30 ago 2021

Dicas para aumentar o lucro da sua microempresa

contabilizei 1

Empresário com negócio pequeno tem que ter braços para todo o tipo de serviço, não é mesmo? Desde a organização do espaço, passando por instalações elétricas e pinturas, contabilidade, até encontrar o público certo para o negócio. Tira tempo ainda para, é claro, avaliar as finanças e procurar novos clientes.

É sobre isso que vamos falar hoje! Sim, porque parece muito mais simples mudar o layout da loja do que avaliar possibilidades financeiras para aumentar seu lucro – mas isto não precisa ser visto desta forma. Além do mais, investimento em pontos estratégicos, como o marketing digital, podem ser a chave do que está faltando para seu negócio decolar.

 

Porque investimento em marketing digital é essencial

Pensar em como se aproximar do público-alvo da empresa é sempre um desafio. E o problema aumenta o dobro quando o pensamento é de se fazer esse movimento gastando pouco! Mas a internet está aí para nos ajudar nesse sentido. Desde o menor orçamento pode ainda conseguir angariar uma quantidade palpável de clientes.

É cada dia mais raro encontrar negócios que estejam ancorados essencialmente no ponto de vendas: o mundo digital tomou conta da nossa vida pessoal e também dos nossos negócios.

Por isso mesmo, pensar em presença online é um tema fundamental do negócio. É claro que é possível começar a fazer isso sozinho, tentando atingir os grupos mais próximos do negócio com campanhas lançadas pelo próprio empresário – mas vale pensar: será que o investimento de tempo não custa mais caro do que o investimento financeiro?

Por isso mesmo que analisar os serviços de uma agência de marketing digital pode ser uma opção mais interessante – e muitas vezes mais rentável do que fazer por si próprio o trabalho.

Como elaborar um bom planejamento financeiro para campanhas de marketing

A estratégia de marketing deve sempre estar alinhada ao planejamento financeiro da empresa: esses dois mundos se conversam diretamente. Isso porque o número de clientes e negócios é o balizador do quanto haverá de recursos disponíveis para todas as áreas da empresa, inclusive para as campanhas de marketing.

É preciso compreender quanto investimento será revertido em quanto de faturamento – e essa conta está cada vez mais clara com base no marketing digital.

Uma agência parceira de marketing digital pode ajudar sua empresa a definir valores que poderão ser empregados em cada tipo de ferramenta: anúncios nas redes sociais, otimização em buscadores, campanhas por e-mail, entre outros. A partir da estratégia traçada, o serviço entrega o que prometeu: clientes que encontram a sua empresa – e que podem significar novos negócios.

 

Porque a organização contábil fará o lucro da sua empresa aumentar

Para além das questões que envolvem aumentar o faturamento e encontrar mais clientes, uma avaliação bem simples também pode lhe ajudar a lucrar mais: trata-se de uma boa análise contábil.

De fato, muitas vezes a contabilidade é vista como um processo burocrático e secundário, onde se contrata um escritório apenas com base em preço ou por proximidade de relacionamento com o contador. Mas pense bem: é esse serviço que lhe ajuda, de fato, a saber como está indo seu negócio! É a partir da avaliação do escritório de contabilidade que será possível identificar o melhor regime tributário, por exemplo.

Atualmente, serviços modernos como o escritório online da Contabilizei podem oferecer soluções melhores, e muitas vezes mais em conta. Isso porque reunindo um time de especialistas que faz o atendimento de forma digital é possível ter realmente certeza de que sua empresa está nas mãos de quem sabe fazer.

 

Contabilidade e controles financeiros

A partir dos relatórios contábeis também é possível avaliar corretamente a saúde financeira da empresa. Muitas vezes, no dia a dia, aquele planejamento inicial para avaliar como seria calculado o preço de venda dos produtos ou serviços fica desatualizado. E quem lembra de olhar novamente todos os custos para definir se é necessário ajuste? Só o gestor que está com os dados concretos na mão.

Outra função primordial da manutenção dos controles financeiros da empresa é justamente apoiar as decisões gerenciais. Como é possível saber se há possibilidade de investimentos sem ter noção concreta dos custos de manutenção do negócio? Muitas vezes é possível, sim, solicitar um financiamento para investir – com bom valor disponível para pessoa jurídica. Mas é preciso uma avaliação clara da situação da empresa, do quanto o investimento vai impactar no fluxo de caixa, e se valerá a pena este caminho.

 

Qual é o melhor regime tributário para cada tipo de empresa?

O regime tributário é a forma como a empresa vai se relacionar com os órgãos que definem os impostos – e vai definir diretamente o quanto do faturamento do negócio será recolhido para Governo Federal, Estado e Município.

Então, é muito importante tomar um tempo avaliando se seu negócio está enquadrado na melhor opção. Os regimes tributários, atualmente, são quatro: MEI, Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real.

O MEI – Microempreendedor Individual – é o menor tipo de empresa que pode ser aberto no Brasil, e também é considerado como um regime tributário, pois tem mais vantagens ainda do que o enquadramento no Simples Nacional. Para empresas com faturamento de até R$ 81 mil por ano, que trabalhem com uma das atividades econômicas permitidas para abertura de MEI, essa certamente é a melhor escolha.

O próprio Simples Nacional também é um regime tributário pensado para os pequenos negócios – e vai abarcar empresas com faturamento de até R$ 4,8 milhões. Embora reúna uma série de vantagens, como o pagamento dos impostos de forma unificada, o Simples nem sempre é a melhor escolha – dependendo do número de funcionários da empresa e outras questões específicas, a tributação pode ser menor no Lucro Presumido.

O Lucro Presumido serve para muitos tipos de empresas, e também tem faixas de tributação baixas para empresas menores. Neste modelo, o percentual de imposto sobre o faturamento é fixo – o que acaba sendo interessante quando você consegue fazer com que o lucro seja maior do que o percentual que é taxado. Empresas de apenas um sócio, como o Empresário Individual (EI), também podem fazer opção por este regime.

Seja o primeiro

Qual sua opinião sobre o assunto?

Seu email não será publicado ;)