colocado em prática, a eficiência coletiva praticamente garante a colheita dos resultados mais excelentes possíveis.

A esta altura da nossa conversa, você percebeu que estamos lidando com o que seria um “dream team” de funcionários, concorda? Com rumos bem definidos, foco e muita motivação, essa turma é a mais capacitada para atender às demandas do mercado.

Mas será que conhecer o conceito e as características das equipes de alta performance é o suficiente para formar um time de tamanha qualidade profissional? Não, de forma alguma! É indispensável entender com maior precisão as características que esse grupo de profissionais precisa ter para chegar a esse nível de excelência.

 

Quais são as características das equipes de alta performance?

Um time que rende altos desempenhos tem suas particularidades que precisam trabalhar em constante concordância. A seguir, você confere as principais características que uma equipe de alta performance precisa ter ou desenvolver.

1 – Liderança

A equipe de alto desempenho precisa ter uma liderança bem definida. Não pode haver dúvidas em relação a quem recorrer ou sobre quem é o responsável pela decisão final. Além disso, o líder precisa marcar presença nas rotinas de trabalho, sempre incentivando e inspirando o time.

2 – Autogerência

“Mas no primeiro tópico não foi citada a ‘liderança?’”, você pode estar questionando. Sim, de fato. Porém, a autogerência significa que, cada membro da equipe de alta performance é responsável por suas próprias funções. Não é papel do líder fiscalizar o tempo, as decisões e a execução das tarefas de um liderado.

3 – Multidisciplinaridade

Multidisciplinaridade é a capacidade de unir várias ideias em prol de um objetivo. Essa característica equilibra as habilidades individuais de cada membro da equipe para que todos trabalhem coletivamente, sempre em busca dos objetivos traçados pela empresa.

Aqui, os conhecimentos, as culturas, as origens, as formações, entre outras peculiaridades de cada um se complementam e promovem a sinergia necessária para alcançar os melhores resultados.

4 – Antecipação

As equipes de alta performance são visionárias, isto é, pensam à frente! Essa capacidade de antecipação ajuda a prevenir problemas e situações que possam vir a comprometer o desempenho coletivo.

5 – Comunicação assertiva

A comunicação é um alicerce para qualquer bom relacionamento, incluindo o trabalho em equipe. Como é mais direta, transparente e honesta, a comunicação assertiva impacta nos resultados. Por isso, são realizadas reuniões periódicas para acompanhamentos e feedbacks. Além disso, uma endocomunicação eficaz estimula e valoriza a troca de experiências.

6 – Colaboração

Os membros de uma equipe de alta performance têm perfeita consciência de que não são “concorrentes entre si”. De forma humanizada, integrada e colaborativa, todos os “saberes” são compartilhados. Não há espaços para os perfis de profissionais que se fecham e procuram manter o foco somente nas próprias tarefas. A troca de conhecimento agiliza o desenvolvimento do trabalho, bem como proporciona resultados mais consistentes.

 

As vantagens de uma equipe de alto desempenho

Uma equipe de alto desempenho – ou de alta performance, como queira – conduzirá a empresa aos melhores resultados. Porém, não é somente uma questão de cumprir metas e conquistar objetivos. Trata-se de potencializar ganhos tangíveis e intangíveis. A seguir, você confere algumas dessas muitas vantagens.

  • Aumento dos lucros: uma equipe de alta performance entende a necessidade da melhoria contínua de processos, produtos e serviços. A excelência tende a aumentar a produtividade e, inevitavelmente, os lucros. Afinal de contas, o trabalho está nas mãos de especialistas dispostos a compartilhar conhecimento, trabalhar em conjunto e se doarem ao máximo.
  • Gestão mais consistente: profissionais engajados com os objetivos, visão e cultura de uma empresa tendem a construir carreiras mais longevas. Uma baixa taxa de turnover diminui prejuízos, faz a equipe trabalhar em harmonia e minimiza os impactos da gestão de pessoas.
  • Aumento da competitividade: os esforços de uma equipe de alto desempenho promovem a excelência nos produtos ou serviços. Se os resultados são os melhores, a empresa fica mais forte no mercado e, consequentemente, reúne chances mais concretas de se destacar em meio à concorrência.
  • Visão mais estratégica: uma equipe de alta performance abre espaço para que os funcionários trabalhem com mais autonomia. Essa liberdade possibilita uma liberdade de ideias que são convertidas em visões mais estratégicas acerca de posicionamentos induzidos pelas demandas do mercado.
  • Maturidade: colaboradores autogerantes, colaborativos e altamente capacitados são exemplos a serem seguidos. Suas atuações influenciam os demais colegas de trabalho a buscarem a mesma maturidade profissional para que possam, então, serem bem sucedidos na carreira.

Se você chegou até aqui, certamente descobriu que nós do Controle de Ponto Digital Genyo explicamos quais são as características que possibilitam a excelência nos resultados. Mas isso é suficiente para formar um time 100% competente? A resposta só pode ser uma: “não”. Na próximo post, você confere todas as dicas de como formar e gerenciar uma equipe de alta performance.

Seja o primeiro

Qual sua opinião sobre o assunto?

Seu email não será publicado ;)