23 fev 2022

Saiba como pedir aumento na empresa de forma eficaz

pedir aumento

Pedir um aumento de salário, nem sempre é fácil. Muita gente tropeça nas palavras ou até mesmo não entende o pedido ser negado. A grande vantagem, no entanto, é que tudo é reversível.

Se você se considera merecedor de uma remuneração mais alta, não fique acanhado. Por mais que a melhoria na remuneração não aconteça na sequência de seu pedido, a ideia ficará nas mãos de quem toma essas decisões.

 

10 dicas para pedir um aumento e ser atendido pelo gestor

Pedir um aumento é um procedimento minucioso. Afinal, a decisão de um gestor tende a ser baseada em um conjunto de situações. Dessa forma, há várias condutas e posturas profissionais que devemos considerar antes de tentar conseguir um upgrade salarial. A seguir, você confere algumas dicas que podem ajudá-lo na hora de pleitear uma melhoria em sua remuneração.

 

1. Analise o momento da empresa

Antes de pedir um aumento, você deve analisar bem a situação da empresa. Nesse sentido, observe o cenário sob várias perspectivas. Dessa forma, comece tentando buscar respostas para perguntas como “Como está a saúde financeira?”, ”Quais os impactos da economia na empresa?” e “há demissões em massa?”

Se os cenários não estiverem “tranquilos e favoráveis”, o seu pedido de aumento pode soar como um gesto insensato. Ou seja: em tempos de crises econômicas, são grandes as chances de uma empresa não aumentar os salários.

 

2. Tenha autocrítica

Outra boa postura profissional é a autocrítica. Em outras palavras, reflita se você realmente merece o aumento que tanto deseja. Avalie sua assiduidade, compromisso, engajamento, valores e todos aspectos que considerar interessante para identificar um bom funcionário. De repente, você quer pedir um aumento mas não tem habilidade para manejar os próximos quatro itens desta lista.

 

3. Pontualidade é fundamental

A pontualidade é um hábito saudável em qualquer esfera da vida. Quando se trata do ambiente de trabalho, estar presente na hora certa é louvável. Afinal, seus colegas precisam de você para tomar decisões, desenvolver projetos e até mesmo na execução de tarefas. Ademais, o colaborador pontual aumenta as chances de não ser demitido.

Agora, imagine que você lidera uma equipe que tem um colaborador que nunca chega no horário. Então, num belo dia, esse mesmo funcionário te pede um aumento. Após analisar os fatos e ponderar, será que você aumentaria o salário de um colaborador que não sabe fazer gestão do próprio tempo?

 

4. Seja um colaborador assíduo

“Irmã” da pontualidade, a assiduidade é uma prática indispensável para um colaborador, pois, não tem como trabalhar sem estar presente no local de trabalho.

Em tempos de home office, então, a assiduidade ganha contornos interessantes, justamente porque as distrações do lar podem comprometer a qualidade da presença física do colaborador. Dessa forma, independente de seu regime de trabalho, esteja literalmente presente e focado, todos os dias — salvo as ausências por motivo de força maior. Afinal, uma pessoa descompromissada com assiduidade no trabalho não tem a menor chance de conseguir ter um pedido de aumento salarial atendido.

 

5. Evite excessos de horas extras

O tempo excedente de trabalho não é condenável. Porém, conseguir finalizar suas tarefas sem precisar de muitas horas extras é um indício de que você sabe gerenciar o seu controle de ponto. Além disso, o aproveitamento correto da jornada de trabalho diminui gastos com o pagamento de horas excedentes. Dessa forma, você será um colaborador “econômico”, fato este que facilita o “sim” de seu gestor na hora em que você pedir aumento.

 

6. Cultive as boas relações interpessoais

Ser uma pessoa querida na equipe vai além de agir com cordialidade. Nesse sentido, ser o profissional que dá bons exemplos é uma ótima maneira de destacar uma qualidade que ajuda a justificar um pedido de aumento. Dessa forma, seja o colega que distribui simpatia, bem como é solícito e empático com todos. Além disso, evite participar das infames “rádio corredor”, pois, alimentar conversas desnecessárias é uma péssima conduta. Por fim, saiba que os bons hábitos pensam na decisão do gestor na hora de considerar o seu pedido.

 

7. Seja um funcionário inovador

É impossível conseguir resultados diferentes quando se comete as mesmas atitudes. Por isso, seja o colaborador que proponha ideias inéditas. Porém, pense com ponderação e lembre-se que há uma imensa diferença entre ser inventivo e ter sugestões estapafúrdias.

Além disso, procure pensar em novas soluções, ferramentas e descubra caminhos para otimizar o desenvolvimento de suas tarefas. Pode parecer um pequeno passo, mas faz toda diferença.

 

8. Busque aprimoramento profissional

A busca pelo aprimoramento profissional é essencial para justificar um pedido de aumento. Dessa forma, procure mostrar que você é um profissional que está em constante atualização de conhecimento, ou seja, tenha “sede” de aprender. Afinal, o apuro técnico ajuda a oxigenar ideias e, consequentemente, propor melhores soluções.

 

9. Seja flexível

Tenha em mente uma verdade: a empresa não tem a obrigação de atender pedidos de aumento. Logo, se prepare para negociar, pois, pode ser que a melhoria salarial desejada não seja a mesma que o empregador pode ou considera justo pagar.

Ainda sobre flexibilidade, considere a possibilidade de receber uma oferta para mudar de cargo ou até mesmo de setor. De certa forma, essas alternativas também podem melhorar o salário.

 

10. Argumente com transparência e assertividade

Antes de pedir aumento, elabore uma argumentação que advogue em favor de seu pedido. Nesse sentido, evite ser prolixo e as frases de efeito. Logo, seja claro, franco e transparente. Lembre-se que é melhor dizer que “dois mais dois é igual a quatro” do que falar que “quatro é igual a raiz quadrada de dezesseis, vezes um e menos zero”. Apresente seus motivos de maneira clara e respeitosa, sempre lançando mão da verdade.

 

Considerações finais sobre um pedido de aumento bem feito

A palavra-chave para essa situação é a paciência, uma das mães de todas as virtudes. Em suma, é preciso saber esperar a hora certa de fazer o pedido, bem como o momento de receber o feedback.

Se num primeiro momento a resposta for negativa, não se desespere e tampouco desista. Afinal, a empresa não está te desprezando, mas sim entendendo que ainda não é justo aumentar sua remuneração. Nesse cenário, procure saber quais pontos pode melhorar e empreender para transformar o “não” em “sim”. Para isso, é fundamental não perder a motivação, o foco e a determinação.

Em contrapartida, caso o seu pedido de aumento seja um sucesso, faça de tudo para fazer jus! Ademais, mantenha as boas práticas, pois, novos aumentos podem surgir até mesmo de forma espontânea.

Em suma, você precisa saber que as 10 dicas para pedir um aumento e ser bem sucedido reunidas aqui não são milagrosas. No entanto, elas ajudam bastante a direcionar o caminho. Por fim, saiba que depende muito mais de você do que da boa vontade de seu gestor.

E então? Gostou desta nossa conversa de hoje? Conta pra gente nos comentários! Aqui no Genyo, iremos adorar conhecer a sua experiência.

Seja o primeiro

Qual sua opinião sobre o assunto?

Seu email não será publicado ;)